Nova DC: um mundo novo e diverso. Ou não?

Por Rodrigo Broilo

Capa da nova "Stormwatch" pós reboot, que traz o heróico casal gay Apollo e Meia Noite.

Há meses atrás a DC Comics prometeu para este setembro um novo Universo. De lá pra cá diversas polêmicas rolaram em torno desse reboot, que segundo eles é um relaunch, com cara de restart, que provavelmente causará um recall. Primeiro foi o fato de reiniciar todos os números, depois o de sumirem alguns personagens, depois algumas histórias serem apagadas, depois personagens novos tomarem espaços em detrimento de outros que sumiram, depois o fato de que todas as histórias já contadas cabem em 5 anos, tempo em que Superman atua como herói, e que Batman já teve 4 (ou 5) Robins. Ou seja, tá confusa essa bagaça. E A última San Diego Comic Con não esclareceu muita coisa. Pelo contrário…

Aliás, parece que os fãs não estão perdoando o mínimo deslize, até nos mínimos detalhes. Coisas para a qual, parece que a editora não estava preparada. Principal, e especialmente, com relação a promessa de um mundo pautado na diversidade. Aí ferrou!

Primeiro que este novo mundo não está tão diverso assim. Colocar uns personagens com meia vertente gay como Voodoo, e mais alguns negros como Batwing, não foi suficiente, ainda mais quando a editora diminuiu drasticamente o numero de escritoras e desenhistas femininas em seu quadro. Os títulos com personagens femininas, dentre os 52 títulos, também são poucos, se a pauta é diversidade. Por que não há mais mulheres? Mais Negros? Mais Mulheres Negras? Mais latinos? Árabes? Judeus? Indianos? Gays? Gordos? Deficientes físicos (já que Babs foi reabilitada)? E os outros tipos de minorias etno-sexual-religioso-condicionadas? Porque não podemos ter um herói com síndrome de Down? Onde anda Mia, a soropositiva?

O povo questionou um pouco de tudo isso na SDCC 2011. O que prova que diversidade não é o foco da editora, e sim as vendas. O que não é questionável, afinal esse é o negócio dos caras. Mas aí a tentarem isso vendendo uma falsa ideia de um mundo diverso que reflita as ansiedades de um mundo com as nossas nuances, fica chato pra eles.

Essa promessa de um mundo multicolorido e multirepresentativo certamente não terá tanto efeito, pois quem compra esse material não tem esse anseio. Nerds, ainda mais agora que estão no topo da cadeia alimentar, não se preocupam assim com minorias. Eles querem boas histórias, se eles serão de brancos, pretos, verdes ou mulheres, exploda-se. O fato é que, títulos de mulheres não vendem muito, heróis negros funcionam mais em equipe, e gays são, na quase totalidade, secundários, ou até terciários.

Embora eu seja um grande fã da diversidade, cultural, sexual, religiosa, de condições físicas, e defenda o uso dela em um mundo tão cheio de pré conceitos, dogmas, e ignorâncias como o nosso, não boto muita fé que esse novo mundo fará muita diferença. Se a DC tem essa altruística missão dentro do mundo dos quadrinhos, eu não sei. O que eu sei é que nós não estamos preparados para isso. Vamos comprar Batwoman por ela ser mulher e lésbica? Não. Compraremos se as histórias forem boas. Compraremos Mr. Terrific por ele ser negro e o único sobrevivente da Sociedade da Justiça? Se as histórias forem boas, talvez. Estamos abertos a um mundo de diversidade? Não. Pois se estivéssemos, não seria preciso ressaltar alguns poucos personagens renegados para dar um ar de politicamente correto aos quadrinhos. O dia em que não precisarmos ressaltar um personagem como gay, mulher, negro, judeu, ou qualquer outro, aí a diversidade estará instaurada.

Anúncios

3 comentários sobre “Nova DC: um mundo novo e diverso. Ou não?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s