Os Jovens Titãs ressurgem… pela Abril

Por Rodrigo “Sí Podemos” Broilo

“COMO ASSIM BIAL?”

Foi meu primeiro pensamento ao encontrar “Os Jovens Titãs #1” da Ed. Abril. Mas deixe-me por um pouco mais de drama na história.

Eu ainda não tinha visto o check list de títulos da Turma da Mônica para setembro, mas queria ver se já tinha saído alguma coisa. E BH, embora seja muito bem servida de bancas de jornal (uma a cada um ou dois quarteirões), nenhuma me permite exercer minha sinestesia antes de efetivamente efetuar a compra, ou seja, inebriar-me com a mistura de visão, tato e odor de revista nova que mexe com meus instintos mais consumistas. Por isso, compro meus poucos quadrinhos em apenas uma, que fica em um shopping, e que tem uma Livraria Saraiva. É um auto-ataque duplo ao meu bolso, uma Saraiva e uma “banca”.

Lá eu tenho acesso total às revistas antes de comprar. E não sei se é por considerarem coisa de criança, mas é incrível como as revistas da Turma da Mônica ficam sempre na prateleira mais baixa. Como eu já sou “Turmônico” (perceberam como eu invento palavras? Um dia ainda crio um Jaguadarte)… ou melhor… fã da Turma da Mônica assumido, eu me agacho mesmo. Aproveito que meu corpo ainda permite, e fico em posição galinácea catando revistas que me interessem da TdM: a saber, a prioridade é conter historinhas da Denise, a segundidade é ter do Louco ou do Xaveco e sua família. Se tivesse mais espaço, eu até sentava no chão. Pero no hay!

E ontem, repetindo esta atividade que já se tornou um rito dos finais de semana onde enfrento meu medo de seres humanos e saio às ruas durante o dia, me deparei com esta edição, ao lado de “As Aventuras de Superman #1” e “Batman: Os Bravos e os Destemidos #1” (a outra novidade prometida, “Liga da Justiça #1” não estava lá). Em estado de choque ignorei todas as outras, inclusive a revistinha do Bolinha (que agora, mas calmo, mais “clean”, percebo ter sido uma perda lastimável que pretendo compensar em breve), capturei a edição dos Jovens Titãs, dei uma rápida folheada (afinal, tirando Tony Stark, ninguém é de ferro… aliás, nem ele) e comprei-a.

“Os Jovens Titãs #1” tem Seis Histórias (em 100 páginas) da fase Teen Titans Go!, a mesma do desenho animado que passou no Brasil via SBT. Jovens Titãs já havia sido uma investida da Panini, sem muito retorno. E eu sabia que “houve boatos” de que a Abril assumiria os títulos infantis da DC Comics, mas dai a acontecer… POHAM! será que eu to tão desatualizado assim? Será que é porque eu não leio quase nada da Abril? Será o Reboot?

As histórias publicadas pela Abril não são as primeiras, publicadas na época da Panini. Aliás não sei nem se estão em ordem de lançamento, pois não há em lugar algum da revista uma indicação de qual edição original pertencem as histórias. E confesso ter preguiça de pesquisar. Mas é um pouco confuso e, ao que parece, voltado a quem já conhece o desenho animado pois a revista não tem nenhuma introdução e Ravena e Robin já aparecem decepando zumbis na primeira página. Eu até voltei pra ver se era mesmo a primeira edição, pois se fica com aquela sensação de “perdi alguma coisa?”.

A edição vale pelas histórias com os Titãs da Costa Leste (Más y Menos, apaixonadinhos pela Estelar, é o que se chamaria de “cute”) e pela história onde os Titãs acreditam estarem enfrentando X, mas na verdade era… Bom, vai que tem gente que quer ler… Não vou estragar a surpresa. Os roteiros são todos de J. Torres, mas os desenhos ficaram a cargo de Todd Nauck (em “A canção dos Mortos”, “Movimentos Secretos” e “Ragsaurus Rex”), Sean Galloway (em “O Livro”, num traço que destoa muito dos demais, embora tenha ficado muito bom quando ele desenhou os Titãs em “Wednesday Comics”), Khary Randolph (em “Ouça”) e Mike Norton (em “O Imitador”). Todas as histórias com as piadas e sacadas típicas de Jovens Titãs, especialmente em se tratando de Mutano.

O preço é que é uma bomba. R$7,95. Tudo bem que são seis histórias, é lançamento e tal, mas “parei por aqui” se for esse preço. Podiam ter só três histórias por edição, então, já que esse é um título que não foi muito longe mesmo.

Confesso que preferia que fossem Tiny Titans. Embora esses novos títulos sejam todos derivados de desenhos animados exibidos no Cartoon Network. Mas pode ser uma coisa boa, pois quem sabe abre-se a oportunidade para outros títulos, como Justiça Jovem?

Mas, vamos aguardar pra ver onde vai dar essa história toda. O que eu prevejo? Bem… Minha bola de cristal tá na assistência técnica…Mas as cartas dizem que não vai chover…

Anúncios

Um comentário sobre “Os Jovens Titãs ressurgem… pela Abril

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s