Turma do Penadinho – Feliz Dia de Los Muertos

Por Rodrigo Broilo

"Las Catrinas" - Dia de los Muertos

Estes últimos dias são uma tríade, que foi se misturando e se confundindo com o tempo e os lugares.

Na segunda feira foi o Halloween, que você já conheceu um pouco mais e pode rever aqui. Ontem foi “O dia de todos os santos”, cuja fé cristã dedica aqueles que já se foram cuja santidade é desejável e deve ser imitada.

Hoje é “O dia de finados”, onde revisitamos cemitérios e memórias em busca de um pouco daqueles entes queridos que se ausentaram de nós e que, ao contrário de Donna Troy, não voltam no próximo reboot (ou sim, dependendo de sua crença).

Para muitos o primeiro é bobagem demoníaca americana, o segundo é coisa da igreja e o terceiro é feriado. E embora aqui seja um dia de homenagens, saudades e tristeza, há lugares, como o México, onde a memória dos que foram é festejada.

Dia de Finados

Mas a Morte, seja a verdadeira ou a da DC, é sempre algo difícil de lidar, de explicar, ainda mais quando ela faz uma visita. E principalmente, quando uma criança pergunta: “Cadê o vovô?”, “A mamãe não volta mais?”, “Onde foi parar o Rex, pai?”.

A Morte tem muitos efeitos sobre nós, quando crianças. Medo, estranheza, vilania, despedida, confusão, tristeza.

Mas em 1963 um artista brasileiro aproximou crianças da morte, de um jeito doce e divertido, mostrando que ele pode não ser o fim. O criador? Maurício de Sousa, claro. A criatura? Penadinho!

Penadinho é uma fantasma (o nome vem de alma penada… penadinho, ou coisa semelhante) que gosta de assustar, mas que tem um bom coração e se veste com lençóis brancos. Surgiu nas tiras do Cebolinha, e depois de morto namora a sua colega de cemitério, Alminha.

Por volta de 1970, Penado ganhou uma turma, com diversos outros personagens.

Tem o vampiro Zé Vampir, que não tem reflexo em espelhos, não suporta luz do sol e se transforma em morcego (e as vezes dorme pendurado em galhos de árvores). O Frank que é um tipo de monstro de Frankenstein, criado pelo Dr. Frankenstóim, que não é muito inteligente e desmonta com facilidade. Já Muminho é uma múmia do Egito Antigo que vive enrolado (Rá!) e é um dos melhores amigos de Penadinho. Lobi é um homem durante o dia, e lobisomem nas noites de lua cheia. Cranicola é um crânio resmungão e mau-humorado que se queixa de viver sempre sobre uma pedra. Zé Caveirinha é um esqueleto que foi paleontólogo quando vivo, se desmonta com facilidade e tem pavor de cachorros.

Ainda temos a namorada de Penadinho, a também fantasma Alminha; os sobrinhos de Penadinho, os pequenos Pixuquinha e Quixupinha; Zé Cremadinho, que foi, bem, cremado; Zé Finado (amigo de Penadinho), Maria Antonieta (namorada de Cranicola), Diabão (que amassa o pão), Dona Cegonha (responsável pelas reencarnações), Chico Defum (o troll do cemitério), entre outros.

Mas nenhum desses personagens consegue ser mais divertido que ela, A Dona Morte. Embora ela nem sempre goste de seu trabalho (já que as pessoas vivem fugindo dela, ela precisa ficar correndo, o trabalho cada vez aumenta mais, e tudo parece estar pela hora dela), Morte é sábia, conselheira e tem um humor de matar! Veste um vestido preto (básico), uma foice e é responsável pelas admissões no cemitério.

De uma maneira bem humorada, Mauricio concebeu um mundo onde a morte e os mortos vivem bem e se divertindo, mesmo que misturados a elementos de terror e mensageiros de uma forte doutrina espiritualista, o que pode trazer alento para alguns, especialmente as crianças pra quem a morte costuma ser um ponto de interrogação gigante, e muita diversão para todos.

O Santuário, de uma forma, como sempre, descontraída, deseja a todos que este dia seja um dia de recordações boas dos entes que partiram, e que se a tristeza vier, você deixe que ela tome seu espaço e vá embora. Feliz (na medida do possível) “Dia de los Muertos”!

Anúncios

4 comentários sobre “Turma do Penadinho – Feliz Dia de Los Muertos

  1. Gostaria de fazer uma menção honrosa para a Morte do Neil Gaiman, “O” Morte do Terry Pratchett (da série de livros “Discworld”) e a Noiva Cadáver do Tim Burton. Ah, e também para o Cavaleiro da Morte mostrado na série Supernatural. Alguém lembra de mais algum(a)?

    Curtir

  2. Dona Morte “ruleia”! Uma das minhas histórias favoritas dela é quando ela resolve seguir a carreira de modelo internacional e abandonar o cemitério. Super fashion!
    Mas uma das melhores histórias da turma é a que eles encenam o clipe de Thriller.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s