O Santuário foi ao 7º FIQ!

Por Rodrigo Broilo. Participação especialíssima de Weber Carvalho.

“Hold your breath
Make a wish
Count to three

Come with me and you’ll be
In a world of pure imagination”

E se você tivesse a oportunidade de entrar em um lugar mágico? Onde todos os seus sonhos viram realidade, e toda a realidade vira um sonho? Um lugar de pura alegria, onde seus problemas simplesmente não existem? Onde a esperança catalisa sua força de vontade?

Bom, pode parecer deslumbramento, mas foi isso que sentimos ao adentrar os portões da Serraria Souza Pinto, em Belo Horizonte, Minas Gerais no último final de semana para prestigiar o 7º Festival Internacional de Quadrinhos, o popular FIQ.

Não sabíamos por onde começar, o que olhar primeiro e fomos adentrando o evento como se tudo fosse acabar a qualquer momento. Nem cinco minutos lá dentro e demos de cara com Ivan Reis!

Passada a super-empolgação inicial, conseguimos raciocinar e acompanhar todas as atrações do Festival.

A exposição “Maurício de Souza Uma história (em Quadrinhos) de sucesso”, que mostrava uma linha do tempo com os principais acontecimentos da Turma da Mônica desde a criação dos primeiros personagens. Foi uma contribuição de Maurício de Souza para o FIQ, como agradecimento por ser um dos homenageados do festival.

As oficinas de quadrinhos permitiam os interessados desenharem, embora em qualquer canto do local você pudesse ver jovens e adultos inspirados a pôr suas ideias no papel.

A “Exposição Criando Quadrinhos – Da idéia a página impressa”, mostrava diversos passos e rascunhos de grandes obras dos quadrinhos, ilustrando todos os passos da criação de uma HQ. Além de mostrar diversas estatuetas de heroínas da DC inspiradas em capas das mesmas. Havia também uma mostra de capas que foram inspiradas na Pietá, de Michelângelo. Você achava que a Supergirl morta nos braços do Superman, em Crise nas Infinitas Terras, era a primeira? Já existiam capas inspiradas nessa imagem desde a década de 50, e continuaram a aparecer outras durantes anos, antes e depois da Crise.

A gibiteca contava com inúmeras revistas a disposição para que qualquer um pegasse e se divertisse com as historinhas. Crianças e adultos compartilhavam o mesmo universo de diversão. Era comum ver mãe e filho sentados nos enormes “pufs” juntos, cada um com sua revista.

Na Arena Carlos Trillo, outro homenageado do FIQ, falecido em maio deste ano, ocorriam os “painéis” e entrevistas. Era um espaço limitado e que gerava muita fila, mas aposto que foi superbacana.

Havia ainda os estandes… Diversos grupos independentes vendendo suas obras, fomentando sessões de autógrafos e conseguindo boas cifras. O estante da Comix e da Livraria Leitura eram os mais movimentados. O da escola de artes de BH “Casa dos Quadrinhos” também contava com grandes filas para fotos com o Coringa.

Tudo no FIQ foi mágico!

Pode ser que seja porque nunca fui a um festival de quadrinhos, mas ver tanta gente lendo gibis, tantos artistas reunidos, tanta gente desenhando pelos cantos, foi algo único. Tirar fotos com alguns dos artistas mais famosos do Brasil e do Mundo me deixaram numa tremedeira sem precedentes!

Claro, nem tudo são flores. Como o publico superou as expectativas, mais de 25 mil pessoas passaram por dia pela Serraria, que é um espaço pequeno para tanta gente. Além disso, os três últimos dias do Festival presenciaram um calor intenso em Belo Horizonte. Em 2013, dado todo esse sucesso do evento, pode-se pensar em um novo local, maior e mais arejado para o evento. Isso é o fato de ter muita gente vestindo camisetas do Charada. Hunf!

Mas sinceramente, isso foram só detalhes. Embora estivéssemos extremamente empolgados e excitados com tudo que o festival oferecia, as horas não passavam correndo, e saímos de lá renovados, como se tivéssemos saído de Wonderland, Nárnia ou Terabítia. Tudo no FIQ exalava alegria e motivação.

A imagem que sempre levarei de lá será a de um menininho sentado em uma das prateleiras da Gibiteca, lendo introspectivamente sua revista da Marvel.

Foi um Santuário de alegria e emoção para nós!

Que venha o 8º Fiq em 2013!

Anúncios

12 comentários sobre “O Santuário foi ao 7º FIQ!

  1. Eu passei por lá! Senhora Letícia, senhor Henry, rapaz Lucas e Dr. Venerável, vocês deveriam ter ido, dane-se!!! Dessem o jeito de vocês! Mas deveriam ter ido também!

    Curtir

  2. Sem dúvidas o FIQ foi inesquecível! Tudo ao nosso redor inspirava a imaginação! Até voltei a desenhar! E os modelos, óbvio, foram meus novos e carismáticos amigos do Santuário! As horas simplesmente se arrastavam de maneira tão prazeirosa, tão delicada e cativante… Não dava nem vontade de ir embora! Eu até sugeri ao Broilo de levarmos uns colchões no dia seguinte! rsrsrs A simpatia dos autores e desenhistas que paravam suas conversas p/ nos brindar c/ sua atenção, seja no momento de uma foto ou no pedido óbvio de um autógrafo! Momentos que sempre vou levar na lembrança com muito carinho! Obrigado por partilhar esse momento mágico comigo Broilo! E não esquece, a camiseta do Charada é a nova onda fashion do momento… Vou até comprar uma p/ entrar no grupo dos 357 Charadas do FIQ! kkkkkkkk

    Curtir

  3. Sem dúvidas o FIQ foi inesquecível! Tudo ao nosso redor inspirava a imaginação! Até voltei a desenhar! E os modelos, óbvio, foram meus novos e carismáticos amigos do Santuário! 😀 As horas simplesmente se arrastavam de maneira tão prazeirosa, tão delicada e cativante… Não dava nem vontade de ir embora! Eu até sugeri ao Broilo de levarmos uns colchões no dia seguinte! rsrsrs A simpatia dos autores e desenhistas que paravam suas conversas p/ nos brindar c/ sua atenção, seja no momento de uma foto ou no pedido óbvio de um autógrafo! Momentos que sempre vou levar na lembrança com muito carinho! Obrigado por partilhar esse momento mágico comigo Broilo! E não esquece, a camiseta do Charada é a nova onda fashion do momento… Vou até comprar uma p/ entrar no grupo dos 357 Charadas do FIQ! kkkkkkkk

    Curtir

  4. Rodrigo e amigos do SANTUÁRIO, depois de muito tempo sem entrar aqui e também no face, para nossos pitacos de sempre, por problemas pessoais e que devargarzinho, muito devagar mesmo começam a entrar nos eixos, eu acho! Essa matéria Rodrigo nos emociona, pois já senti isso diversas vezes seja no FIQ, FESTCOMIX, COMICON SANDIEGO, etc…
    Estar perto das coisas que amamamos nos fazem viajar e perto dos nossos mestres melhor ainda, tenho as minhas fotos aos lados dos mestres e Ivan Reis é um deles.
    Mas falaram algo em cima “Mágico” é isso que falo aqui todo tempo, o Victor sabe disso. Quadrinhos é mágica, é impalpável e onde como disse ” Os sonhos tornam-se realidade e a realidade vira sonho! Acho que você entraram na minha cabeça pois é isso que quadrinhos é pra mim!
    E aquele menininho no final alí viajando no seu quadrinhos e o que o mestre Grant Morrison diz no quadro! Sem palavras! Emocionado ao máximo!

    Jamais os desenhos e os quadrinhos irão morrer! Não só porque é uma das coisas que mais amo no mundo, quadrinhos não é uma arte simplesmente é uma forma de vida! Um estilo de vida! Parabéns Rodrigo! obrigado pelo presente! E por dividi-lo conosco! Sonhei junto com vocês! Deus os abençõe!

    Curtir

      1. Obrigado Victor.
        Mas estou em um problema familiar muito grande. Mas as coisas devagar irão entrar nos eixos, saiba que esse espaço é único.
        Ainda não estou de volta ao ritmo normal, talvez demore um pouco, mas saiba que esse é o meu universo, as vezes os dias se tornam trevas, sabemos que isso faz parte da vida é necessário para que sejamos fortes. Saiba que mesmo sem conhecer você , Henry, e muitos que tive contato aqui já fazem parte do meu mundo, são amigos que compartilham sonhos, desejos e emoções, carrego vocês em minha mente e dentro do meu peito. Deus os abençõem fortemente e muito obrigado pelas palavras.
        Mas vamos ao entretenimento!

        Curtir

    1. Claudio, obrigado por voltar. Compartilho desse sonho e acredito que falo por todos… quadrinhos são um estilo de vida sim, e eu não desejaria ser de outra forma. Grande abraço, amigo!

      Curtir

  5. Nossa, como queria ter ido ai… *-* Meus olhos brilharam qdo vi tudo isso e que lindo, fomos muito bem representados lá, né?
    Adorei o texto, as fotos, e vcs dois sabem o que mais, né?

    =DDDD

    Já prendi minha respiração, contei até três e fiz o pedido… E agora?

    Curtir

  6. Amigos, fico sem palavras quando me deparo com algo assim; simplesmente mágico, como foi dito… parabéns pela oportunidade que tiveram de estar lá e obrigado por compartilhar! Ficou perfeito! Abs!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s