A luz que nos move: Eu quero, eu posso, eu consigo

Por Rodrigo Broilo

O Querer. A Vontade. O Desejo. A Meta. O Objetivo. A Força.

Essa é nossa motivação. Nosso impulso. Nossa energia.

Patrulhamos o universo, defendemos mundos em busca de justiça, utilizando apenas a vontade. Somos mais de 3600 homens e mulheres, das mais diversas raças e formas, com um único objetivo. Proteger o universo.

Sem medo, sem ódio, sem compaixão, sem amor, sem emoções. Apenas com a nossa vontade temos todas as armas que precisamos para nossa tarefa. Muitos acham que somos frios, como robôs Caçadores. Mas se é assim que os Guardiões acreditam que seremos mais úteis e poderosos para o universo, essa é nossa vontade também.

Somos cavaleiros da luz verde, da força de vontade, a única “emoção” que resta a quem nada mais têm.

Enfrentamos as ameaças que encontramos, seja no dia ou na noite. No mais claro, ou na mais escura.

Nós não somos imunes a erros. Já os cometemos aos milhares. Quase todos nós. Muitos pagaram isso com a vida. Mas a nossa vontade é a de acertar, e reparar nossos erros.

Somos policiais, somos patrulheiros, somos guerreiros com o desejo de justiça no mundo.

Nós queremos, nós podemos, nós conseguimos.

EPÍLOGO

Pare alguns minutos. Olhe para tudo que você quis para 2011. Olhe se isso ainda te é válido para 2012. Analise porque você não conseguiu nesse ano, independente de sua inclinação espiritual. Trace seus objetivos para 2012, faz bem para todo mundo. E Queira!

Todos sabem que nós somos Lanternas de várias cores. Nós somos variáveis no Espectro Emocional. Ora raivosos, ora amorosos; ora egoístas, ora altruístas; ora esperançosos, ora medrosos. Mas quando não tivermos nada disso, podemos ter a força de vontade. Então Queira!

Queira o que você deseja, o que você planeja. E não tenha medo, não espere de 2012. Faça!

E saiba que a vida é newtoniana: “toda ação gera uma reação”. Tudo tem consequências, e temos responsabilidade sobre elas. Lex Luthor viveu com Kriptonita para seus planos, e isso teve seus preços. Mais uma vez, aquela história do livre-arbitrio (e mais uma vez, independente da sua espiritualidade). Mas queira! Vá em frente!

Se o seu 2011 foi ótimo, regular ou uma verdadeira bost@, faça de 2012 o que você quer! Se não rolar, temos 2013 (quem sabe!). Viva!

Anúncios

3 comentários sobre “A luz que nos move: Eu quero, eu posso, eu consigo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s