Capuz Vermelho e os fora da lei – “preconceito, não faz bem a ninguém e sem ele, penso o que seria do poder!” valeu Via Negromente!

Por Venerável Victor  “Imaculável”  Vaughan

Essa semana em mensagem na página pessoal de Dan Diddio, editor chefe da DC comics, um fã da editora e de quadrinhos em geral, além de roteirista em busca de uma oportunidade, criticou a política e iniciativa da empresa em dar três títulos (dos 52 hoje em dia no mercado) para o controverso desenhista Rod Liefeld (alguns acham que ele desenha) escrever, em detrimento de tantos profissionais no mercado hoje em dia, além de muitos outros que buscam um lugar ao sol, aqui vai uma parte da transcrição da mensagem postada, tradução do MultiversoDC.

Meu intuito não é aqui cair de páu em Liefeld, afinal já faço isso em outros sites e grupos, mas dizer que concordo plenamente com esse fã, mas não posso deixar de dizer o quanto fiquei feliz de Scott Lobdell ter sido lembrado como exemplo de bom roteirista, além de estar figurando ao lado de Jeff Lemire, escritor de Homem-Animal, uma das melhores revistas da editora ultimamente. Esse é um reconhecimento que quem vem acompanhando seu trabalho nas três mensais que conduz – Novos Titãs, Superboy e Capuz Vermelho e os fora da lei – sabe que é merecido.

Resenha de Red Hood and the Outlaws #5     SPOILERS 

Lobdell continua exatamente de onde parou na edição anterior, com o Capuz Vermelho enfrentando a criatura imortal da raça dos Inomináveis, que se esconde entre os habitantes da cidadezinha de Middleton Colorado, durante a luta, ambos descobrem que não foi ela a responsável pelo massacre da mestra que treinou Jason para se tornar o maior assassino da Terra e de todos os demais monges guerreiros. Então, ambos estão sendo manipulados? Alguém que enviou o Sr. Todd numa pista falsa na esperança de que ambos se matassem, talvez dessa forma eliminando dois possíveis adversários? O Capuz Vermelho percebe que pode estar envolvido agora em algo muito maior do que imaginava, estaria ele no meio de uma guerra civil entre imortais? Agora isso não importa mais, a criatura da raça dos inomináveis está sedenta por sangue e revanche, pelo estrago que Jason fez a ela e a única opção de nosso psicopata juvenil preferido agora é relembrar de todo seu treinamento, nas mãos da anciã Ducra, eliminando o mais rápido possível essa ameaça. Coisa que faz com precisão, porém ao morrer, o encantamento que a criatura gerava que impedia que os cidadões da cidadezinha presenciassem o conflito se desfez. Ao ser morta, a inominável reverteu ao hospedeiro humano que habitava antes e infelizmente aos olhos de toda platéia, Jason Todd assassinou a xerife da cidadezinha, causando uma verdadeira revolta.

Enquanto isso o Arsenal que na edição anterior, foi em busca de Estelar que parecia estar com problemas, descobre quem é o agressor da princesa alienígena. Antes de atacar e conseguir engenhosamente derrotar Cruz, temos mais uma vez um leve recordatório dos motivos que fizeram esse humano, abdicar de sua humanidade e passar a perseguir alienígenas pelo planeta. Tendo Koriander como sua última vítima. Roy Harper logo em seguida encontra Kory desacordada e fragilizada na beira de um lago congelado, apenas para novamente ser atacado por Cruz, totalmente entregue ao seu ódio e preconceito, que não aceita que nosso herói nutra algum sentimento pela alienígena. Dessa vez ele é novamente surpreendido pelas habilidades de sobrevivência a qualquer preço de Harper e ao fim temos a derrota definitiva do vilão, por uma Estelar totalmente recuperada. Aqui para quem for fã de longa data, os xiitas, as viúvas de Wolfman e Perez e os eventuais leitores, ficará provado que o Senhor Lobdell sabe muito bem o que está fazendo, ao demonstrar respeito e conhecimento do “background” de Estelar. Fiquei satisfeito.

A edição teve que findar por aí nesse mês, pois logo em seguida, um Jason Todd perseguido por uma população enfurecida e armada de páus, pedras, pás, foices e rifles e o “diabo a quatro”, aparece sugerindo que eles fariam muito bem em sumir o quanto antes dali. Nossos “Fora da Lei” fogem com uma Estelar carregando o corpo inconsciente de Cruz.

Kenneth Rocafort fazendo bonito novamente tanto na capa como na arte interna da revista.

Anúncios

7 comentários sobre “Capuz Vermelho e os fora da lei – “preconceito, não faz bem a ninguém e sem ele, penso o que seria do poder!” valeu Via Negromente!

  1. Achei interessante que quando Cruz deixa Kory agonizando no gelo, ela olha para o céu e, ao ver aquela forma quiróptera, murmura: “Richard…” essa história de que ela não se recorda do Dick e dos Titãs está caindo por terra…

    Curtir

  2. Concordo também com o Fred. Prá quem gosta de história direta, sem rodeios, muita ação (sem ser gratuita) é prato cheio. Essa sempre foi a marca registrada do Lobdell (desde o tempo que ele escreveu a família X). Eu já prefiria ver uma equipe maior, que explorasse mais a psiquê dos personagens, com muitos interlúdios e mistérios. Mas pro meu gosto o negócio é ler Stormwatch, ou X-Factor do Peter David ou a JSA do Robinson ou do Geoff Johns, sem falar também nos Titãs do Wolfman, ou qualquer outro título da época inspirada do Bendis. E tenho dito!!!

    Curtir

  3. Eu estou curtindo, algumas coisa me geram estranheza mas nem são as que os fãs no geral dos jovens heróis sentem. Eu acho sim que eles combinam e fazem sentido entre si, mas sinto falta de uma base , tá…é uma idéia fixa, enraizada minha, sei que não precisa ser assim… e sinto falta de mais membros nesses fora da lei.

    Curtir

  4. Minha revista preferida tem o Felipe Alves, ou “BROO” no elenco, a do Wolverine e os X-men, mas como sempre fui fã da Estelar, desde o desenho na TV, eu to seguindo essa, não tem feito feio mesmo não, meninos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s