O QUE ACONTECERIA SE NINGUÉM VIGIASSE O VIGIA? Elvis Presley o devorador de mundos!

por Venerável Victor  “Moves like Jagger”  Vaughan

Quadrinhos que me fizeram feliz:  parte 10

Muitos conhecem a saudosa série da Marvel “O que aconteceria se…” Estrelada pelo cabeçudo imortal criado por Jack Kirby, o Vigia! O Maior barato dessa série é a possibilidade de se explorar determinados enredos já abandonados e dar nova visão sobre as possibilidades que cada roteiro poderia ter tomado caso os acontecimentos de certas histórias não tivessem seguido por um determinado rumo. Hoje caros devotos, vamos presenciar o que aconteceria se desse a louca no Vigia e ele parasse de vigiar.

Volume 2, #34
Escrito por:  Scott Gimple, Darren Auck e outros
Desenhado por: Tom Morgan, Sam Delarosa e outros

A história até aqui: Não, você não enlouqueceu, quem enlouqueceu foi o Vigia e o bagulho ficou doido.

Aqui nós temos uma porção de momentos de humor pastelão e eu não vou fazer cerimônia, a maioria é fraca. Coisas como: “O que aconteceria se Tempestade fosse controladora de tráfico aéreo?” e “O que aconteceria se Wolverine hibernasse?”, onde Logan passa algumas páginas dormindo, apenas para no penúltimo quadro se virar, bocejar e voltar a dormir. A revista também é bem curta, mais que o comum, principalmente comparada com outras edições de humor Marvel, isso por si só já diminui mais ainda as chances de fazer você rir. Sem mencionar que uma das historinhas da revista é sobre o Homem-Aranha se tornando papai de um bebê mutante aranha, que é totalmente dispensável. Eu quase considerei nunca falar dessa edição…mas…

Se não fosse por duas coisas. Uma delas é a redenção dos autores e editores que compraram esse barulho de fazer um “O que aconteceria se…” de humor pastelão:

“O que aconteceria se o Justiceiro fosse o superprotetor paizão dos criminosos?”

E aqui temos a história principal da edição: “O que aconteceria se Thanos transformasse Galactus em um ser humano?”. Exatamente como na continuidade Marvel normal, Galactus atacou Thanos quando esse enlouqueceu – toda semana esse semideus de fases enlouquece, porra – e conseguiu obter a Manopla do Infinito. Aqui, Thanos decide punir Galactus com o que ele considera ser um destino muito pior que a morte – até porque Thanos dá uns tratos na Senhora Morte e morre de ciúmes da ossuda.

Galactus é transformado num ser humano e mandado para a Terra. Lembrando que aqui, esse “O que aconteceria se” não  leva tão a sério os fatos que levaram a trama da primeira saga da Manopla do Infinito – aqui na Marvel o artefato mais poderoso da existência, capaz de refazer a realidade, muito antes de Brian Michael Bendis e geral darem esse poder para um a cada dez mutantes – e a Terra aqui não está sofrendo as consequências da saga, como na continuidade normal.

O humano Galactus aterrissa no Kansas – aqui sem o totó da Dorothy, sem o Leão, Espantalho e Homem de Lata – nu na chuva e incapaz de lembrar quem ele realmente é. Ele encontra  um trailer e acabamos tendo finalmente a ideia de quem Galactus se parece na forma humana, por alguma coincidência cósmica, Galactus agora se parece exatamente como Elvis Aaron Presley! Isso faz o cabeção da mulher dona do trailer pirar, dona Gertrude. Uma mãe solteira e a maior fã de Elvis do planeta. Galactus por causa do stress da viagem e transformação acaba desmaiando na frente da soleira de sua porta. Mas Gertrude o carrega para dentro e cuida dele. Ela acredita que por causa de alguma doença ou das drogas ele esqueceu quem realmente é.

Gertrude tenta o tempo todo fazer Galactus lembrar quem  realmente ela pensa que ele é. Ela o faz ouvir uma infinidade de discos do Elvis, assistir todos os seus filmes e até o ensina como dançar igual ao seu ídolo. Galactus, acaba se mostrando extremamente habilidoso,  de rápido aprendizado com a guitarra e até mesmo com uma linda voz. Mais uma vez o cabeção de Gertrude pira! Os dois não conseguem entender tudo o que está acontecendo, mas é óbvio que ele deve ser realmente Elvis. O porquê dele não está realmente morto ou imenso de gordo, ainda é um mistério. Mas tudo o que interessa é que o “rei” está de volta e com uma segunda chance de fazer e acontecer novamente!

Pelas próximas semanas, Galactus vive com Gertrude e seu filho Toby, feliz e curtindo o estilo de vida simples do sul do país. Ele consegue um trampo num bar local e que o mantém na obscuridade por algum tempo, longe do grande público e da mídia.

GALACTUS – arte original de Jack kirby

Um homem lhe oferece em algum momento para fazer um show beneficente para fazendeiros locais e Galactus aceita a proposta, tendo em vista que vai poder mostrar sua arte para mais pessoas. Quando Gertrude por medo de não conseguir mais manter seu ídolo ali com ela, lhe avisa do perigo de ser reconhecido e de sua vida voltar a ser um inferno, Galactus a ignora dizendo que ninguém iria acreditar que o verdadeiro Elvis realmente estaria vivo e com saúde. Ele mesmo é o Elvis e até hoje não acredita totalmente!

Seu show chama a atenção da mídia e logo é amplamente conhecido que o “rei” está de volta de alguma forma. No instante que Galactus, Gertrude e Toby estão apreensivos com a quantidade de fãs reunidos em volta do pequeno trailer que vivem, um visitante se teleporta para junto deles. E o herói Adam Warlock, mostrando agora sua Manopla do Infinito recém-conquistada na batalha com Thanos. Agora que Thanos foi derrotado, Galactus pode retornar para seu antigo status quo.

Galactus não tem a mínima ideia do que o estranho ser está falando (“Quem diabos é você?”; “De que  poder você está falando?”; “Por que você se parece com um Biscoito Doritos?”). Mas Warlock retorna suas memórias com o movimento de suas mãos. Agora que finalmente ele se lembra exatamente quem é, Adam Warlock deseja que ele volte a ser o “Devorador de Mundos”. Gertrude então lhe avisa que ao contrário, ele pode continuar na Terra e ser o “Rei do Rock n’Roll”.

Elvis e Galactus realmente não são tão diferentes no fim das contas e para mim  ambos são mais que grandes e poderosos seres em roupas ridículas. Eles são criaturas intrigantes, interessantes e realmente únicos no universo.

Sejam eles  no mundo da música ou no mundo dos quadrinhos, Eles vão ter sempre seu lugar como lendas coloridas por muitos e muitos anos. Quando colocados juntos na mesma história, é algo surreal e  muito legal. Essa história tem apenas – uma pena – sete páginas, mas coloca um sorriso no meu rosto toda vez que leio.

Anúncios

17 comentários sobre “O QUE ACONTECERIA SE NINGUÉM VIGIASSE O VIGIA? Elvis Presley o devorador de mundos!

  1. Essa história do Elvis parece ter sido super engraçada. A premissa também é muito bacana.

    Pena que parece não ter havido referências ao Capitão Marvel Jr. (da DC) que até onde eu saiba era um personagem do qual o Elvis era fã.

    Curtir

  2. Essa do Wolverine nem precisava ser What if… Pq tem tanto a cara dele XD

    Mas eu gosto qdo fazem essas brincadeiras com heróis, ou personagens que a gente gosta. Seja seriado, livros, quadrinhos… Sempre é bom pra descontrair!

    Belo texto senhor Jagger =)

    Curtir

  3. Cara, não tinha idéia sobre a existência dessas histórias aí! A do Elvis é surreal! Seria mais legal se Galactus, Thanos, Warlock e Beyonder se tornassem os novos Beatles! Aí a Morte viria na forma de Yoko e tiraria Thanos Lennon do grupo. Fica a dica pro pessoal da Marvel que sempre lê o Santuário.

    Curtir

  4. “I Just Can’t Help Believing” ADORO ELVIS! Adoro quadrinhos, eles são “My way” , então a combinação para mim foi perfeita, gato. Sabe que tenho um poster imenso dele no meu quarto? No lugar da Gertrude teria feito a mesma coisa, inda mais um Elvis com a essência de um devorador…hum! Eu pude ver ele ali no palco cantando “Heartbreak Hote” ou” Hound dog”l, depois no meu trailer “Love me tender” e “Blue Mooon”! Por quê não dou essas sortes que essas mocréias dos quadrinhos dão? Todo dia ele ia ter que cantar pra mim: “Too much” e “All shock up”…. bom meninos, vou parando por aqui ao som de: “Hard Headed Woman”pois já estou assim…e antes que: “It’s Now Or Never”e eu não estou nem um pouco nessa raspa de Carnaval: “Are You Lonesome Tonight” eu vou buscar algo para fazer, como por exemplo: “Viva Las Vegas” e “Kiss me quick”, porque eu AMEI essa edição que você fez sobre o “Guitar man”!!!! Eu tenho que dizer, galera do Santuário para o “Rei” : “I Want You I Need You I Love You”!!!!!!!!!!!!!!!

    Curtir

  5. Faz todo o sentido o Elvis ser o Galactus… ali estamos cheios de referências aos reis… o rei do Rock n’roll, o rei das galáxias, o rei dos quadrinhos (Jack Kirby que também era fã do Elvis). Existem mais dois números pelo menos que me lembre dessa série com temática cômica, deixa eu me recuperar de ter lido umas porcarias entre essas duas histórias, que trago pra cá.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s