Wolverine e os X-men – You are under my skin

Por Venerável Victor “Sorte no amor, azar no jogo” Vaughan

Resenha de W&oXM #6   SPOILERS

Vou tentar analizar a edição sem precisar contar a história toda como se nós devotos fôssemos crianças com necessidades especiais.

A cada mês, eu adoro  mais essa revista. Continuando a tragédia e comédia das últimas edições, nesse capítulo encontramos o diretor Wolverine e Quentin Quire em um bingo, digo, cassino galáctico, enganando a “casa”  para poderem pagar as contas da escola Jean Grey.

Enquanto o resto da equipe continua a batalha contra a infestação da Ninhada no corpo de Kitty Pryde, e como eles vão logo descobrir, a escola toda está sendo atacada.

De uma forma parecida com o que Mark Waid fez com o título do Demolidor, Jason Aaron é capaz de manter as consequências viáveis e a tensão real enquanto mantém o título interessante e fresco para novos leitores. De forma clara, isso é muito bom e divertido, algo que outros autores deveriam aprender a fazer mais nos dias atuais.

Desde a arrogância característica e manjada de Quentin até o sistema circulatório de

Jason Aaron: roteiros

Kitty sendo invadida por microscópicos alunos e professores, essa revista é repleta de personalidade e seriedade com as características dos personagens e nunca desmerece a seriedade do universo X. Enquanto que as consequências das ações de Logan e Quire no cassino são previsíveis, ainda assim é um desafio ao leitor acompanhar sem se divertir, ver os dois trabalharem como parceiros em algo tão ridículo. Quentin brinca o tempo todo sobre os diferentes filmes de “macho” que eles estariam participando se aquilo fosse um roteiro de cinema.

Meu único ponto de desagrado é que o enredo com a Ninhada provavelmente vai acabar da mesma forma que muitos outros enredos dos X-men com essa espécie no passado. Mas nunca perco as esperanças que Aaron tenha uma “Ás” na manga e nos saia com um fim inteligente.

Nick Bradshaw mais uma vez faz bonito com o lápis aqui, impressionante a quantidade de informação que ele adiciona em um único quadro, particularmente nas sequencias com a Ninhada. As criaturas são repletas de detalhes e tudo fica mais impressionante nas partes onde existe a batalha no sistema circulatório de Kitty, cercados por veias, glóbulos brancos e leucócitos, que nunca são difíceis de reconhecer.

Nick Bradshaw: desenhos

O ponto alto da arte de Bradshaw fica a cargo da parte onde a criatura da Ninhada persegue a senhorita Pryde através da escola, incrementando a narrativa visual com um pouco mais de tensão e humor. Bradshaw – não, não estou tendo nada com ele, sou espada, estou só encantado coma arte do cara – também merece muito crédito pela versatilidade nas sequências do cassino, oferecendo uma variedade imensa de raças alienígenas e criando uma possível Las Vegas de 100 anos no futuro. E o colorista merece também muitos louvores por toda essa atmosfera aqui, agora com quatro diferentes arte finalistas, a revista ficou muitas vezes inconstante e diferente a cada página.

Wolverine e os X-men continua sendo o que de melhor a Marvel tem lançado – colocando Demolidor e Novos Vingadores na lista entre outros – e com a quantidade de títulos mutantes hoje em dia, muito bons, é fácil as vezes esquecer que ele está na prateleira ou no “megaupload”, mas por favor, pelo seu próprio bem, não deixe de lado essa revista.

Anúncios

13 comentários sobre “Wolverine e os X-men – You are under my skin

  1. Aquela cena do tal do Broo com a Kitty ficou… estranha.

    De qualquer forma, aquela estratégia do Wolverine em conseguir grana foi meio esquisita… além de ser politicamente incorreta. Tá certo que combina com o personagem, mas ainda assim…

    Curtir

  2. Ray por favor não perde as estribeiras e continua contando as cartas!!!!
    Ahnnn??? Mas quem é o homem da primeira base!!!!!!!???
    Por essa lembrança e outras, make mine Marvel!!!!!

    Curtir

  3. Otima resenha, parabens. O que eu achei bem legal nesse titulo e a maneira como mostram as tres diferentes batalhas dando pausas exatas em momentos exenciais… Agora, so me resta esperar para saber o que acontecera ao pequeno e puro Broo e se Kitty vai conseguir andar por ai com esse barrigao, ou se Quentin vai morrer nas maos de algum alien por ai (a esperança é a ultima que morre). Valeu!

    Curtir

  4. Que bom que essa RESENHA não reproduz a história quadro a quadro.. eu ainda tô muito atrasado… ainda tô lá atrás quando o Quentin virou uma energia cósmica superior galáctica universal, e anda não sei que o Xorn e o Magneto são a mesma pessoa. Me deixem curtir o momento enquanto dá… 😉

    Curtir

  5. Realmente eu voltei a curtir X-men com essa revista. Agora é tanta gente que não dá pra ver todo mundo numa única edição, ainda bem que temos X-men Legacy….se não eu ia ficar chupando dedo, eu e geral.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s