Jovens Titãs – Heróis titãnicos mandam ver na telinha!

Por Guy Santos   ♦    http://www.guysantos.blogspot.com

Adaptado dos quadrinhos dos Novos Titãs (Teen Titans no original), da DC Comics, surgiu o desenho animado Jovens Titãs (Teen Titans no original). O grupo em seu início, nos quadrinhos, contavam com Robin, Kid Flash e Aqualad, depois entraram outros personagens. Mas no desenho o grupo é formado por Robin, Estelar, Cyborg, Mutano e Ravena. O desenho é de 2003, e possui claramente uma influencia de animes, que se encaixou muito bem no formato como as histórias são tratadas. Isso pode parecer desnecessário, pois é uma adaptação de uma história em quadrinhos americana, mas os toques de anime caiu como uma luva, principalmente nas cenas de comédia. Inclusive a abertura dessa série tem música de Puffy AmyYumi, famosa dupla japonesa, que também ganhou um desenho animado depois. Existe um filme da animação dos Jovens Titãs, que se desenrola em Tóquio.

O grupo de heróis é uma versão jovem da Liga da Justiça, que já tinha sua animação que estreou em 2001, e seguiu com Liga da Justiça sem Limites. Atualmente existe o desenho Justiça Jovem, também adaptado de um quadrinho com jovens heróis, Young Justice. Esta série possui participação regular de heróis da liga da Justiça, o que não acontece em Jovens Titãs. Nos quadrinhos, com o final do grupo, os integrantes da Justiça Jovem, foram para os Novos Titãs.

Os personagens são muito bem divididos em Jovens Titãs, Mutano é o piadista, Cyborg é o “boa praça”, Estelar é a fofinha, Ravena é a soturna e Robin o líder com uma pinta de Batman que ficou muito legal. No desenho, Robin está maduro, é fácil perceber os traços do Batman nele. O design dos personagens está realmente incrível, apesar da diferença com os quadrinhos.

É fácil pensar em muitos fãs dos Titãs se irritando com essa série animada. Isso é um fato lógico, pois estes fãs eram jovens ou crianças quando leram as aventuras em quadrinhos dos Titãs, e as histórias não eram tão diferentes das outras que eram publicadas, pois tudo era feito diretamente para esse publico, as tecnologias não haviam chegado ainda na massa, como acontece hoje, os quadrinhos tem que lutar por um espaço cheio de crianças que nasceram sabendo usar o computador e todos esses i (iPhones, ipods, itunes), além da televisão, mas está ainda se torna um aliado dos quadrinhos, chamando pessoas para este meio a partir dos desenhos animados adaptados das hqs. Em 2003 os celulares e computadores já eram populares, a animação dos Jovens Titãs se adaptou as crianças e jovens desta época, assim como fez Novos Titãs, sem tanto esforço, em seu início nos quadrinhos. A série teve cinco temporadas que formam 65 episódios. Outros personagens da DC Comics aparecem na série, como o Kid Flash, Aqualad, Ricardito, Abelha e diversos outros, além de Robin aparecer como Asa Noturna em dois episódios, e a participação da personagem Terra. Também é criado os Jovens Titãs da Costa Leste na terceira temporada.

A Primeira animação adaptada dos Novos Titãs foi de 1960, com o mesmo titulo original dos quadrinhos, Teen Titans, o grupo era formado por Agualad, Kid Flash, Ricardito e Moça-Maravilha, sem o Robin. O desenho animado de 2003 foi adaptado para os quadrinhos, com o titulo de Teen Titans Go!, no Brasil a revista foi primeiramente publicada pela Panini Comics, mas atualmente é publicada pela Abril em um formatinho. O desenho deve voltar ainda este ano nos EUA, mas desta vez em curtas-metragens para o bloco DC Nation do Cartoon Network.

Anúncios

20 comentários sobre “Jovens Titãs – Heróis titãnicos mandam ver na telinha!

  1. Eu adoro a dc comics. Acho que com o desenho Jovens Titãs foi aberta uma porta para os heróis jovens , também foi uma boa chance para o Robin sair de trás da capa do batman.

    Curtir

  2. Sou um fã da velha-guarda, mas, ao contrário de outros tantos que conheço, não tenho ojeriza a esta versão dos Titãs. A animação é bem bacana e em muitos momentos faz referencia às hqs de Wolfman+Pérez. O character design é modernoso, mas manteve elementos fortes dos personagens originais, incluindo as características psicológicas – caricaturizadas eficazmente. Essa animação foi uma porta de entrada para toda uma geração conhecer alguns dos personagens mais fantásticos da DC Comics. E é muito bom ver o Robin bem utilizado! Pô, o cara é Padawan do Batman, rapaz 🙂

    Curtir

  3. Weber – Também achei a MM apagada, mas como eu disse foi a pendenga com os direitos. Lembro de ter lido em algum lugar que o Weisman declarou que ela teria um papel maior na segunda temporada. Espero que seja isso mesmo.

    Quanto a qual MM deve ser usada, acho que nesse caso deve ser a Donna. A personagem está merecendo uma aparição animada a anos e só falta ela do grupo original já que Dick, Roy, Wally e Garth já apareceram.

    Curtir

  4. Eu confesso que a primeira vista, torci o nariz pro desenho dos Jovens Titãs. Achei caricato demais, infantil demais (Mas é pra ser infantil mesmo, Garrit, acorda! – O desenho é para crianças!), tudo bem, o que queria? A adaptação da fase Marv Wolfman e George Pérez transposta para a telinha? Bom, sim… MAS é inegável o quanto esses jovens Titãs me cativaram e ganharam seu lugar no meu coração nerd, tanto que hoje não consigo imaginar uma forma melhor de retratar nossos queridos heróis na telinha animada. Até hoje eu paro tudo para assistir as reprises. Os Titãs dos quadrinhos do passado, do desenho animado e da geração reboot… gosto de todos de formas diferentes, cada um com seu jeito de ser.

    Parabéns pela excelente matéria Guy!

    Curtir

      1. O Didio é inocente… dessa vez.

        O que estou sabendo é que existia uma pendenga judicial que impedia a Mulher Maravilha e personagens ligados a sua mitologia (como a Donna) de aparecerem em séries onde a heroína não era a protagonista. Isso até impediu o Weisman de usar a Moça Maravilha na primeira temporada de Justiça Jovem.

        Porém, parece que no ano passado tudo foi acertado e a personagem pôde aparecer em JJ. Mesmo assim, podemos dizer que o estrago está feito, infelizmente 😦
        O lado positivo é que no futuro é certo que ela apareça em outras animações dos Titãs!

        Curtir

  5. Um bom texto, mas infelizmente aqui em Portugal nunca passaram estas séries de animação.
    Mesmo de outros super-heróis sempre foi muito muito raro…
    😦

    Abraço

    Curtir

  6. Tenho muito carinho por essa animação, pela escolha de personagens marcantes e carismáticos, eu até diria eternos da fase do Wolfman & Perez aliados a um lider Robin, existe Titãs de fato sem o maior sidekick do mundo liderando? Todos nós marmanjos amávamos essa série e é muito bom saber que ela vai voltar em curtas exibições.

    Curtir

  7. Um desenho que me deixou muito feliz! As histórias tinham a pitada exata pra alegrar a galera! Humor, simpatia e respeito aos fãs marcaram Jovens Titãs! Mesmo com as mudanças óbvias das histórias (pra adequar os personagens ao público infanto-juvenil) me lembro com carinho dessa série…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s