A ARTE de DEO C’SAR : “The Old Man” & “The Bored Boy” – “COW PARADE” de WEBER CARVALHO

Por Deo C’sar

Eis-me aqui expondo mais um pouco de minha Arte!
Ambas foram realizadas sem nenhum processo computadorizado e desta forma sem nenhum tipo de teste anterior para verificar o efeito que iria atingir no final.

The Old Man – retrato de um velho interpretada de uma minúscula foto de uma revista francesa. Feita em papel liso somente com grafite e, vejam, as nuances não foram feitas passando o dedo para “borrar” a imagem. Isso não vale! Lembro-me           até hoje que fiquei horas definindo os detalhes da orelha.

The Bored Boy – feito em papel canson A3 e guache. Minha primeira tentativa de usar esta técnica, pois pintava sempre usando tinta a óleo, e poucas vezes aquarela.
Um trabalho mais próximo que a distância entre a tela no cavalete e o pintor. foi uma sensação impar quando vi saltar aos meus olhos as pernas azuis do garoto – a parte que iniciei.

Espero que apreciem minha arte…Er…
Epa… Arte ou Ilustração?

É óbvio que ilustração e arte não são a mesma coisa, tampouco são coisas completamente diferentes. São coisas que muitas vezes andam juntas, utilizam-se das mesmas técnicas, são construídas através do mesmo conceito; nada mais comum confundi-las ou mesmo não saber onde começa uma e termina outra.

A ilustração, além de explicar, exemplifica, demonstra, complementa um texto; é muito utilizada em manuais de montagem e utilização de máquinas, eletrodomésticos, livros de medicina etc – que surpresa!
Todavia, nem sempre uma ilustração consegue comunicar algo de forma perfeita, pretendida por seu autor, do contrário se poderia extinguir os balões de fala em gibis.
A arte não comunica pois não há um único entendimento sobre uma grande obra, cada uma tem um quê de subjetividade, que vai ser resgatada nas experiências de quem a aprecia. Não há o que ser comunicado, a única função é o exercício do refletir.

Que mamilos que nada!!!  A onda agora são as tetas polêmicas!!!

Por Weber “Boi Bandido” Carvalho

Em meio a tantos escândalos envolvendo corrupção, tráfico de influências, greve dos professores, falta de UTI nos hospitais e compra de títulos na polícia militar, Goiânia (GO) agora está envolta por um monte de vacas… Aliás, vacas bem polêmicas, diga-se de passagem! Elas estão espalhadas por toda a cidade, uns admiram enquanto outros torcem o nariz. É a CowParade (Parada das Vacas). Uma exposição itinerante que já passou por vários lugares do mundo e que estará na capital até dia 8 de maio. Considerado o maior e mais bem sucedido evento de arte pública no mundo!

“As esculturas de vacas em fibra de vidro são decoradas por artistas locais e distribuídas pelas cidades, em locais públicos como estações de metrô, avenidas e parques. Após a exposição, as vacas são leiloadas e o dinheiro é entregue para instituições de beneficentes”. Diz o site oficial do evento. Desde 1999, já passou por mais de 55 cidades em todo o mundo, incluindo Chicago (1999), New York City (2000), Londres (2002), Tóquio (2003), Bruxelas (2003), Dublin (2003), Praga (2004), Estocolmo (2004), Cidade do México (2005), São Paulo (2005), Curitiba (2006), Belo Horizonte, (2006), Boston (2006), Paris (2006), Rio de Janeiro (2007), Milão (2007), Istambul (2007), Madrid (2008) e Taipei (2009). Ao redor do mundo, mais de 5.000 artistas participaram da CowParade, estima-se que mais de 150 milhões de pessoas tenham visto pelo menos uma das vacas famosas e US$ 22 milhões foram levantados para entidades beneficentes através do leilão das vacas. Mas por que vacas? Você deve estar se perguntando… Bem… O site oficial responde: “Há algo de mágico sobre a vaca. Ela representa coisas diferentes para pessoas diferentes ao redor do mundo: é sagrada, é histórica, mas o sentimento comum é de carinho. Ela simplesmente faz todos sorrirem. Servindo como uma tela de arte, não existe nenhum outro animal ou objeto que fornece a forma, flexibilidade e amplitude de uma vaca. As três formas (de pé, pastando, repousando) fornecem aos artistas ângulos e curvas para criarem obras de arte únicas. Seu modelo também permite que ela seja caracterizada. Ela pode se transformar em outros animais, pessoas ou objetos”.

O X da questão é o que a população tem achado disso, pois as vacas estão sendo pichadas, depredadas e um exemplar chegou a ser roubado. Então a pergunta que fica: Goiânia está preparada para um evento deste porte? Ou a população está agindo dessa maneira em repúdio ao gasto público num momento tão tenso para o estado/município? Lembro de um comentário que li em no facebook onde a pessoa dizia: “Não tinha lugar melhor pra por essas vacas que Goiânia.” Admito que a imagem de Goiás seja intrinsecamente vinculada à pecuária… Mas tirando a sensação de bullying o comentário me fez pensar no assunto. Afinal e o dinheiro que o evento movimenta? A Prefeitura de Goiânia, através da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), investiu mais de R$ 1,5 milhão na exposição. Daria pra pensar em outro tipo de arte? Talvez um novo teatro ou a reforma do Teatro Goiânia, patrimônio do município? Melhorias em escolas de arte para a comunidade? Investimento nas áreas de lazer dos bairros? Ou investir na saúde pública, segurança ou na educação? Deixo a questão no ar para que reflitam.

Enquanto isso, que tal darmos uma olhadinha nas 62 vacas que estão por toda Goiânia: clique aqui http://cowparade.com.br/go/galeria.phpe se delicie com essas lindezas de aproximadamente R$ 25 mil cada! (Quanto que tá arroba do boi mesmo?) Algumas vaquinhas são até bonitinhas e você pode levar pra casa uma miniatura pagando entre R$ 99,00 a R$ 899,00, um mimo vendido pelo site submarino, clique aquihttp://www.submarino.com.br/portal/Utilidades+Domesticas-sl/?menuId=1712&listid=sl18cowparade se tiver esbanjando dinheiro.

Então quando te chamarem de vaca fique feliz menina! Afinal em todo curral tem uma Princesa, uma Mimosa ou uma Fortuna! kkkkkkk

Para mais informações clique aqui. http://cowparade.com.br/go/o-que-e-a-cowparade.php

Anúncios

61 comentários sobre “A ARTE de DEO C’SAR : “The Old Man” & “The Bored Boy” – “COW PARADE” de WEBER CARVALHO

  1. Olha, sou goiana de nascença e posso afirmar, empiricamente, que a midia goiana ja deixou de ser confiável FAZ muito tempo. Não sei qt aos valores dessas vaquinhas, mas contesto boa parte das materias publicadas tanto por este quanto por qualquer outro jornal de Gyn. Outra observação, é o fato de colocarem somente duas opções como resposta nessa enquete. As verbas para cultura não podem ser destinadas para saude e vice versa, elas existem e foram destinadas para a arte, mesmo que os goianos não saibam o que é isso, e qualquer forma de cultura é valida ( Isso a materia não comenta). Me indigna a falta de respeito que as pessoas tem por qualquer forma de arte q se tente expressar nessa cidade. Acho um absurdo ser gasto os valores que são gastos todos os anos na pecuária, e não vejo protesto para tal. E antes que eu me esqueça, a Cow Parade não é goiana , e sim internacional.http://www.cowparade.com.br/rio/cowparade.php

    Curtir

    1. Mas a informação de que a Cow Parade é uma exposição internacional foi dada no Santuário, inclusive citando algumas cidades fora do Brasil por onde ela passou. E o link que vc postou é o mesmo que eu postei no site Ameliana Pereira. E outra: o investimento com a pecuária garante empregos e renda pra população. Agora exposição de arte itinerante devolve a população o quê mesmo? Pra mim valorização da arte e da cultura seria reformar o Teatro Goiânia ou investir nas escolas de arte! Como falou Joca nos comentários do blog: por que não “investir parte desse dinheiro em projetos sociais, prá tirar esse bando de crianças que estão perdidos com as drogas”. Admito a beleza das esculturas mas esse valor foi mal utilizado sem dúvida! Não concorda comigo Ameliana Pereira? E não foi apenas o Popular que divulgou esses valores. Vc é daqui de Goiânia e com certeza acompanha a mídia e é impossível que não tenha visto essa informação na televisão!

      Curtir

      1. Não acompanho mais a mídia, na verdade tenho preguiça de sensacionalismo. Como falei acima, as verbas destinadas a determinados fins não podem ser investidas em outros, infelizmente. Não falo que tenha sido um bom investimento, só que o $ investido nas vaquinhas não foi só do governo. Muita coisa tem que mudar, e não vai ser discutindo no Face ou reclamando da vida que conseguiremos alguma coisa. Como diz um velho ditado, seja a mudança que você quer ver no mundo. Faço a minha parte, e torço pra que dê certo. Pra vc ter uma ideia do qt me indigna as coisas que vejo, mesmo sem acompanhar a mídia goiana, sou bióloga… Preciso falar mais sobre o descaso com o restante de nossa casa ( natureza).

        Curtir

        1. Eu também sou biólogo e sempre participo de ações no meu bairro ajudando a comunidade na área de saúde pública. Agora me recuso a me fechar no mundinho da biologia. Lembre-se que internet é uma porta pro mundo. As redes sociais são o melhor meio de expor uma opinião e assim conscientizar as pessoas. Lamento se vc não acompanha o mundo a sua volta. Mas seja feliz na sua vida verde… aliás, vc devia gostar da pecuária… não há tantas polêmicas na roça.

          Curtir

  2. Num aguento mais ver vaca nas esquinas da cidade!!!!!Que isso é arte eu não duvido (talvez não compreenda, mas enfim, tem muitas outras coisas q nao compreendo), mas daí gastar + de 1 milhão com isso? Sei não viu, mas essas vacas estão me saindo muito caras…

    Curtir

  3. Excelente trabalho, Deo C´sar, muito expressivo e tocante. Parabéns…!

    Weber, só agora saquei a polêmica das “vaquinhas bonitinhas”!!! hahhaha!!!! Olha, toda forma de arte é válida, mas é preciso que a arte seja apreciada por um povo que tenha acesso a muita cultura, educação e saúde de primeira, sem falar em comida farta na mesa. Não reprovo o investimento na arte, desde que as prioridades sejam os fatores que citei anteriormente. Esse mundo perfeito nunca vai existir (ou vai?) e é por isso que vivemos nesse planeta tão repleto de contrastes de todos os tipos, cujo mais triste é o social.

    Parabéns pela ótima matéria!

    Curtir

  4. sinceramente. podemos ver por 2 lados: as vaquinhas são bonitinhas, charmosinhas, e deixa a cidade bem colorida e dá um certo prazer ver tudo isso, mas dai custar 25 mil cada uma, é muita grana. tá sobrando grana na secretária de cultura né? enquanto na saúde tá faltando, na educação tá faltando, e por ai vai. acho que seria mais interessante e justo investir parte desse dinheiro em projetos sociais, prá tirar esse bando de crianças que estão perdidos com as drogas.

    Curtir

  5. vergonha…Gastar dinheiro com essa palhacada….se bem, q se nao roubar com as vakinhas, roubam com o multirama, com as rodovias, com os funcionarios Ghosts…etc

    Curtir

  6. Weber essas vaquinhas são ate engraçadas mais eu não concordo que o dinheiro seja usado de forma errada, o bem da população vem em primeiro. Essas vaquinhas estão saindo muito mais caro do que o que se diz. >…<

    Curtir

  7. A Arte de Deo C’sar é linda, ambos os desenhos estão incríveis.

    Já sobre a CowParede isto é bem relativo, achei a ideia legal, mas talvez esteja acontecendo na hora errada.

    Curtir

    1. O problema da Cow Parade é o valor gasto num momento tão tenso na política goiana! O estado e o município estão passando por vários problemas, inclusive na área de cultura e educação, com greves e falta de infraestrutura. Esse valor podia ser melhor aproveitado se fosse investido em outros meios artísticos!

      Curtir

  8. Meu Deus! Que traço, que texturas, que ARTE !!!!!!! Descordo que a arte não comunique… na verdade, a troca de intenções entre o que o artista mostra e o que o expectador percebge (mesmo que séculos depois), é sim uma comunicação. Comunicar não é só trocar mensagens objetivas, é também passar sentimentos, mesmo que eles cheguem no outro com um significado diferente. Esyes desenhos COMUNICARAM MUITO !!!!!

    Curtir

    1. Realmente, Pablo… A ilustração comunica com nossa mente, diferente da Arte que comunica com nossa Alma… E isso é muito particular pra cada um. Vai saber o que lhe tocou quando viu minhas obras… Também fiquei na curiosidade..r.s

      Curtir

  9. Muito boas as artes do César!
    E em Porto Alegre essa “Vaca Parada” tb já passou (2010 eu acho)… No último Natal Luz de Gramado, na serra gaúcha, teve algo parecido com vea… er… renas!

    Curtir

    1. Sabia!!! Sabia que meu amadíssimo amigo de 40 mil anos de conhecimentos literários (conhece de quadrinhos & livros , muito antes da invenção da escrita! rs) ia sacar que esse cara é “a cara”do Ben Urich! Se liguem fãs de Homem-Aranha e Demolidor!

      Curtir

  10. A “Cow Parade” já esteve aqui no Rio de Janeiro umas duas vezes que eu lembre (podem ter sido mais), a última foi ano passado, nossa, muito legal isso. Pena que nunca fiz fotos! Tenho um macaco fotógrafo e nunca usei seus “skills” para isso…

    Deo C’sar… Deus é testemunha de como me seguro desde a primeira semana dessa nossa coluna de “ARTE” (e as esculturas e pinturas nelas de vacas estão inclusas na categoria, lógico) para não postar esses dois “espetáculos” no papel que você produziu. Não me canso de ver na comunidade do Santuário como tem gente talentosa ali dando sopa. E você meu caro é um dos mais preciosos!

    Curtir

  11. Eu chego no meu trabalho na noite de domingo para segunda esperando abrir o site e encontrar arte de quadrinhos e o que vejo? Algo muito além das minhas expectativas, meus parabéns rapaz, sua arte é um presente para a vista, não sei dizer qual dos dois “quadros” me emocionou mais, verdade…Teria sua arte na parede de minha casa facilmente!

    Curtir

  12. Nossa, muito bom! *-*

    E essas Vaquinhas são um charme. Mas deviam prender esse policial por abuso de incapaz XD

    Curtir

    1. Bruxinha te entendo, mas se essas bovinas forem maior de idade, é com elas mesmo…fora que conheço várias vacas e alguns “touros” que iam amar estar no lugar daquela “colega” ali !!! 🙂

      Curtir

  13. Deo, não sei se ilustração é arte, mas o que eu vi aqui é arte, sim!
    O que me toca é arte, e seu trabalho me desperta emoção. Diferente da impressão que vai causar em outrem, se vai explicar ou confundir. É tudo muito especial, lindo e instigante.

    E, Weber, como bom taurino só quero registrar:

    “Vaca Profana põe teus cornos,
    Prá fora e acima da manada”!

    Caetano Veloso em VACA PROFANA na voz de Gal Costa!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s