Hey Doug! Ho hoh!

Por Rodrigo “Saudades dessa época” Broilo

Querido Diário…

Frase clássica não? Você já deve ter ouvido, lido e/ou escrito centenas de vezes. Era assim que Douglas “Doug” Funny nos contava as suas peripécias de um jovem e sonhador garoto de 11 anos. Qualquer semelhança com qualquer jovem de qualquer idade não foi e nunca será mera coincidência.

Doug foi criado pelo canal de TV americano Nickelodeon em 1991 sendo exibido até 1995, até a série ser adquirida pela Disney em 1996, que apesar de algumas mudanças em alguns personagens, manteve-se fiel ao espírito da história (apesar de muita gente discordar). No Brasil, a fase Nick passou na TV Cultura e a fase Disney no SBT, inicialmente dentro do TV CRUJ.

De criação de Jim Jinkins, Doug seria inicialmente um livro, Doug Got a New Pair of Shoes, com a parceria de Joe Aaron, que nunca foi lançado, mas virou uma série de relevante sucesso. Doug foi o primeiro cartoon do canal Nickelodeon.

A série se passa na cidade de Bluffington, para onde Doug e sua família se mudaram logo de início.O mote do desenho são a vida e as imaginações de Doug, todas registradas em seu diário, trabalhando quase sempre o episódio como se fosse um flash back. As aventuras do inventivo Doug se passavam ao lado de seu inteligente e musical cachorro Costelinha, seu fiel e azul amigo Skeeter Valentine, o amor de sua vida Pati Maionese, a rica e esnobe Beebe Bluff, seu inimigo e valentão da escola Roger Klotz. Além é claro da inteligente Connie Benge, que tem uma queda por Doug; os gêmeos Al e Moo Sleech; o excêntrico aluno de intercâmbio Fentruck vindo da distante Iakistônia; o vice-diretor da escola, Sr. Lamar; e os vizinhos Sr. e Sra. Dink.

A família de Doug conta com sua irmã “alternativa” Judy, com quem Doug tem constantes atritos, seu pai e sua mãe, e, a partir da fase Disney, com a pequena Cleópatra Motoneta. Só o nome já é um caso a parte.

Uma das características mais bacanas, e santuarísticas, de Doug é que ele é um ótimo desenhista. A maior parte de suas histórias vira enredo para o seu super-herói, o Homem Codorna. Tanto que até seus amigos servem de inspiração, como Costelinha para o Cãodorna e Skeeter, para o Mosquito Prateado, livremente inspirado no Surfista. Mas Doug, às vezes, pode ser um agente secreto, como James Bond, ou um aventureiro, como Indiana Jones.

Outro tema recorrente da série é o amor de Doug por Pati. Alguns episódios são focados inteiramente nisso, mostrando tentativas de Doug para se aproximar de Pati, ou de tentar evitar que ela descubra seus sentimentos.

O uso de cores incomuns e de sons que se tornaram clássicos para algumas infanto-adolescências (tik-tik-pah tik-tik paaaaaah, ou algo parecido) também são características desse desenho, em ambas as fases, tanto Nick como Disney.

Aliás, a fase Disney é polêmica por ter mexido no visual e na história de alguns personagens como o cabelo de Pati, o fato de Connie emagrecer, Roger mudar o cabelo e ficar rico, Skeeter perder sua camiseta a lá Flash, entre outras.

Doug virou filme, games, e uma série de produtos promocionais. Até musical. E se você assistiu, óbvio que você imitava o Skeeter com seu: “Hey Doug, Ho hoh!”.

Bateu a saudade? Fica com uma das aberturas.

Anúncios

17 comentários sobre “Hey Doug! Ho hoh!

  1. Doug é muito legal, assisti muito quando criança. A abertura é demais e as histórias do Homem Codorna são muito engraçadas. É um dos melhores desenhos do passado com esse tema (adolescência) que já não é mais explorado tanto pelas animações atuais.

    Curtir

  2. Lembro de assistir esse desenho no extinto TV Cruj. Realmente era muito bacana.

    Quanto a mudança Nick-Disney, a única coisa que não gostei muito foi da troca do dublador brasileiro do protagonista (na série da Nick era o Sérgio Ruffino e na fase Disney passou a ser o Fábio Lucindo).

    Curtir

  3. nostalgia em níveis extremos !! cara que saudades desse desenho, lembro até hoje
    da musica dos Bets: WHO-I-OU MINGAU MATADOR !!!! huauahuah

    Curtir

  4. Parabens pelo post, toda vez que chego da sala de aula morto, louco hehehe tento ligar na tv cultura para ve se consigo assistir. E um otimo desenho, as crianças de hoje precisam de desenhos assim.

    Curtir

  5. Adorei, 😉
    Achava Doug um desenho muito cativante e inteligente. Diria até mesmo que um dos MELHORES da tv mundial, mesmo a fase Disney, que foi um (reboot) dele, teve diversos méritos. Já era um moleque ex teen mas parava pra assistir fácil. Fico feliz com a lembrança que você nos proporcionou! E falando de personagens carismáticos e uma história legal, que tal dar uma chance para a web série MERCENARY CRUSADE ??? Aqui vai o link da primeira e segunda temporada (ainda em andamento) 🙂

    Primeiro Capítulo:
    http://kaplanprojectcomics.com/player/view/pt/1_temporada/
    Segundo Capítulo:
    http://kaplanprojectcomics.com/player/view/pt/1_temporada/episodio_2_-_a_estatua_do_senhor_de_gal-ata/

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s