Fantasia a qualquer custo!

Por: Fátima Ventapane Lopes

“Talking to my own buttons”

Esse desenho é uma fan-art do Pinocchio. Ele faz parte de uma série inspirada nos meus filmes favoritos da Disney. Enquanto eu estava desenhando-o tive a idéia de fazer uma brincadeira, colocando elementos de costura no desenho. Depois que a ilustração já estava toda pronta, decidi que esse nome seria bastante apropriado!

A técnica utilizada foi mista, como em grande parte dos meus desenhos. Comecei esboçando tudo a lápis e durante esse processo as ídeias costumam ir surgindo! Dificilmente quando começo um desenho tenho certeza absoluta de como eu quero o resultado final. Por isso o esboço me ajuda muito a ter uma noção mais clara de como eu gostaria que ficasse. Depois do desenho concluído, fiz apenas algumas correções para que pudesse ir para a próxima etapa. Decidi finalizá-lo com caneta nanquim (utilizei algumas espessuras diferentes). No cabelo e nos sapatos utilizei um marcador mais grosso para poder alcançar o preto chapado com mais facilidade. Após isso, escaniei o desenho e pintei o fundo no photoshop, utilizando alguns brushes diferentes de tinta/aquarela, etc. Ao mesmo tempo, aproveitei para fazer alguns ajustes finais, como cor, contraste e brilho.

 “Corpse Bride”

‘’Corpse Bride’’ (ou ‘’A Noiva Cadáver’’) é uma fan-art do filme, uma animação em stop motion produzida pelo Tim Burton. Basicamente o que me levou a querer fazer uma fan-art da Noiva Cadáver  é o fato de gostar muito do estilo visual do filme e ser fan do Tim Burton. Quase tudo o que ele produz costuma me inspirar bastante!

Nessa ilustração também utilizei uma técnica mista. Inicialmente, fiz o desenho a lápis. Decidi finalizar grande parte com caneta Bic comun (azul, vermelho e preto). Escohi a caneta Bic porque ela costuma ser muito boa para fazer as hachuras e eu queria utilizar muitas hachuras nesse desenho. Desde a primeira vez que pensei em fazer uma ilustração da Noiva Cadáver, tinha quase certeza de que o cabelo dela seria uma boa oportunidade para utilizar Bic comum azul, já que em desenhos anteriores eu havia utilizado apenas a preta. Nos olhos, além da esferográfica também utilizei uma caneta naquim mais espessa para as partes mais escuras. Depois disso usei giz pastel para dar a tonalidade azul no rosto e no pescoço. O último passo, como sempre, foi fazer os ajustes finais de cor no photoshop.

  “My hat”

Para fazer esta ilustração me inspirei em algumas coisas distintas. Para o chapéu me inspirei no chapéu do Chapeleiro Maluco do filme “Alice in wonderland”, também produzido pelo Tim Burton. Apesar disso, não considero essa ilustração uma fan-art, já que o foco não era esse. Assim como em outros desenhos meus, coloquei uma borboleta. Gosto de desenhar borboletas porque é como se elas conferissem um aspecto mais livre e mágico aos desenhos. Considero como se elas pudessem representar sempre uma nova possibilidade ou acontecimento positivo, esperança… talvez as veja como portadoras de surpresas boas. Sobre o cabelo, sou viciada em desenhar cabelos, eu acho! Gosto de deixar esse desenho para que seja interpretado livremente pelo simples motivo de poder ser ou significar muitas coisas para mim. De qualquer forma, talvez exista uma menina de costas ou talvez não, nunca terei certeza a respeito disso! Talvez esse chapéu esteja perdido em uma cabeça errada, esperando ser encontrado pelo seu verdadeiro dono. Acho que realmente não tenho certeza sobre nada, e apesar de ter colocado o nome do desenho de ‘My hat’, esse chapéu não é meu também! A única coisa que eu sabia quando esbocei o desenho é que eu queria um resultado que misturasse fantasia, sonho e magia. Quase sempre tento empregar, de alguma forma, esses elementos nos meus desenhos. Busco incessantemente que eles possam despertar algo relacionado a isso. Considero que talvez essa seja a minha maior batalha quando faço uma ilustração!

Sobre a técnica utilizada, mais uma vez, foi mista! O desenho foi feito a lápis e finalizado em nanquim, bic preta e marcador cinza. As mechas de cabelo foram feitas com bic comum preta . Já no chapéu, eu misturei (utilizei tanto bic, como nanquim e o marcador cinza). Finalmente escaniei o desenho, e assim como no Pinocchio, eu pintei a parte colorida no photoshop, utilizando variados brushes.  Depois disso, mais uma vez, parti para os ajustes finais da imagem!

Anúncios

23 comentários sobre “Fantasia a qualquer custo!

  1. Adorei o seu trabalho!!! As ilustrações são de uma criatividade e subjetividade impressionantes. Confesso que quando comecei a dissecá-las, automaticamente, fui envolvido por aquela atmosfera presente em Sandman.

    Parabéns, Fátima!!!

    Curtir

  2. Todos esses desenhos são de uma beleza com gosto de infância e inocência, ao mesmo tempo que também possuem seus mistérios, fazem a gente viajar, são como um sonho que se teve quando criança ou um convite a alguma aventura ainda por vir… lindos demais… só posso dizer duas coisas: parabéns pelo talento e obrigado por nos brindar com ele…! =)

    Curtir

    1. Muito obrigada pelo gentil comentário! Fico feliz que meus desenhos tenham despertado essas sensações !!! Trabalho tanto por isso! Valeu mesmo. 🙂

      Curtir

    1. Obrigada!!!
      Na época em que desenhei o ”My hat” eu fiquei muito em dúvida. Não sabia que combinação de cores utilizar. Acabei fazendo algumas versões por causa disso. No final, resolvi utilizar 4 delas (2 mais coloridas e 2 mais neutras).

      Curtir

    1. Obrigada Leticia 🙂
      Muitas vezes acabo mesmo escolhendo usar um clima meio sombrio. Também sou meio viciada nisso! Por isso sou fã do Tim Burton!!!

      Curtir

  3. Fátima, desde a primeira vez que vi na net uma de suas artes foi imediatamente arrebatado para a legião de fãs que se dobram diante de suas ilustrações, cada uma mais mágica e espetacular que a anterior. Você não tem o direito nunca de parar de produzir o seu trabalho e aguardo com muita alegria uma imensa exposição dele algum dia, com toda a pompa e circunstância que merece! Parabéns!!! 🙂 😉 🙂 😉 🙂

    Curtir

    1. Muito obrigada!!!!!! Isso é um grande estímulo para continuar produzindo e estudando. Pode deixar, não vou parar! Tenho muito o que testar e estudar ainda. Um dia, se acontecer uma exposição juro que você ficará sabendo!!!! 🙂

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s