X-MEN – ESSES FABULOSOS & SURPREENDENTES

por Venerável Victor  “Espetacular Tratador de macacos”  Vaughan

Uncanny X-men #17   SPOILERS

Capa de Mike Del Mundo

O arco envolvendo o vilão Senhor Sinistro chega ao fim nessa edição mostrando o confronto final entre os Cinco Fênix, mais seus amigos, e o geneticista do mau e seus clones de Madelyne Pryor. Por causa da natureza caótica e sem sincronia absoluta das publicações da editora, essa história se passa antes dos vários mutantes imbuídos do perder cósmico serem derrotados na saga Vingadores VS X-men, portanto, todos os cinco ainda aparecem aqui. A ação também acontece antes dos hospedeiros X-men se tornem totalmente insanos e seria uma boa teoria imaginar que os eventos que aconteceram nesse arco, seriam os catalisadores de todo esse descontrole. Mas provavelmente tudo isso não passa de especulação dos leitores e o escritório da Marvel não leva isso como oficial, já que as várias equipes criativas decidiram por cada uma tratar as conclusões e consequências da mega saga da sua forma particular em cada título.

Kieron Gillen & Daniel Acuña

Como os devotos e leitores da revista devem se lembrar, na edição anterior os Cinco Fênix montaram um ataque à fortaleza de Sinistro com a certeza de que o seu poder imenso seria o suficiente para derrotá-lo. Resumo da ópera: não foi bem isso que aconteceu e agora eles são prisioneiros do vilão. Os mutantes da equipe não fortalecidos pelo poder cósmico: Magneto, Tempestade, Perigo e Psylocke engendram uma missão de resgate, mas qual a chance de que eles terão contra o Senhor Sinistro, se a Força Fênix falhou? A resposta é que eles conseguem criar uma distração por tempo suficiente para que a própria criatura cósmica, a Fênix, entre na disputa e concerte toda essa confusão. Aqui se tem a oportunidade de ver a mutante Psylocke mostrando todas as suas habilidades ninjas.

É notório que essa revista está chegando ao seu cancelamento com o arco envolvendo seu principal antagonista. Obviamente esse não é o fim do vilão e provavelmente no futuro, quando novos roteiristas forem trabalhar com esse personagem, agora remodelado pelo talentoso Kieron Gillen, ele não será mostrado jamais em sua antiga e risível versão anterior.

Em termos de trama, o único roteiro inteiramente desenvolvido nessa revista que ainda não teve seu desfecho é o conflito com o alienígena UNIT, que foi criado na série de vida curta: S.W.O.R.D. e teve novamente a chance de figurar aqui nessa revista. Será que sua trama com a equipe vai ser resolvida apenas com a solução de que ele já aprendeu o que podia no nosso mundo e no conflito com a Força Fênix e decidiu partir pelo espaço em busca de novos conhecimentos? Em Kieron Gillen vale a pena ter a fé que o escritor achará uma maneira de fechar essa trama de forma mais divertida.

O Senhor Sinistro nunca foi tão bem desenvolvido em seu potencial desde que foi criado por Chris Claremont e Marc Silvestri nos anos 90 do século passado. O Poder da Fênix foi retratado de forma violenta e devastadora nesse título e trás a tona para quem não acreditava, o quanto esse pássaro de fogo pode ser perigoso. O fim do arco pode ter sido um pouco Deus ex Machina, mas em nenhum momento pareceu ridículo ou deixou os fãs na mão. Aqui tivemos grandes momentos.

Astonishing X-men #53 SPOILERS

Marjorie Liu & Mike Perkins
Capa de Dustin Weaver & Rachelle Rosenberg

A roteirista e gata Marjorie Liu continua trabalhando o seu primeiro arco nessa edição de Surpreendentes X-men. Como os leitores puderam ver na edição anterior, a mutante Kharma está sob o controle de Susan Hatchi, que dirige uma imensa companhia de nanotecnologia. Wolverine foi explodido no mês passado, mas o seu fator de cura tem sido tão superestimado nos últimos anos (saudades da fase de Madripoor, onde ele levava semanas se recuperando de agressões muito mais simples) que ter uma bomba detonada na sua barriga não trás mais chateação que uma azia para o baixinho canadense. Esse capítulo utiliza um tempo considerável para mostrar que a tecnologia dessa estranha empresa desenvolve, é um trabalho tão avançado que até mesmo o Fera se impressiona ao analisá-la. Depois disso descobrimos que a Senhora Hatchi é muito mais do que os olhos podem dizer.

Quadrinhos são produtos de sua era. Quando Lex Luthor apareceu pela primeira vez nos anos quarenta do século passado, numa América que passava por uma fase centrada nos avanços científicos, ele era simplesmente um cientista louco. Quando o careca foi reimaginado na era moderna ele se tornou um grande empreendedor. O mesmo está acontecendo atualmente com o Dr. Silvana, antigo antagonista de Shazan. Recentemente vários vilões da Marvel têm sido pintados como terroristas. Então é interessante que agora que a economia dos Estados Unidos assim como da Europa não andam bem das pernas, Liu tenha como principal vilã da revista uma mulher de negócios. Importante dizer que ela é uma mulher em uma posição de poder, em um universo que por décadas tinha sido de hegemonia masculina, mais uma vez os quadrinhos sendo reflexo da nossa sociedade.

Claro que por muitos anos a indústria da nona arte era feita por homens desenhando para o consumo de outros homens e garotos. Então não é nenhum espanto ou novidade que a grande maioria dos personagens femininos sejam retratados com seios enormes (paixão nacional do USA), principalmente as heroínas, esse é com certeza o super poder mais comum de todos. Não vamos comentar sobre os uniformes ridículos porque, mais uma vez, fazem parte da cultura de como os super heróis evoluíram no ocidente. Entretanto esse tipo de figurino, apesar de lindo e ela estar podendo vestir, faz mais sentido numa premiação da MTV. Mas se a intenção dela for conquistar a audiência de investidores, ela deve saber o que faz.

Desde o início, Marjorie Liu continua seu ótimo trabalho em explorar o relacionamento do Estrela Polar e seu marido Kyle. O antes e o depois das conversas que eles têm, após Jean Paul encarar uma missão, são um retrato muito realista do diálogo entre um casal composto por um super humano e uma pessoa comum. É totalmente possível imaginar esse tipo de conversa entre policiais e suas esposas ou soldados e seus maridos.

A arte de Mike Perkins continua sólida e realista, mas ele tem a tendência de usar muito sombreamento nos seus quadros, as vezes causa estranhamento. Dito isso, ele faz um grande trabalho no primeiro encontro dos X-men com a vilã empresária, a cena não tem ação, mas entre os olhares bem desenvolvidos de todos é possível sentir toda a tensão do momento.

A coisa mais surpreendente desse título é que Liu retrata essa equipe de forma independente. Eles não lidam com ameaças mutantes, essa revista não toma parte no evento Vingadores VS X-men, provavelmente a ação aqui se passa depois da saga. Essa é uma abordagem muito mais particular de como esses heróis lidam com suas vidas e responsabilidades quando não estão dando aula ou trabalhando nos seus grupos oficiais. O melhor de tudo? Não se pode prever como esse arco de histórias vai acabar e isso é surpreendente!

Anúncios

36 comentários sobre “X-MEN – ESSES FABULOSOS & SURPREENDENTES

  1. É bom saber que estão explorando o relacionamento do Estrela. Cheguei a considerar que queriam apenas estardalhaço.

    Quanto à arte do Acuña, não está agradando mesmo a mim. Mas, aparentemente, pode ser devido ao arte finalista.

    Curtir

  2. Fabulosos X-men é um título que continua valendo a pena ler, é uma pena que Gillen foi obrigado a ficar preso a AVX, pois se ele tivesse a liberdade necessária teria feito muita coisa bacana, isso se percebe no fato de mesmo não tendo como se desvenciliar de AVX ele entrega todo mês boas histórias aos fãs do mutantes.

    Curtir

  3. Hummmmmm?????? No melhor estilo Piu Piu: Eu acho que vi uma Kwanon!!!! Eu sei que vi uma Kwanon!!!!! Tá certo que aquilo foi tosqueira, mas o Gilles deve ter pirado na batatinha na época!!!!! E quanto a Liu?? Pormais criativa que seja tem aquele ditado: Pode quem manda, obedece quem tem….. Ahhh deixa pra lá!!!!! Como escreveu uns 20 anos atrás Lee Marrow:”Love is The Message” (pro casal mais simpático da atualidade. Só perde prá mim e prá minha esposa!!!) e na sequência da batida Liu diria: Do You Want me baby, honey. Do you need me baby, eé honey. Do you want me baby éée! Let s Let s. Let s go. Mas tem que ser assim. Pagando um miquinho aqui, outro lá, mas trazendo o que você gosta.
    Tá bom Marjorie. Prá quem um dia quis autógrafo do Liefeld isso é mais que normal. E a vida segue assim, amiguinhos!!!!!!!!!

    Curtir

  4. Wolverine esta se tornando o ser mais poderoso da marvel, já não basta sua onipresença em quase todos títulos, agora o mega fator de cura. Não posso chutar muito pois curto o personagem, na verdade curtia, o meu Wolverine ficou para trás, numa época menos comercial, mais coerente e com historias em quadrinhos que nos emocionavam pelo seu conteúdo.

    Curtir

    1. Viagem no tempo é possível aqui na Marvel, Anderson! Vamos voltar para essa época? Eu tenho mesmo muitas curiosidades científicas para realizar, essa viajem viria bem a calhar!

      Curtir

  5. Essa revista Fabulosos poderia ter sido muito melhor se não fosse essa saga horrorosa da editora, por isso mesmo que estou feliz em acompanhar a Surpreendentes! Nada de envolvimento com a cronologia! E os personagens que fazem parte da equipe? Amo todos! Make MIne Marvel!!! 🙂

    Curtir

  6. A arte de ambas é muito boa, os artistas estão de parabéns. O Daniel Acuña possui um traço diferenciado, gostaria muito de conhecer um pouco mais do seu trabalho. E a Marjorie Liu (uma gracinha, venhamos e convenhamos) também está de parabéns, continua firme e forte no número. O casinho do Estrela Polar anda quentíssimo, coisa boa de se ver, ou não. rs

    Curtir

  7. De Uncanny X-Men não vou falar. Não sigo, não quero seguir e tenho raiva a quem segue!
    ahahahhahah 😀
    Agora a sério… é muito confuso para o meu gosto!

    Astonishing X-Men tenho seguido desde o início (Whedon) e só me falta a parte de Marjorie Liu. O bom que esta série tem é que não é afectada (acho que nunca foi) pelos eventos e crossovers da Marvel. Assim conseguimos ter histórias mais coerentes, embora estanques do resto. Eu prefiro assim e por isso mesmo vou seguindo Astonishing X-Men!
    😉

    Curtir

  8. Cara, o nível das artes está cada vez melhor, mesmo as capas mais ou menos de hoje em dia dão de MIL nas melhores dos anos 90 e começo dos 2000, graças à evolução tecnológica, à Image e ao alinhamento dos planetas!

    Essas duas capas aí são de tirar o fôlego! E a cena do Estrelinha Polar com seu cônjuge tinha que viajar no tempo, pra chocar o mundo na década de 50 kkkk !!!!!

    Curtir

  9. Dobradinha mutante? Por um acaso você se rendeu totalmente para a Casa das Idéias, abandonado a ideia de resenhar os títulos que escolheu da Distinta Concorrência, ou a DC não produziu nada que merecesse ser resenhado ao lado de um título da Marvel aqui, como de costume, Venerável? Eu tenho acompanhado essas duas revistas, gosto desses dois roteiristas, e apesar de serem arcos legais, me parece que nenhuma dessas passagens serão memoráveis, porém, mesmo no futuro, serão vistas com respeito.
    Até que o Wolverine abandone a carreira de homem múltiplo e vá servir sopão para homeless… MAKE MINE MARVEL !!!!!!!!!!

    Curtir

  10. De fato o fator de cura do Wolverine está passando dos limites…qualquer dia o cara sobrevive a uma explosão nuclear!O decote da vilã tá chamativo mesmo,não faltarão investidores…hahahahaha!Texto muito bom,Venerável!

    Curtir

  11. As HQ da Marvel me conquistaram por essa visão mais realista do dia-a-dia dos heróis! Uma pena que nem todos os roteiristas tenham o talento de criar diálogos realmente inteligentes! Sou xonado pela DC mas com tantas crises, rebbots e o diablo aquático eu perdi muito do tesão que tinha pela editora! Sagas cósmicas, porrada sem motivo real, vilões que querem conquistar o mundo… é tão clichê que nem me seduz… Geralmente compro gibis pelo trabalho do desenhista ou por indicação do Santuário. Assim evito maiores decepções!

    Curtir

  12. EDITORIAL SANTUÁRIO:

    Essa é a semana de aniversário do SANTUÁRIO, portanto, algo especial foi preparado para vocês devotos, começando por:

    segunda, com a arte maravilhosa de ELIEL RIBEIRO.

    Quarta: Mais um capítulo de Santuarium & uma matéria em homenagem ao aniversário de JACK KIRBY!!!

    Quinta: Esquentando os motores para o aniversário do site, matéria e entrevista surpresa!

    Sexta: ANIVERSÁRIO DO SANTUÁRIO , com a SEXTA BENDITA!!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s