Marvel & Caverna do Dragão, a PRISÃO SEM MUROS

Por Venerável Victor  “Man Monkey”  Vaughan

Como um “True believer”  do bom e safado Stan Lee, o universo da Casa das Idéias não poderia estar ausente no nosso Santuário. Inspirado por duas matérias interessantíssimas do nobre colega sacerdote Henry Garrit, uma sobre Caverna do Dragão (D&D) e a última sobre o fantástico Monstro do Pântano me senti na obrigação de fazer o que mais gosto de fazer –  assim como  beber coca-cola e cuidar de macacos, além de  uma série de coisas que não posso mencionar aqui, pois envolvem fetiches –  mostrar as ligações existentes entre diversos universos e mídias!

Mas o que Caverna do Dragão tem em comum com quadrinhos? Ora… a editora de Stan Lee era uma das produtoras do desenho. Curioso que os sobrenomes dos garotos homenageiam personagens icônicos da DC… mas fetiches a parte, além de diversas referências aos monstros do jogo D&D que co-produzia a série, o Tiamat, o Observador, os Orks e tantos mais, no episódio sete da primeira temporada, batizado de Prisão sem muros, temos uma referência visual forte a um clássico da Marvel que estreiou em Savage Tales – revista de terror e ficção que vendia horrores e era o carro chefe da editora muito antes da era dos heróis  – de maio de 1971 e viria a “inspirar” a criação de seu concorrente “pantanoso” na DC, dois meses depois: eu estou falando do… Homem-Coisa!

Nesse episódio de “D&D”, O Mestre dos Magos envia os garotos para um vale onde moram gnomos. Ao chegar, eles descobrem que os gnomos foram escravizados pelo Vingador, que os obriga a trabalhar na mineração de pedras místicas. Para liberta-los, os garotos precisam procurar por Lukion, o feiticeiro cuja magia protege o vale dos gnomos por séculos, Lukion  esta aprisionado em uma prisão sem muros. Mas que raios de prisão era esta que não tinha muros? –  perguntavam os personagens. Neste ínterim eles são atacados por um monstro horrível no Pântano das Lamentações, lutam e fogem. No decorrer da história descobrem que este monstro nada mais é do que o mago que estavam procurando, ele estava naquela forma porque foi enfeitiçado pelo vilão Vingador. Ou seja, a prisão sem muros era na verdade a forma monstruosa em que ele se encontrava e não conseguia dela se libertar. E advinha com quem essa criatura se parece???

Não sou partidário dessa richa entre os fãs das duas editoras, adoro ambas, procuro é me encantar com boas histórias apenas e confesso que é visível as dezenas de imitações de personagens que o Lee fez de criações da DC…mas no caso do Monstro do Pântano do veterano Len Wein, por mais maravilhoso que ele seja, o “trombudo”  da Marvel é o original dessa vez.

Criado por Stan Lee e Roy Thomas, o Homem-Coisa é uma criatura empática de olhos vermelhos, porte enorme, movimentos lentos, vagamente humanóide e que vive nos Everglades na Flórida perto da reserva Seminole. A série é considerada um clássico e tem seu próprio culto! Influenciou escritores como Neil “Sandman” Gaiman   que posteriormente veio a escrever o Monstro do Pântano, para a DC Comics. Mas quem é essa coisa???

Na obra de Lee, O bioquímico Theodore Sallis foi contratado pelo governo para desenvolver um soro que tornasse os soldados resistentes às doenças, para estarem protegidos em caso de uma guerra biológica. Ted conseguiu desenvolver uma fórmula funcional, mas que tinha como efeito colateral transformar as cobaias em monstros. Por causa disso, o governo enviou o cientista para uma base secreta situada nos Everglades, com o objetivo de aperfeiçoar a fórmula e criar uma nova versão do soro do super-soldado, semelhante  a que  criou o Capitão América.

Quando estava quase para obter resultados, a base foi atacada por uma unidade terrorista com o objectivo de roubar a fórmula. Ted Sallis para impedir que a fórmula caísse em mãos inimigas, injetou-se com ela, sendo morto pelos terroristas e atirado para o pântano. Passado algum tempo, surgiu uma criatura de olhos vermelhos, formada por lodo e plantas, no local onde o cientista tinha sido atirado ao pântano. Esta criatura era uma simbiose do corpo e da alma de Ted Sallis com o próprio pântano produzida pela fórmula incompleta do soro do super-soldado.

O ser resultante dessa simbiose, o Homem-Coisa, é um empata com uma inteligência primária e sem traços de humanidade que queima com o seu toque as pessoas quando estas sentem medo. Quem conhece a origem do Monstro do Pântano já entendeu tudo agora, não preciso dizer mais nada… o Homem-Coisa ultimamente está sendo usado na série Thunderbolts escrita por Jeff Parker e diga-se de passagem, muito bem usado. Vale a pena conferir. Existe também um filme de 2005 feito pra TV, do trombudo.

Pra quem ficou com saudade do desenho  do Eric e sua turma e quer ver o episódio Prisão sem muros aqui está ele, vale lembrar que as  vezes as prisões da vida não tem muros, estamos aprisionados em pensamentos obscuros, idéias erradas, pensamentos fundamentalistas. Tudo isto na tola crença de achar que estamos livres, quando na realidade somos prisioneiros de nós mesmos.

Link para a matéria sobre Caverna do dragão aqui.

Mercenary Crusade

Anúncios

27 comentários sobre “Marvel & Caverna do Dragão, a PRISÃO SEM MUROS

  1. Pouco depois, o cientista sofreu um acidentende de automóvel e caiu no pântano . O soro em seu corpo, ao invés de transforma-lo em um supersoldado, reagiu violentamente com os elementos na água lamacenta. Algumas horas depois, quando saiu do pântano, Sallis não era mais humano, e sim, um monstro disforme composto de lama e matéria vegetal que não possuía mais inteligência humana e que passou a ser atraído pelas emanações emocionais das criaturas vivas. E assim surge o Homem-Coisa.

    Curtir

  2. As grades do condominio são pra trazer proteção, mas também trazem a dúvida se não é você que ta nessa prisão….
    Nossa a origem do Monstro do Pantano é quase igual a do Homem Coisa, Alec Holland você é um Plagio rs, mas o bichão da DC é muito melhor, é uma copia melhorada rs. Adorei o texto, me fez recordar meus dias de vagabundagem, onde so assista tv, comia e dormia, oh infancia boa rs

    Curtir

  3. Os piores muros são esses que não podemos ver, eles são construídos em torno de nós com seus tijolos de culpa cimentados com medo e receio, cobertos por conformismo e várias camadas da tinta da indiferença. O muro não existe, mas não conseguimos atravessá-lo. Fomos nós quem o construímos.

    Mas o que é isso… uma brecha? E aquilo do outro lado do muro… é de verdade? E se eu conseguir tirar esse tijolo… e mais esse… e esse outro… vou poder atravessar?

    Curtir

  4. Bem lembrado Victor!
    O Man-Thing teve um início prometedor mas foi abandonado passado algum tempo, o seu “amigo” Swamp Thing teve um sucesso muito maior por força dos autores que o faziam, e o Man Thing ficou de lado…

    Não conheço esses últimos desenvolvimentos nos Thunderbolts com o Man Thing, aliás, pensei que tivesse desaparecido mesmo!
    😉

    Abraço

    Curtir

  5. Esse desenho é maravilhoso! Como a Marvel não é boba nem nada, já estava envolvida com ele!Quem não brincou que era um deles quando criança? Eu e meus irmãos brincávamos, lógico que eu era a Diana (brava, destemida, corpão sarado) a Sheila era um sacoooooo. (só fazia sucesso porque era ruiva e todo nerd, desde Peter Parker até Stan Lee, são loucos por elas). 🙂

    Curtir

  6. Muito bom Venerável.
    Sempre pensei que aquele personagem ali parecia uma mistura do Homem-Coisa com o Monstro do Pântano hehe
    As histórias antigas do Homem-Coisa eram bem legais, mas não acompanhei ele nas novas histórias. De repente dou uma olhada nos Thunderbolts com ele:D Mas o filme pra TV é estupidamente ruim ehhehe Pau a pau com os filmes do Monstro do Pântano na lista de ruindade hehe
    E aproveitando, ainda espero um longa animado com o final da série heheh Nerd esperançoso heheh
    Baita texto como sempre meu.
    Abs

    http://www.palitosnerds.blogspot.com

    Curtir

  7. Gostei demais do post! Tratou de uma porção de coisas que adoro – a saber: os universos quadrinísticos da Marvel e da DC, o gênero de fantasia medieval, o desenho animado que adoro desde sempre e o RPG que lhe serviu de base – e as aproximou todas, além de terminar com uma reflexão a respeito das prisões sem muros!
    Também sou um believer do bom, velho e safado Stan Lee!
    Stan Lee, você não vale nada mas eu gosto de você!

    Curtir

  8. Caverna do Dragão: Demais!!!! Como eu tive infância e me acabava com a TV Globinho (porque colocaram essa porcaria da Fátima Bernardes na tela??? Coisa sem pé nem cabeça!!!!) sempre torci também prá ver essa “volta” que infelizmente nunca aconteceu!!!!
    Homem-Coisa: Dois momentos são marcantes no meu relacionamento com essa personagem: Superaventuras Marvel 17 (http://3.bp.blogspot.com/-IgJWVEX55vw/T8WAy_vg_wI/AAAAAAAAAdY/gBGvxwlln9g/s1600/SAM+%23+17+(01).jpg) onde é contada a origem dele (história curtinha mas muito bem contada e desenhada (a cara de sofrimento do Ted Sallis ao injetar o soro em si mesmo me vem até hoje a mente) e a fase que ele se envolveu com Franklin Richards (onde foi colocado que o Pântano onde ele vive seria um nexo das realidades e ele o seu guardião -como foi mostrado nas histórias de Heroes Reborn, e explorado melhor na mini-série Day Dreamers: http://images1.wikia.nocookie.net/__cb57089/marveldatabase/images/2/25/Daydreamers_Vol_1_2.jpg). Tá certo que esta última fase bastante influenciada por aqueles que um dia se influenciaram da criatura (o reverso da moeda!!!!!).
    Matéria bem escrita e que me levou anos e anos prá tras!!!!! valeu mesmo tratador e tamo aí sempre junto!!!

    Curtir

  9. Caverna do Dragão é uma animação que eu amava e amo assistir até hoje, e Prisão sem muros é muito bom.

    Quanto ao Homem Coisa ele é muito personagem muito bacana e ao mesmo tempo muito mal aproveitado, que penso eu, merecia um tratamento mais digno por parte da Marvel.

    Curtir

  10. Meu querido amigo ótima resenha, adoro a caverna do dragão e o monstro do pantano, com relação a plagio de personagens a marvel sempre foi campeã, mas respeitemos o homem – coisa é um puta referencial para grandes artistas e a vulgo-participação dele no episodio da caverna merece atenção um dos melhores episodios, e graças a ele não teriamos nosso querido allec aprontando as suas por ai e sua turmitcha como o constantine também poderia muito bem não existir, aguardando ansiosamente a resenha para Krull…

    Curtir

  11. Esse desenho “Caverna do Dragão” nunca perde a graça, não é? Curto muito o Homem Coisa, agora a pouco foi publicado uma mini dele com histórias novas e reimpressões de antigas, logico que li. O homem pode ser coisa, mas quem é uma “coisa” é o Stan Lee, uma coisa maravilhosa!
    MAKE MINE MARVEL !!!! 😉

    Curtir

  12. Gostei muito do texto,assim como gosto muito desse desenho,”Caverna do Dragão”!Eu pensava que o Homem-coisa era a resposta da Marvel pro Monstro do Pântano da DC e descobri que foi o contrário:O Homem-coisa veio primeiro,depois que o Pântanoso veio…

    Curtir

  13. Eu não sabia que tinha um filme do Homem-Coisa(=O)!!!! Vou procurar, e quanto ao post, meus parabéns Venerável, muito bom. Eu lembro vagamente desse episódio aí, vou assistir quando tiver mais tempo. E tantos nos quadrinhos quanto em outras mídias é evidente que a Marvel copia coisas da DC descaradamente, e vice-versa, são coisas comuns que acontecem e que os fãs de hq já se acostumaram, menos aqueles mais xiitas que brigam com o velho “quem é melhor”… coisa de criança.

    Curtir

  14. Nossa eu amo esse desenho ! “Primeiro contato” que tive com Dungeons and Dragons foi através dele. Adoro esse episódio, pois meu preferido é o Presto, aliás o único mago que estava”disponível” para quebrar o feitiço ^^

    “…Tudo isto na tola crença de achar que estamos livres, quando na realidade somos prisioneiros de nós mesmos.”
    Vou levar essa frase para a vida toda, rs.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s