NOVÍSSIMOS X-MEN #3 – “Ainda vai levar um tempo, pra fechar o que feriu por dentro”

PrimeiraImpressao_02

por Venerável Victor “tratador de macacos revolucionários” Vaughan

Img-de-CapaANX#3Ciclope continua a recrutar mutantes ao redor do planeta, você sabe para qual propósito realmente?

A última edição mostrou bastante os cinco X-men originais e os atuais residentes da nova Escola Jean Grey, mas agora Brian Bendis quis mexer um pouco com a cabeça dos leitores ao dedicar esse número atual totalmente para Ciclope e seu grupo de mutantes revolucionários. SPOILERS MUTÁVEIS

 X-men – criados por Stan Lee & Jack Kirby

Brian Bendis, Stuart Immonen & Wade Von Grawbadger
Brian Bendis, Stuart Immonen & Wade Von Grawbadger

“A viagem no tempo não é impossível, é apenas improvável!”

Perdidos no Espaço 

A velocidade dessa edição é menor que as outras ao passo que o roteirista dedica esse momento para desenvolvimentos significantes na trama. Esses mesmos desenvolvimentos servirão para a maior história a ser contada nessa revista, mas uma determinada revelação aqui pode fazer com que os cinco originais sejam uma ameaça muito maior para o Ciclope e Cia. dos dias atuais

capaalternativa#3ANX
Capa oficial e variante de All New Xmen #3

Ainda é algo confuso entender que um muito mais jovem e inexperiente Scott Summers possa ter alguma chance contra o homem que ele se tornou no presente, Bendis também está trabalhando com a ideia de que a Força Fênix de alguma forma modifica os poderes das pessoas que ela possui, causando aumento de força ou fraqueza. Esse é um belo conceito, mas Brian Michael também causa um “curto circuito” nos poderes de Magneto e a razão para incluí-lo nesse problema fica um pouco arbitrária, afinal ele não foi em nenhum momento hospedeiro da entidade Fênix.

X-men 2-Zone-002

A essa altura já sabemos que o Fera está tendo problemas com sua mutação e talvez possamos atribuir que isso também pode estar ligado com a Força Fênix, mas por outro lado isso parece estar sendo feito para dar para os cinco X-men originais e por extensão os X-men da Escola Jean Grey, uma chance de luta contra a revolução de Ciclope. Algumas vezes esses elementos funcionam, outras parecem um pouco forçados, como por exemplo o imediato desenvolvimento das habilidades telepáticas da senhorita Grey.

A escolha da nova base de operações de Ciclope é de uma inspiração maravilhosa por parte de Bendis. A cena do novo mutante a ir á público entre uma legião de humanos simpatizantes a ele é maravilhosa e a sequência entre Magneto e Ciclope é sólida e marcante. Esse último elemento é o que merece mais mérito, ao passo que as duas curiosidades anteriores foram escolhidas pelo autor como um gancho para um conflito maior, a terceira é realmente o melhor momento dessa terceira edição.

Apesar da caracterização de Magneto parecer um pouco inconsistente (alguns dirigiam que ele estaria sofrendo de distúrbio de personalidade bordeline) variando de passagens onde o Mestre do Magnetismo consola Scott e em seguida demonstra toda sua revolta para com ele e suas decisões questionáveis. Existe muito potencial nesse novo conflito para ser aproveitado.

X-men 2-Zone-014

Ciclope é um homem alquebrado emocionalmente, o que é compreensível por tudo o que o personagem passou nos últimos eventos. Mas ele está cada vez mais obsessivo e o roteirista não parece querer mudar isso tão cedo, o problema é não ficar chato ou perder realidade. Magia (a irmã de Colossus) tem sido a “motorista da rodada” ou de todas as “rodadas” de Ciclope e seus revolucionários, teleportando o grupo para onde quer que vão. Ser tão subserviente não condiz muito com sua personalidade e história, mas por outro lado ela está entretida com o fato de que seus poderes estão muito mais fortes após ter sido possuída pela Fênix e muitas vezes só está ali entre eles presente de corpo.

Mas é Emma Frost que Bendis inferniza mais. A fria e arrogante personagem perde toda a pose em uma explosão de ira, num diálogo para lá de emocionante com Scott Summers. Possivelmente nas edições seguintes a loira ainda vai aprontar bastante, deixando de ser a sombra de Ciclope que foi nas últimas histórias. Ninguém pode dizer que ao contrário do Jovem Ciclope e Anjo dos X-men originais, Brian Michael Bendis não conseguiu trabalhar maravilhosamente cada personalidade de todos os outros personagens dessa revista. O que provavelmente ficará mais difícil quando mais personagens participarem da trama ao mesmo tempo.

Stuart Immonem mais uma vez faz uma edição vibrante e linda. Seu estilo cinético de desenho é perfeito parar as sequências de ação desenfreada e expressiva nos momentos de diálogos e desenvolvimento da trama. Talvez por falta ainda de tempo, ela apareceu pela primeira vez agora, Emma Frost ainda não tenha sido mostrada como a mulher madura e sensual que é. Muitas vezes ela pareceu uma adolescente enfezada dando escândalo. Por fim, as cores de Marte Gracia fazem com que a revista seja uma aventura ainda mais inesquecível.

Nessa terceira parte de Novíssimos X-men, a revista parece ter seguido um novo caminho de caracterização. Com um maior aprofundamento nos conflitos dos X-men revolucionários. O Ciclope que vimos na primeira edição, seguro e forte abriu passagem para um homem desesperadamente precisando da ajuda de seus amigos.

X-men 2-Zone-018

Some a isso tudo toda a caracterização da mágoa e ira de Emma Frost para com o ex-amante que confiou e se sente traída – apesar dela mesmo nunca ter sido nenhuma santa – e um Magneto que deixou muito claro que não está satisfeito agora e de que é capaz de qualquer coisa, caso se sinta ainda mais prejudicado e essa revista comprova o sucesso que está tendo. No fim de tudo nesse mês? O confronto inevitável parece que chegou muito antes do previsto. Para quem você vai torcer?

Uma matéria muito legal: “As viagens no tempo e a estratégia mercadológica”,clique aqui!

Arte original da década de sessenta de Jack "the King" Kirby
Arte original da década de sessenta de Jack “the King” Kirby

S_Final

03

Anúncios

41 comentários sobre “NOVÍSSIMOS X-MEN #3 – “Ainda vai levar um tempo, pra fechar o que feriu por dentro”

  1. Uma pergunta… já não existem vilões intrinsecamente maus no Universo Marvel?
    Agora e desde a Civil War os heróis apenas lutam entre eles, os vilões tornam lutadores do bem, os bons afinal não são assim tão bons…
    Eu gosto de conflitos antagónicos, embora ache que toda a gente é um pouco cinzenta, isto é, nem toda a gente é completamente boa ou má, mas cai sempre para um dos lados.
    O problema agora na Marvel é que os vilões desapareceram! Ele é Vingadores vs Vingadores, Vingadores vs X-Men e X-Men vs X-Men.

    Eu quero um vilãozinho… vá lá… só um! Ressuscitem o Thanos please!
    😀

    Curtir

  2. Na minha opiniao, essa e a melhor entre as tres ediçoes que sairam agora….
    Agora vemos com uma amplitude maior o efeito da fenix nos X-men, de uma forma mais duradoura, e que afetara o futuro do grupo.
    Nessa ediçao, eu me perguntei realmente se fora a Fenix ou realmente Scott que fizera tantas atrocidades (como pude me perguntar isso?!). De qualquer maneira, Scott ”perde” dois de seus maiores aliados: Magneto e Emma Frost. Esses dois estiveram apoiando praticamente todas as palavras de Ciclope ate agora, mas entao eles se dao conta de que Summers nao e tao perfeito como eles costumavam a imaginar.
    Nessa revista, pela primeira vez em All New X-Men, eu fiquei curioso para saber o que acontecera…..

    Curtir

  3. All New X-men não é uma perfeição só, mas tem me agradado e penso que tem muita coisa boa por aí.
    Estou no aguardo da edição 4.

    Curtir

  4. Agora o bicho vai pegar daqui há quinze dias, façam suas apostas, malucos!! O Ciclope corno VS o Ciclope pré corno !!!! Ah, eu tô malucooooo!!!

    Curtir

  5. O grupinho do Ciclope é um doce (por assim dizer). Magia, Emma Frost e o Magneto? É muito bacaninha ver o Ciclope amadurecendo. Recebendo um pouco mais de respeito e atenção. Não sei se essa é uma boa ideia, mas muitas coisas aconteceram. Equipes foram formadas, personagens extintos e algumas histórias tomaram rumos inacreditáveis. Essa questão da possessão da entidade Fênix, causando uma série de dúvidas relacionadas a diminuição ou aumento de poderes, é um aspecto que pode ser usado com maestria, causando uma série de dúvidas agradáveis e necessárias.

    Curtir

  6. A primeira canção de abetrtura de Malhação como trilha sonora pra este número de All New X-men? Mais do passado que isso, só mesmo os X-men originais!
    Então haverá um confronto entre estes X-men revolucionários e os originais? O Scott de hoje lutando contra sua contraparte do passado?

    Curtir

  7. Eu fico preocupada com Ciclope pelo tipo de gente que ele se uniu… Magia? Emma Frost? Até o Magneto ali é o menos pior!!! No antigo time de Extinção a Tempestade era o elemento nobre, agora não existe mais isso.A coisa está feia e eu quero ver esses personagens bem.

    Curtir

  8. Cara…não tenho palavras pr descrever o que sinto lkendo isso, é como se eu mesm pudesse voltar no tempo e mostrar pra o moleque que eu fui como seria o futuro dos Xmen…. Emocionante, bem escrito, premissa incrível, inovador, UI !

    Curtir

  9. Já havia dito antes e continuo imutável (apesar de que o rpincipal aqui é ser mutante!!!!). Nessas abordagem os X-Men me parecem mais sombrios que na época do Osborn (apesar de não ter lido esta fase). Bendis arquiteta tudo com maestria e tudo leva a crer que a melhor saída será utilizar a sua “Caixa de Pandora”. Eu também li a matéria do outro link e acredito que as decisões editorais com o líder máximo dos X-Men desde de “Twelve” e a volta do Ciclope (onde houve a drástica mudança de personalidade). Não foram de todas certeiras. A derrocada principal veio depois da Dinastia M e “198 “. Onde se firmou os pensamentos atuais de Ciclope e tudo levar a crer que apagar essas imagens seja a melhor solução. O tempo vai dizer quem realmente “estava certo”, mas enquanto isso o melhor é observar.

    Curtir

  10. Eu achei as duas primeiras edições melhores que essa, mas foi mais porque queria ver mais dos jovens X-men do que os atuais, esse deve ser o motivo. Mas que estou achando essa a melhor publicação de Marvel Now… Com certeza! A equipe criativa está de parabéns, toda ela.

    Make Mine Marvel!!!!

    Curtir

  11. EDITORIAL SANTUÁRIO:

    Segunda – Novíssimos X-men #3

    Terça – Aquaman

    Quarta – Pagando por Sexo e Uma Análise Sobre Tradução de Kill Your Boyfriend.

    Quinta – O HOBBIT – Pré estréia

    Sexta – Liga da Justiça Dark

    Sábado – O Quarto Mundo de Jack Kirby

    Domingo – Surpreendentes X-men
    TRAVIS

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s