OS INVICTOS – O Evangelho do Tempo.

_0011_Quintessencia

552893_10200335977903756_1696102759_nO Santuário orgulhosamente apresenta a resenha de “Os Invictos – Gênese” minissérie em 3 partes de Rafael Tavares (roteiro) e Renato Rei (arte).

Por Rodrigo Garrit

Contém spoilers revelações sobre a história.

704607_330236860416036_1328139729_o

Num futuro tecnologicamente avançado, o Brasil se destaca como a maior potência mundial, em um contexto onde os Invictos já se estabeleceram como heróis do povo aclamados como defensores da justiça, onde têm em sua rotina a luta contra invasões alienígenas e macacos ciborgues tiranos liderando hordas de dinossauros em pleno centro urbano… uma típica HQ de super-herois, certo?

Errado!!

Por detrás desse pano de fundo aparentemente cotidiano que me fez pensar numa espécie de paródia dos clichês americanos dos comics, temos uma subtrama muito maior, onde o leitor é apresentado à origem dos Invictuo através da narrativa de um personagem misterioso que explica em detalhes o significado da existência desses humanos super poderosos na Terra, amarrados a uma mitologia interplanetária muito mais profunda do que o que costumamos ver nos tradicionais quadrinhos estrangeiros.

Os Invictos em Genese_page 02 e 03_Renato Rei_300dpi

Os Invictos são heróis brasileiros, com histórias que se passam no Brasil e produzidas por artistas brasileiros. Mas existe o referencial americano? Será que existem ali influências mesmo que inconscientes de autores como Grant Morrison e até mesmo Jack Kirby nos roteiros ou de Jim Lee na arte? Claro que sim, e isso não é necessariamente um problema. Até entendo, desde que conduzido com qualidade, a história poderia se passar no coração de Manhattan e seu personagem principal poderia se chamar John Smith. Afinal, os quadrinhos de super heróis brasileiros são jovens, estão ainda aprendendo a andar com as próprias pernas. Embora já seja possível citar alguns nomes de grandes autores nacionais, a maioria dos novos autores, aqueles que estão mesmo chegando agora e querem produzir seus próprios quadrinhos, cresceram lendo Homem Aranha, Batman, X-Men e Liga da Justiça. Negar isso seria uma grande hipocrisia, o que também não significa que tenhamos que ficar presos a velhas fórmulas americanizadas. O quadrinho nacional de super heróis é jovem, mas está se desenvolvendo, adquirindo identidade própria. Prova disso é que os personagens criados por Rafael Tavares para sua série Os Invictos não se chamam John ou Mary… eles são brasileiros como nós, antenados em um mundo cada vez mais globalizado, longe dos estereótipos culturais indígenas – e não me entendam mal, o folclore brasileiro é lindo, mas nós não usamos tangas para ir trabalhar.

A arte da revista agrada desde a bela capa dupla produzida por José Luiz, com arte final de Mano Araújo e cores de Fred Marinho, mas não perde seu padrão de qualidade com a arte interna de Renato Rei.

A história promete contar não apenas a origem dos Invictos, mas explicar e dar relevância a sua existência… o que pode ser crucial para a continuidade da vida na Terra.

Os Invictos em Genese_page 04 e 05_finalizada - 300dpi

Com esse primeiro número, ficamos a par de uma trama coesa, que a meu ver brinca de ser apenas mais uma aventura de super-heróis, mas tem muito mais a dizer. Quando a história parece ser uma coisa, ela muda totalmente para outra, surpreendendo positivamente, e deixando nítido o amor com que o trabalho foi feito, preocupando-se em não ser apenas uma batalha padrão entre heróis e vilões muito bem ilustrada… mas criando um parâmetro instigante e deixando o gosto de quero mais para o leitor. Essa é função principal de uma boa história, que além de divertir, deve despertar o interesse para que seu público retorne a ela. E essa missão foi cumprida com louvor pelos autores.

Para saber mais sobre Os Invictos, e conferir a entrevista exclusiva feita com o autor Rafael Tavares, clique AQUI.

Quer saber ainda mais? Acesse a página deles no Facebook e seu site oficial.

2013-01-10 12.18.55
Eu e meu exemplar de Os Invictos…!
Anúncios

16 comentários sobre “OS INVICTOS – O Evangelho do Tempo.

  1. Gostei da matéria, ainda não saberia dizer se isso é uma crítica ou um elogio, mas se eu visse essa revista apenas pela arte sem olhar os diálogos, diria ser uma publicação americana. No entanto, como não dizer que a qualidade é excepcional? 😉

    Curtir

  2. Será que meu palpite de porque existe um herói elásticos nos Invictos está certo? Só o Rafael Tavares pode dizer… 🙂 Essa revista é quadrinho nacional de super heróis de qualidade, muito bem pensado, produzido e realizado e a arte interna do Renato rei? AMO.

    Curtir

  3. Quanto a história, eu que não li, confio na sensibilidade do meu amigo Rodrigo. Só pelo fato de ter esse diferencial, além de ser uma espécie de homenagem a alguns desenhistas do final de 80 e começo de 90 (ou vai dizer que essa capa não faz lembrar da Alpha Flight com todo mundo de uniforme branco e vermelho????????). Tem muita gente que pode dizer “vergonha alheia daquela época”, mas eu não. Teve muito material lá!!!!E quando se vê uma referência dessas, é claro que a gente precisa evidenciar!!!!! Uma matéria bem legal trazida pelo Rodrigo e que a gente deseja que a saga dos Invictos transcenda. Consiga um público bacana aqui e conquiste outros mercados também. Pro povo ver que não só de “gêmeos” vivem os bons quadrinhos brasileiros.

    Curtir

    1. Agradeço pelas palavras Nilson, eu também sonho com o dia em que o Brasil terá um mercado forte nesse seguimento de quadrinhos de super herois, afinal, eu mesmo atuo nessa área, então posso dizer que é um desejo antigo…

      Grande abraço!!!!

      Curtir

  4. caramba cara…eu nao acredito..eu criei todo um universo, sim.fiz uma hq bem caseira…eu desenho e crio historias( se escreve com h no começo?) e atualmente estou fazendo uma revista em quadrinhos com super-herois e tantas outras fatores q uma boa historia tem… So q ela é anbientada em uma cidade brasileira ficcional. eu pensei em tudo. Ate no fato de os herois e viloes nao usarem uniformes. Mas terem caracteristicas fisicas e e personalidades marcantes. E eu fiquei muito feliz de saber q um trabalho brasileiro como do autor(res) citados acima. Eu adoro ver boas historias em quadrinhos e livros brasileiros sendo feitos. como eu disse antes. Eu estou quase no fim da minha historia.mas eu nao sei onde ir pra mostrar meu trabalho e assim poder investir nele. Quem puder me indicar,agradeço. e… Eu sempre leio o santuario(recebo por email) e gosto do que é postado aqui. Vlw fui!

    Curtir

    1. Amigo eu te sugiro buscar outras pessoas envolvidas cm criação de HQs… no Facebook existem vários grupos onde é possível achar desenhistas e escritores… faça amizades, crie um blog, exponha suas ideias… uma hora alguém vai te notar. Boa sorte!!

      Abraços!

      Curtir

      1. Jqfenix, no Facebook existem pelo menos duas comunidades onde você vai encontrar mesmo , como o Garrit falou, artistas como você que trocam contatos e informações sobre o mercado, citando uma comunidade: “Desenho Tuto” seria uma interessante para você. Tem a comunidade do “Selo atitude independente”, lá o povo dono da comunidade está há bastante tempo produzindo HQ nacional de qualidade, quem sabe alguém não pode dar boas dicas? O site “HQ Quadrinhos”, o link para ele está aqui na barra lateral do Santuário, lida com tanto material nacional maneiro, bora ver se achamos uns contatos legais lá? Não custa nada.

        Curtir

    1. Eu sei que a relidade só dá murros na nossa cara, mas faz bem acreditar que as coisas podem mudar… o seu comentário me Lembrou da obra de Julio Verne… de como ele previu em seus livros coisas absurdas para a época e que hoje fazem parte do cotidiano… quem viver verá!

      Abraços!!!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s