AQUAMAN #16 – “É o Cetro de Poseidon no seu bolso ou você só está feliz em me ver?”

PrimeiraImpressao_02

por Venerável Victor “Tratador de macacos aquáticos” Vaughan

Img-de-Capaaqua16As águas do oceano Atlântico inundaram Gotham City, Metropolis e Boston. Tudo isso sendo parte dos planos criados por Aquaman e seu irmão, o Mestre dos Oceanos. A Liga da Justiça faz o que pode para resgatar sobreviventes da catástrofe.

AQUAMAN – criado por Paul Norris

Capa de Paul Pelletier
Capa de Paul Pelletier

Após a tentativa dos atlanteanos de matar Batman, os justiceiros se reúnem no satélite da Liga com Vulko, o antigo e leal conselheiro do reino da Atlântida. Enquanto Cyborg vai ao resgate de outro humano marcado para morrer, o Dr. Stephen Lang, Aquaman confronta o Mestre dos Oceanos em Boston. Ao concluírem que ele não será persuadido por seu irmão a cessar o ataque, os outros membros da equipe intervêm.

Isso aconteceu na última edição. Esse mês o arco “Trono da Atlântida” continua entre as revistas da Liga da Justiça e Aquaman. Cyborg é forçado a chamar os reservas da equipe para enfrentar a invasão atlanteana enquanto ele e Mera, a mulher de Arthur, resgatam os membros oficiais da Liga do fundo do oceano.

Geoff Johns realmente conseguiu estabelecer o Mestre dos Oceanos como um viável vilão classe “A”. Entretanto, o antagonista  em questão cometeu um erro crítico que todo super vilão de quadrinhos comete há décadas: deixar para trás os super heróis em armadilhas fatais impossíveis de escaparem enquanto vai cuidar de outras prioridades, acreditando que a vitória é certa.

Geoff Johns & Paul Pelletier
Geoff Johns & Paul Pelletier

Apesar de esse recurso ser necessário para avançar com o roteiro e funcionar na trama, os “caras do mau” deveriam saber que isso nunca funciona. O leitor dessa edição se vê assistindo um episódio da década de sessenta do Batman nas páginas dessa revista. Apesar de que Geoff Johns merece o crédito por manter detalhes científicos corretos e até um senso de realidade, como o tempo que leva para que Cyborg faça o download de um vídeo e o Batman não tendo a mínima chance de sobreviver à pressão submarina em que se encontra, por ser humano.

aquaman16_firestorm

Após o final da edição desse mês da revista da Liga, que corresponde ao capítulo anterior do arco, um pouco de receio ficou no “mar” sobre se a adição de muitos novos personagens iria prejudicar o progresso do enredo, mas aconteceu justamente o oposto. O roteirista soube balancear a participação de cada personagem, claro que com Cyborg e Aquaman tendo muito mais destaque.

Com Ivan Reis e seus “fantásticos amigos” comandando a arte da revista da Liga, coube a Paul Pelletier agora lidar com o título do Aquaman. Em um arco de histórias que possui dois diferentes artistas a frente do traço, é difícil manter a consistência do trabalho.

Aquaman16_03

Mas acontece que o estilo de Pelletier é similar ao de Reis, muitos dos painéis não são tão claros e detalhados, mas sua arte ainda assim é muito boa. As cenas de batalha são igualmente intensas como acontece no título da Liga. Se o novo desenhista continuar mantendo esse nível e daí por diante só evoluir, nenhum fã do herói aquático ficará desapontado.

Aquaman16_08 (1)

A partir de agora muitos leitores novos que só acompanhavam o título da Liga da Justiça e desembarcaram aqui para poder ler mais uma parte da trama de “Trono da Atlântida” poderão concluir o quanto vale a pena acompanhar essa revista nesses novos tempos. Descobrindo que Aquaman pode ser sim uma ótima leitura, já que entre defeitos e qualidades, Geoff Johns – que roteiriza ambos os títulos – é o mestre em criar desfechos eletrizantes em muitas edições, com essa não sendo exceção à regra.

Capa de Aquaman #16 - série original de 1962
Capa de Aquaman #16 – série original de 1962

S_Final

Anúncios

38 comentários sobre “AQUAMAN #16 – “É o Cetro de Poseidon no seu bolso ou você só está feliz em me ver?”

  1. Agora sim! Eu achei um pouco… “saco” a fase anterior, Jornada do Vilão. As vezes o Johns é um pouco instável, meio “massavéio”, mas sempre acaba se provando um ótimo roteirista. A saga que eu mais gosto dele é “Guerra dos Anéis”, espero que essa termine no mesmo nível! A fase dele no Lanterna dos novos 52 também está bem legal.

    Curtir

  2. Não me afogue num copo d’água como vingança, Venerável, mas venho ignorando solenemente os quadrinhos do Aquaman. Nunca vi nada do Geoff Johns que fosse genuinamente interessante (do que ele escreveu o que mais gostei foi de Sociedade da Justiça) e não creio que Aquaman me faria mudar de ideia. Ou faria? Devo dar uma chance ao Águaman? A água está boa mesmo?

    Curtir

    1. Depois da Sociedade da Justiça (que é a única coisa genuinamente adorável dele) essa seria uma opção, Suíno. Mas ó…. o SHAZAM!, está muito bom, pena que vai de pouquinho em pouquinho só, nas páginas da Liga da Justiça.

      Curtir

  3. ….e o Bendis tem muito prá aprender com esse rapaz. Ele devia calçar as sandálias da humildade, pedir prá sair e ficar uns dez anos só lendo materiais desse senhor e do Busiek prá aprender a fazer mega saga. Bom demais o material, tratador!

    Curtir

  4. Já é “chover no molhado” falar que entre mortos e feridos, Aquaman é uma boa revista da DC, agora. E sim, o Mestre do Oceano realmente ficou interessante e está valendo agora como grande vilão. Na fase do Morrison a frente da Liga ele até tentou dar visibilidade para ele, mas não era uma prioridade da revista… Agora sim.

    Curtir

  5. Geoff Johnns é um grande argumentista e Paul Pelletier um ótimo desenhista,a história está muito empolgante!E…qual vilão não deixa o Herói numa armadilha “Fatal” enquanto vai tomar um cafézinho?!Se eles não fossem assim não seriam Vilões,no fundo eles querem que os Herois fujam…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s