Novíssimos X-men #8 – “Se você vê estrelas demais Lembre que um sonho não volta atrás Chega perto e diz: Anjo!”

PrimeiraImpressao_02

por  Venerável Victor “um anjo de tratador”  Vaughan

Img-de-Capaanx#8Finalmente a maior dupla dinâmica das alturas estreia na revista, quando presenciamos o Anjo do passado e do presente chutando traseiros, os Vingadores descobrem a existência dos X-men originais perdidos no tempo e a jovem Jean Grey apresenta uma nova faceta de sua personalidade para seus companheiros.

X-men – criados pelo todo maravilhoso Jack Kirby e por Stan Lee

Brian Michael Bendis & David Marquez
Brian Michael Bendis & David Marquez

Voando por Nova Yorque os dois anjos tentam se conhecer um pouco. O jovem Warren Worthington III ainda não consegue entender sua versão mais adulta, enquanto o novo Anjo apenas está se deliciando em conhecer um “modelo antigo” de si mesmo.

ANXMEN_CVR_008f
Capa de David Marquez

À medida que eles se aproximam da Torre dos Vingadores, a dupla alada avista uma horda de vingativos agentes da Hidra que buscam atacar Os Maiores Heróis da Terra, mas os donos da torre não estão em casa.

O jovem Anjo quer chamar seus colegas X-men para que os ajudem, mas o novo Anjo – o do presente –  mergulha imediatamente no meio da confusão, não restando outra opção para o rapaz do passado, se não ajudá-lo a derrotar alguns terroristas da Madame Hydra. E é o aparecimento dos Vingadores que coloca um fim a confusão.

O que os Vingadores querem saber é, por que existem dois Anjos agora?

Os Maiores Heróis da Terra logo estão “estacionando” seu jato na propriedade da Escola Jean Grey, onde o Capitão América insiste para que o professor de ciências, Fera, explique o que diabos está acontecendo ali.

All-New X-Men 008-013

E após os Vingadores partirem, com a promessa de que eles serão os primeiros a saber pelos X-men sobre qualquer complicação sobre esse assunto – afinal os heróis fora de seu tempo são um perigo imenso para o tecido da realidade – o “velho e juvenil” Anjo anuncia que já está cheio de tudo aquilo, ele vai voltar de qualquer maneira para sua era, quer eles todos queiram ou não, mas Jean não concorda com isso…

All-New X-Men 008-002Por si só, esses três conflitos são o suficiente para fazer com que essa edição seja considerada decente, mas a forma com que o roteirista Brian Michael Bendis e o artista David Marquez lidam com o enredo eleva a qualidade dessa edição acima do normal.

A batalha com a Hidra, que a princípio é uma luta comum de se ver nos quadrinhos de super heróis, algo que é colocado num capítulo apenas para cumprir a cota de ação do título, aqui esclarece para os leitores as características únicas dos personagens “Anjos”. Enquanto Bendis proporciona belos diálogos, Marquez fica a cargo de mostrar as diferenças cinéticas, frenéticas e de design de luta de cada um deles. Provando o quanto o personagem atual evoluiu desde a sua criação nos anos sessenta.

A parte com o Capitão exigindo explicações era premeditada por todos os leitores desde o início da série, era de se esperar que ele tomasse aquela atitude mais cedo ou mais tarde e que o Fera iria se contorcer para convencê-lo a não agir contra essa situação. O que faz com que essa segunda parte seja genial é o entendimento das expectativas dos fãs por parte de Bendis e sua consequente subversão do modelo de cena comum nos quadrinhos.

All-New X-Men 008-014

Ele coloca Marquez para desenhar a conversa entre os dois no fundo da ação, enquanto apresenta Kitty Pryde e o Homem de Gelo do presente a frente premeditando cada vírgula de como esse diálogo clichê entre eles deveria estar se desenvolvendo.

E quem valida os argumentos do Fera com o Capitão fazendo com que esse se acalme e de crédito aos mutantes para que resolvam esse problema, para espanto de todos os fãs, é o Ciclope original – o Scott Summers que ainda não perdeu a confiança de seus colegas.

All-New X-Men 008-015

Em um único painel, Bendis mostra com seus diálogos e Marquez com postura, que esse é realmente o Ciclope clássico: racional, razoável, um homem em que se acredita na palavra.

O final da edição é algo que provavelmente nenhum outro ser humano ou mutante esperaria, apesar de ser mostrado todo o conflito que a jovem Jean Grey estava passando ao lidar com vastos poderes telepáticos que não deveriam estar se manifestando para ela naquele momento.

Não são apenas o nível de poder da jovem mutante que estão evoluindo e a amedrontando, mas também a sua maturidade e personalidade e o último painel desenhado por David Marquez capta toda a tensão de seus atos por seus colegas de equipe.

Esse é um desdobramento fantástico porém monstruoso, essa revista tem cumprido muito bem a sua função de estabelecer personalidades e relacionamentos entre esses mutantes, além de mostrar com maestria as reações da comunidade super heroica à esses eventos não naturais. Bendis e Marquez, juntamente com o colorista Marte Gracia, combinam seus talentos com grande efeito e perfeição e se tivermos cada vez mais edições como essa, teremos novos fãs de X-men por aí!

All-New X-Men 008-020

Uma matéria muito legal sobre HQs dos anos 90, aqui!

Segunda temporada de MERCENARY CRUSADE – capítulo 19 – aqui!

S_Final

Anúncios

43 comentários sobre “Novíssimos X-men #8 – “Se você vê estrelas demais Lembre que um sonho não volta atrás Chega perto e diz: Anjo!”

  1. Isso aí é Brian Michael Bendis! O cara é bom mesmo, por mais que tenha tido alguma desregularidade ao longo dos anos nos Vingadores, agora volta com tudo nos X-men! Também, tantos anos à frente de uma revista não é pra qualquer um, o mesmo caso de Geoff Johns no Lanterna Verde.

    Curtir

    1. Exato,nobre Daniel! Chega uma hora que desgasta, foi assim com essas revistas que você mencionou, foi assim com Claremont a frente dos X-men no passado… É natural. Mas aqui Bendis apenas acabou de chegar e está cheio de vigor!

      Curtir

  2. O forte de Bendis são os diálogos e isso ele tem trabalhado muito bem em All New X-men, espero que o nível dos roteiros continuem de alto nível.

    Curtir

  3. Incrível esta edição está muito boa! Até a parte “massavéio”, realmente uma obra-prima que mostra como se faz uma história bem costurada e surpreendente, mesmo que para grande público.

    Curtir

  4. Até hoje acho muito ingênuo os X-men daquela época do Stan Lee (ou qualquer outro herói) irem para o campo aberto lutarem com esses uniformes de tecido… No caso do Anjo pior ainda… Nessa luta por exemplo, por mais ágil que ele seja para fugir de balas e por pior que seja a pontaria dos soldados da Hidra, só nesse ataque com as pernas usando o corpo todo para quebrar vidros, era pra ele ter ficado paralítico…

    Mas são quadrinhos, a ideia é divertir e eu me diverti muito, tenho que admitir!

    Curtir

  5. Ciclope é o cara…. do passado e do presente. Calando a boca do mon capitan e provando porque ele foi escolhido líder dos X-Men e é considerado o grande líder de todas as equipes mutunas.

    Quanto ao Fera, bem feito… agora terá que fazer relatório semanal para encaminhar para Washington, ops… a mansão dos Vingadores para provar que não tem nenhuma arma de destruição em massa. Como um bom líder de país de Terceiro Mundo, ops… equipe de heróis.

    Estamos de olho!!! Diz mon capitan… não abuse ou teremos que invadir e levar a criançada sob custódia (com direito à Shield, Força Aérea e Vingadores sobre os céus da escola).
    Mas o Fera é um bom cordeiro, digo, herói… vai obedecer a ordem direta.

    Bendis está devendo uma resposta a tudo o que os X-Men sofreram na última saga (leia-se especialmente a equipe do caolho). A hipocrisia do Wolverine. Os ataques dos Vingadores. A amargura e raiva do Fera constantes (parecendo uma velha chata) tem que ter uma resposta. Acusou Ciclope de agir em segredo sobre muitas coisas e ultrapassar fronteiras para salvar os mutantes (e salvou). Agora ele faz o mesmo: segredos, conivente com a equipe de extermínio do Wolverine (que pra variar matou alguém da própria família no final) e cruzando fronteiras para evitar a extinção (vide Novos Vingadores do Hickman)

    Sua atitude egoísta de pura vingança contra o Ciclope merece punição. Espero realmente que Jean Grey surte e faça o balacobaco. Afinal, Tempestade, Kitty e Hank não acharam que ela seria mais digna de liderar os X-Men??? Pois bem: heis sua primeira ação como líder.
    E agora José?? Ciclope não foi chamado de ditador quando precisou unir os mutantes contra a extinção?? Qual o argumento válido para Jean??? Qual sua próxima ação??? Sua “perfeição” tão idealizada (leia-se construída) pelos X-Men sofrerá rachaduras??? Descobrirão finalmente que ninguém é perfeito e as vezes é preciso fazer o necessário pela sobrevivência???
    Curiosa pelo próximo capítulo (hahaha)

    E Bendis sempre me lembrando porque os X-Men originais sempre foram meus preferidos. Disparados os melhores personagens ontem e hoje.
    abçs

    Curtir

      1. Um personagem com PERSONALIDADE e não algo (como Wolverine, por exemplo) que é personagem de uma nota só (matar, matar, matar, matar, matar)… Ele ama, ele mata. Ele odeia, ele mata.. tá na dúvida… mata. Esqueceu o que queria… mata. Mata o pai, mata o filho, mata o irmão, mata o vizinho, o amigo, a noiva, o companheiro de equipe…. enfim… um personagem óbvio que, infelizmente, pra fugir dele só lendo outra editora (pelo menos, por enquanto. Daqui a pouco teremos Wolverine e a Liga da Justiça).

        Chaaaaaato. Parece estes ritmos musicais que fazem sucesso entre a moçada… só uma nota e toca o dia todo, o mês inteiro. Emburrece. Irrita.

        Curtir

        1. Pois é Lucy, adoro seus comentários, mais acertados ao meu gosto impossível. Interessante você citar Os Novos Vingadores (leia-se Os Illuminattis), pois eles ( muitos deles) julgaram Scott Summers e é lá nesses primeiros números de sua revista que se vê toda a hipocrisia de TÇhalla, Stark e cia limitada…

          Que a Jean bote para quebrar… Que o Ciclope receba o crédito que já merece há anos.

          Curtir

  6. FINALMENTE ALGUÉM ENLOUQUECEU!!
    Posso parecer um pouco estranho falando isso, mas eu esperava desde a vinda dos X-Men originais… E, realmente, é algo que atribui maior realidade aos personagens… E, finalmente, o Anjo “original” é quem teve tamanha “honra”. Ver seu rosto amedrontado nos lembra que, no fundo, ele (e todos os X-Men originais) são crianças embora, em muitos casos, se levarmos em conta suas açoes e pensamentos, parecem ser bem mais velhos….
    Sobre a luta entre os Anjos e o exército da hydra, eu achei um tanto desnecessário para falar a verdade. Embora isso até ajude na evoluçao dos dois mutantes, assim como os eventos que ocorreriam na cabeça do jovem Warren, acho que o motivo principal dessa luta foi simplesmente ter mais ação nessa saga, mesmo que os diálogos valem por si só….
    Sobre Jean, acho que finalmente vamos ver ela mais humanamente também. Sabe, desenvolver seus poderes telepatas antes do previsto alem de ter que controla-los junto a grande responsabilidade que é liderar o seu grupo de mutantes sabendo que ela mesma esta morta nesse presente acho que qualquer pessoa enlouqueceria. E ela estava lidando bem ate demais com tanta informação.

    Curtir

  7. puts, acompanhando esses textos fico com mais vontade de ler esses quadrinhos. Parabens de novo. Espero que com isso eles possam (na minha opinião) mesmo eu não gostando, resgastar o que era o ciclope. Mesmo não gostando dele, prefiro ele de antes, ele tinha honra pelo menos.

    Curtir

  8. Agora tenho certeza que não estou louco. O Bendis (que tem muito mais potencial que isso, mas escrevendo umas 20 revistas por mês sai bem pior que o feijão com arroz básico) nos dá algumas lascas da sua criatividade maravilhosa prá fazer nerdnovo pirar. Me desculpem mas eu estou acostumado a bem mais que isso. Por isso sigo relutante na minha cruzada em dizer que este é o jeito mais sem vergonha de ganhar dinheiro. Nem mala de segunda chega a ser tão tosco pedindo muito e não oferecendo (pois você sabe que vai ser roubado. Aqui a parada é a mesma só que a diferença é que ainda se agradece). Não acredito que parei no tempo mas sei que o careca gordinho pode bem mais que isso que está sendo apresentado prá nova geração. #vergonhaalheia!!!!

    Curtir

  9. Uma edição boa, não tão quanto a edição anterior, mas boa.
    Achei meio previsível o cap e o fera. Em compensação os “anjos” estavam demais, apesar dos acontecimentos anteriores terem tocado o terror no personagem anjo atual. (virou cavaleiro, voltou a ter asas, cura, volta asas de metal, vira morte, perde memória, renasce) algo digno de uma novela mexicana.
    Voltando ao assunto, com o sucesso dessa revista tenho pensado se não seria bom trazer todos os heróis do passado para o presente…eles eram bem melhores, sem dúvidas.

    Curtir

  10. EDITORIAL SANTUÁRIO:

    Segunda – Os Campeões

    Terça – Novíssimos X-men #8

    Quarta – Quadrinhos

    Quinta – Aquaman #17

    Sexta – Resenha: Monstro do Pântano # 11

    Sábado – Umas Tirinhas da Pesada

    Domingo – O Quarto Mundo de Jack Kirby!
    p

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s