Uma semana no Inferno com MOLLY CRABAPPLE – Além de linda… Tem talento.

Bar da Barda

por Venerável Victor “todos os macacos também são lindos” Vaughan

Img-de-CapamollyeHá um mês fui atropelado por essa locomotiva ao esbarrar com algumas de suas ilustrações pela rede, qual não foi minha surpresa ao descobrir a “mulher” responsável por esse trabalho…

Matéria originalmente postada no site irmão: O Baile dos Enxutos

Agradecimento especial ao amigo Claudio Ferreira por ter me apresentado esse anjo…

Molly Crabapple não é apenas artista e escritora, essa mulher bonita e sensual é também fundadora da Dr. Sketchy’s Anti-Art School – uma espécie de cabaré itinerante de dança e aulas de desenho- onde produz suas criações artísticas que provoca desejo em muitos e silêncio em outros mais. Seus projetos amplamente abraçam a sexualidade, influenciados por sua experiência como modelo, atriz e dançarina burlesca. Algo que sempre a coloca em situações onde é censurada ou vítima de processos. De qualquer forma ela acabou por se tornar uma das artistas mais eloquentes na discussão e suporte da liberdade de expressão no mundo.

Crabapple também é uma das mais proeminentes criadoras dos quadrinhos alternativos norte americanos, já trabalhou para a Marvel comics na antologia Strange Tales e conta entre seus fãs, com o divino Neil Gaiman. Seu próximo livro: Week in Hell terá prefácio do roteirista inglês Warren Ellis e será editado pela IDW como um livro de arte.

Capa de WEEK IN HELL

Essa americana de vinte e nove anos é a queridinha de diversos meios de comunicação e já teve muitos de seus trabalhos com os quadrinhos divulgados pelo New York Times, Interview, Rolling Stones e o Los Angeles Times.

A verdade é que uma mulher como essa, podia desenhar “palitinhos” que seriam esboços de michelangelo para diversos marmanjos e juvenis ao redor do mundo, mas já que além de muito da gostosa ela também se presta a ilustrar (nem precisava) vamos saber um pouquinho do que se trata esse novo projeto, só para não dizerem que eu estou me desvirtuando da minha linha de trabalho no Santuário ao me tornar um enxuto.

A proposta de “Uma semana no Inferno” é de ser uma revista que também se tornará um documentário. Crabapple se trancou num quarto de hotel por cinco dias, totalmente revestido de papel em branco e com câmeras transmitindo 24 horas continuamente para a internet. Lá a artista desenhou seres com tentáculos, criaturas macabras e fantásticas, paisagens alienígenas e tudo o mais que sua imaginação lhe possibilitou, preenchendo cada centímetro do espaço com suas lindas ilustrações, literalmente do teto ao chão e depois disso, nas palavras dela:

“O quarto me matou um pouco, mas eu matei-o um pouco também”.

Me mata também, mulé! Com vocês a musa dos quadrinhos, uma artista que em si é uma obra de arte!

S_Final

Anúncios

17 comentários sobre “Uma semana no Inferno com MOLLY CRABAPPLE – Além de linda… Tem talento.

  1. Realmente de algum tempo para cá, temos visto a mistura destas duas artes.
    O Burlesco e os quadrinhos, confesso que não pesquisei ainda pra saber as razões para disso, mas penso que a década de trinta foi um época linda e magnífica dos quadrinhos e cartoons americanos, sem contar que as pin-ups estavam a todo vapor.
    Acho que o ano passado uma conhecida escola de quadrinhos aqui em São Paulo trouxe dos States uma companhia que fazia essa mistura de um show burlesco e algo relativo a desenho.
    Temos aí o universo Burlesco e Hqs, juntamente com as pin ups que se resumem em anos 30! Como sabem não gosto de sexo nos quadrinhos ou sensualização demais, sempre falei que quadrinhos é pra sair do real e se divertir, mas os quadrinhos no mundo estão mudando demais! Principalmente nas Américas, pois a Europa já faz isso há tempos, salve os mestres MIllor Manara, Paolo Serpiere e tantos outros.
    Molly é uma Deusa, uma pin up moderna que nem precisava fazer as duas coisas! Mas é acreditem amigos! A maravilhosa além de ser uma pin-up, ainda é desenhista! E das boas!(em todos os sentidos).
    O conhecimento desta linda desenhista, chegou até este humilde homo sapien no ano passado.
    Aqui(BRASIL) já temos mulheres bonitas e talentosas nos quadrinhos, talvez nem tão excêntricas como a deusa Molly, mas quem sabe um dia chegaremos a ter a nossa deusa pin up das hqs.
    Mas uma sua Vaughan foi pra conta! .

    Curtir

  2. O que que é isso, essa mina pinta e desenha muito, no caso dela nem precisava ser gata! Imagina umas capas da Vertigo trabalhadas por ela?

    Curtir

  3. EDITORIAL SANTUÁRIO:

    Segunda – Os Campeões

    Terça – Novíssimos X-men #8

    Quarta – Quadrinhos

    Quinta – Aquaman #17

    Sexta – Resenha: Monstro do Pântano # 11

    Sábado – Umas Tirinhas da Pesada

    Domingo – O Quarto Mundo de Jack Kirby!
    p

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s