HIT-MONKEY – O MACACO MAIS PERIGOSO DO MUNDO

por Venerável Victor “Hit-Care Taker” Vaughan

Img-de-CapahitmonkeyBem-vindos amigos devotos, a pergunta hoje é: Quem gosta de poderosas armas de fogo? Quem gosta de belas mulheres? Quem gosta de uma boa vingança sangrenta contra todos os assassinos do mundo? Quem gosta de macacos? Sim, eu disse macacos. Não, você não está no site errado, nós estamos aqui reunidos para conhecer um pouco de ninguém menos que Hit-Monkey, o macaco mais letal do universo Marvel!

No passado existiu um assassino cujo nome a muito foi esquecido. Ele foi contratado para participar de um grande atentado no Japão. Em algum ponto do caminho, um ato de traição foi arquitetado contra ele e o homem teve sua cabeça a prêmio por todos os outros criminosos do país. O exército japonês finalmente conseguiu emboscar o homem mais procurado da ilha. Mas o pistoleiro era muito engenhoso e ativando remotamente dezenas de explosivos foi capaz de escapar, porém com esse ato contra os militares japoneses aumenta o preço por sua cabeça. Ele foge para as montanhas e após quatro dias em que fez nada mais além de andar, o assassino perde os sentidos exausto.

Daniel Way - criador
Daniel Way – criador

O homem desperta algum tempo impreciso depois e se vê em um lugar abrigado, cercado por uma tribo de macacos japoneses, os símios possibilitam que o assassino se recupere, o alimentam com ervas medicinais e o aceitam em seu bando. Esses macacos o aceitam como um igual, com exceção de um. Um particular macaco jovem e macho sente que existe algo de errado nesse “convidado”. De alguma forma ele percebe que o homem não é alguém bom, ele tenta alertar seus irmãos símios, mas eles não os dão ouvidos, os mais velhos ignoram totalmente o jovem macaco.

O assassino em um dado momento, fazendo um reconhecimento da área conclui o inevitável, ele sabe que existe um preço por sua cabeça e que é apenas questão de tempo para que alguém o encontre. Treina então para a irrevogável batalha, porém não querendo atrair atenção pelo som de armas de fogo e desperdiçar munição, ela pratica as antigas técnicas de combate corpo a corpo. No entanto, à distância, o furioso jovem macaco, silenciosamente assiste a tudo. O homem estava consciente de que era observado e em dado momento avisa ao macaco de que ele era sábio por não confiar nele. Como o símio não falava inglês ele não entendeu “lhufas” do que o assassino falou, mas compreendia perfeitamente tudo que havia assistido. Após o humano abandonar o lugar de treino, o macaco começou a praticar exatamente como viu o assassino fazendo.

Enquanto o inverno avança, a saúde do assassino piora cada vez mais, e já que é tido pelos macacos como parte do seu bando, os símios fazem o que podem para tentar ajudá-lo. Ainda chateado, o jovem macaco volta em sua tribo para confrontar os irmãos. Só que dessa vez ele agride seus colegas da mesma forma que viu o assassino praticando com os “homens de neve” e é banido definitivamente da aldeia.

O tempo passa enquanto o macaco vaga pelas montanhas. Em um dia particular ele encontra exatamente o que o assassino estava esperando, mais assassinos! O jovem macaco precisando avisar seu bando e com toda sua força (que ainda lhe resta) corre de volta para sua tribo o mais silencioso que pode, mas já é tarde demais. Seis homens armados já haviam invadido seu antigo lar e o solo de sua casa já está manchado de sangue pela primeira vez em séculos. Os mesmos macacos que tinham recebido o homem como um dos seus, não acreditam no que acabaram de testemunhar e imediatamente começam a atacar os atiradores com bolas de neve, que revidam com muito chumbo grosso neles e o jovem macaco não pode fazer nada a não ser olhar. Olhar e depois pegar as antigas pistolas do assassino.

Com movimentos que apenas um macaco é capaz de fazer e armado até os dentes, o jovem símio atinge um por um dos assassinos de sua família. E agora que seu bando inteiro foi chacinado, nada mais o prende aquele lugar. Ele se torna a partir daí um assassino de assassinos. Ele se torna uma lenda. Ele se torna… Hit-Monkey!

Esse, no entanto não foi o fim do assassino. Ele retornou no estilo Obi Wan Kenobi para continuar o treinamento do macaco. Ensinando o símio como utilizar todo esse conhecimento a seu favor e a ser mais eficiente e não demonstrar jamais clemência. E com o tempo, Hit-Monkey logo aprende a arte de cortejar jovens damas…

Recentemente o macaco mais perigoso do mundo foi visto atrás do assassino Deadpool e já que o mutante tagarela estava em uma busca interior para se tornar um herói. Foi para Nova York “trabalhar” com o Homem-Aranha na tentativa de aprender a melhor forma de ser uma força do bem. Vocês já podem imaginar o que aconteceu quando eles tem que lidar com um macaco mal humorado em uma missão sagrada de eliminar todos os assassinos do planeta…

HIT-MONKEY – criado por Daniel Way e  Dalibor Talajic

Criadores e artistas envolvidos: Daniel Way, Dalibor Talijic, Matt Hollingsworth, Way Barberi, Florea Gracia.

Anúncios

80 comentários sobre “HIT-MONKEY – O MACACO MAIS PERIGOSO DO MUNDO

  1. Poxa-vida, gente… praticamente chorei quando vi na revista aquele monte de macaco morto, com aquelas carinhas vermelhas lindas apagadas para sempre. Vá Hit-Monkey! Faça sua vingança/justiça!!! Tenha sucesso onde até hoje o JUSTICEIRO nunca conseguiu ter, afinal ele é apenas um humano e você…muito mais que isso!!!

    And…Make mine Marvel Monkey!!!

    Curtir

  2. Depois do guaxinin dos novos Guardiões da Galáxia, daquele outro da Tropa dos Lanternas Verdes e do macaco Clic, eis que Victor Vaughan ressuscita mais uma mascote do barulho. Victor, cadê a matéria com a Liga da justiça Antardida , Os Avanteadores e Os ursinhos Carinhosos?

    Curtir

  3. Na verdade o Hit-Monkey foi CRIADO pelo Victor… ele tentou vender o personagem para a Marvel, mas foi ameaçado por um grupo de assassinos que o obrigou a passar os direitos do macaco-mor para a empresa por um preço irrisório. (Uma banana).
    Até hoje nosso amigo Victor tenta reaver os direitos de sua criação máxima, mas tudo que conseguiu até hoje foi, numa imitação do protesto de Alan Moore contra Before Watchmen, lançar a campanha: “Todos os leitores que comprarem uma edição de Hit-Monkey da Marvel… não falem mais comigo”.
    Victor tem sido visto pelos bares da cidade enchendo a cara de vitamina de banana…

    Curtir

  4. Seu texto ficou bem escrito, capaz de aguçar a curiosidade do leitor para ler a história aqui comentada.

    Porém existem dois problemas para mim (fala de uma maneira muito pessoal, maneira essa que envolve gosto)

    Primeiro: Não gosto dos roteiros do Daniel Way.
    Segundo: Não curto muito o Deadpool.

    bom é isso.

    Até mais meu amigo.

    Curtir

    1. Esverdeado João Roberto, quanto aos roteiros do Daniel Way é uma questão de gosto, você deve saber exatamente do que está falando visto que já acompanhou histórias pregressas dele, eu não e só opinando por Hit-Monkey, teria que dizer que ele foi genial. Quanto ao Deadpool agora existe a questão da “simpatia”ou “antipatia” por determinado personagem, no meu caso, detestava o mutante falador, de anos para cá, adoro. (só não quero lembrar quem foi que criou ele…)

      Curtir

  5. Sabe o que acontece com o pessoal Victor, todos odeiam os Pets(vide Pet Vingadores), apesar de todo mundo tem um em casa, deve ser frustração, sei lá. Até comentamos no site sobre fazer uma equipe “Pet Ultimate” com Hitmonkey, Dinossauro Demônio, Ebano(o gato da Agatha Harkness), Aragorn o cavalo da Valquíria, Sassafras o cachorro do Fera….forcei neste….mas seria bem trash.
    Nós fizemos as 3 HQs do HitMonkey, procurei aqui, só achei uma, sumiu, vc deve ter lido a nossa versão.

    Curtir

    1. Atlético Supersoldado!
      Eu li a versão de vocês, vou tentar achar para a “Garota Santuário” indicar, o que seria massavéio. Eu sou totalmente a favor da sua ideia “Pet Ultimate”, mas sem o cachorro do Fera…

      Curtir

  6. Tá… macaco japonês tem “one shot” na Marvel comics….e eu na DC nem existo…já que esse Hit-Monkey mata assassinos…vou contratá-lo para acabar com o Dan Diddio…

    Curtir

      1. Dolorida Donna, alguém já lhe disse que os últimos vinte anos (ou mais) de péssimas decisões editoriais e roteiros após a saí da de George Perez do título dos Titãs ao lado do controverso Marv Wolfman estragaram muito mais você do que o simples tiro de misericórdia do Diddio há oito meses?

        Curtir

  7. Nunca vi ngm amar tanto macacos… Daki a pouco voce vai idealisar uma religiao, com imagens, igrejas… isso se naum ja idealizou…
    Triste, mesmo, saber da morte de inumeros macacos. Po, eles sao nossos antepassados. Mas acho que voce ta meo sanguinario, Vaughan. Nao que nao de raiva, mas… Bem, to pondo bastante fe nesse monkey, nunca fui com a cara do Deadpool- duvido que algm va com cara dele sem aquela mascara. Valeu

    Curtir

    1. Vou te mandar todos os horários da Sociedade Sagrada do Macaco Místico, jovem Luke, a próxima reunião será esse domingo pela manhã.. Você não conhece o carisma do pistoleiro da boca grande rapaz e acha que não tem mulher desesperada que pegaria o Deadpool sem máscara? Você está por fora…

      Curtir

  8. Ah! muito bom. Mas, como o Ded Pool possui o talento de estragar qualquer história, fiquei um pouco cético. Essa combinação: Ded e histórias rasas (não estou dizendo que essa seja), sempre rende algo engraçado e divertido de ler. E os macacos? Estes são bastante queridos (inclusive nesse blog). Dei muitas gargalhadas com a leitura do post. A cena do macaco treinando é sensacional. E não o culpo por esse ressentimento pelos humanos. Não poderia ser diferente! E, com certeza, os macacos ainda dominarão o mundo. Sshashahs

    Curtir

    1. Empolgado Felipe, os macacos já se infiltrara, em praticamente todas as estruturas básicas da sociedade humana e em lugares improváveis também como editoras de quadrinhos e sites de entretenimento…

      Curtir

  9. Muito bom o texto, mas temo que a história com o Deadpool não seja aquilo tudo, mesmo que se levando para o lado do humor. Mas, mantendo a tradição, com certeza será melhor do que AvX Versus #1, pois se o Homem de Ferro pode derrotar o Magneto com poderes de Júpiter, um macaco pode fazer o que este daí faz! huahuahuahau

    Curtir

    1. Poderoso WitchKIng, até mesmo as listas de compra que sua mulher deve te dar para quando você vai no mercado fazer compra de mês, devem ser para você melhores redigidas que o roteiro de AvX Versus #1… (por favor, Nenhuma referência mais sobre Cybercorps, denuncia nossas idades)

      Curtir

  10. Dois opiniões distintas sobre este macacão…
    1 – A estória em si não me atrai minimamente… Macacos para mim, ou no Jardim Zoológico ou em liberdade. Nunca gostei de estórias de gorilas tipo Grod, e nem irei gostar desta provavelmmente
    2 – Fizeste um excelente texto, provavelmente melhor que o da estória!

    E muito menos quero ver macacos mortos numa estória de super-herois… se forem humanos mortos não me importo….
    😀

    Abraço

    PS: Vê lá se fazes algo para as meninas senão arricas-te a perder o público feminino!
    😀

    Curtir

    1. Já falei para eles que esses banhos quentes, ao passo que são agradáveis em virtude do Clima rigoroso e frio, não ajuda muito para eles no caso das alergias e sinusites, emocional Tarcísio.

      Curtir

  11. Concordo Letícia!!! O senhor Venerável produziu uma matéria muito, mas muito legal mesmo, mas fez toda a propaganda apenas pensando em três mercados de consumo: no público masculino heterosexual , o lésbico e o de zoofílicos!!!! Cadê as meninas hetero? Cadê os homesexuais masculinos??? Cadê os outros tipos de praticantes de fetiches representados!!! Isso aqui não é um Santuário??? 🙂

    Make mine Marvel !!!!

    Curtir

  12. Bom dia.

    Primeiramente, Caro Venerável Victor “Hit-Care Taker” Vaughan, gostaria de parabeniza-lo pelo excelente texto, que embora simples é suficientemente inteligente e interessante para que nos prenda a atenção até as últimas palavras. Ah, deixa, não consigo imitar o Felipe escrevendo, vou fazer do meu jeito XD

    Interessante a ideia, absurda, mas interessante. Apesar que rotular algo de absurdo nos dias de hoje (ou ontem) no cinema, quadrinhos ou tv é um tanto amebatico, digamos assim. Mas se o Ceasar começou uma sociedade que suplantou os humanos, quem sabe daqui alguns séculos o Hit não será uma lenda entre um mundo de assassinos símios.

    Agora vou reclamar.

    [Momento Vovó ranzinza do dia on.]
    Querido, acho que devemos abranger mais as chamadas dos textos:
    “Quem gosta de poderosas armas de fogo?Quem gosta de belas mulheres? Quem gosta de uma boa vingança sangrenta contra todos os assassinos do mundo? Quem gosta de macacos?”

    São cinco perguntas que na maioria das vezes são direcionadas todas aos homens. Mas lembre que o site tbm tem “garotas” que leem, e nem todas elas tbm gostam de belas mulheres 😛

    [Momento Vovó ranzinza do dia off.]

    Lov u ❤

    Curtir

  13. Só tenho uma coisa a comentar, tirada diretamente de Hellboy: “É um macaco!” “Ele tem uma arma!!”.

    Os quadrinhos precisam de mais macacos, mas é meio estranho ver isso na Marvel… afinal, macacos não são o gimmick da DC?

    Curtir

  14. Esse deixa Mr. Chimp, Solovar, Grood, e até o Fera (do início dos X-Men) no chinelo!!! Tá vendo??? Quando deram aquela garibada no Howard na Marvel, se ele tivesse virado um macaco ao invés dum camundongo, dava muito mais pé!

    Curtir

  15. ]:-D muito bom Victor (gosto desta grafia no teu nome, infelizmente em Portugal o “c” desapareceu há muitos anos). Gostei do macaco.
    Começa a treinar um para matar políticos corruptos, vai ter muito que fazer. ]:-)
    Um?? nã, é melhor uns 1000.

    beijo d’enxofre

    Curtir

    1. Para cumprir em tempo hábil essa tarefa proposta por ti, diabólica Diabba, eu teria que usar de todos os membros do meu Santuário de Macacos nesse treinamento…sim, eles vão ter muito quem matar e teriam que trabalhar num esquema de domingo à domingo, durante anos para limpar esse mundo dessa racinha…

      Curtir

  16. Mas não é que você conseguiu achar um assunto de macaco para por mesmo no site essa semana? Ótima surpresa!
    ” His name is Hit-Monkey. He’s a hitman. Who’s a monkey. You don’t believe me. Look around you, dude — he’s real. And he’s here. In your city.” DEADPOOL
    Make mine Marvel!!!!

    Curtir

  17. Pelas imagens que você colocou, deve ter sido engraçada a interação entre o Aranha e o Deadpool, visto que são dois brincalhões (em todos os sentidos). xD

    Vão tentar expandir a galeria de vilões do Deadpool, visto que a Marvel está apostando bastante nele. Até porque, até onde eu vi… Depois do relaunch da DC o Deadpool teve uma “apagada”. Na última vez que conferi, ele estava fora dos Top 50 da Diamond… Vamos ver se esse crossover com o Aranha o ajuda a subir!

    (Na verdade, até o Aranha está precisando de um empurrãozinho)

    Curtir

  18. EDITORIAL SANTUÁRIO :

    Segunda – Fabulosos Vingadores #2 & #3

    Terça – Fabulosos X-men #4

    Quarta – O Questão (artigo inédito)

    Quinta – Hit-Monkey

    Sexta – Capitão Átomo

    Sábado – Umas Tiras da Pesada!

    Domingo – O Quarto Mundo de Jack Kirby!
    o

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s