ARTE DO DEVOTO – A arte de Tâmara Lopes

_0010_Setimo Ceu

por Tâmara Lopes

Img-de-CapatâmaraEstranhamente, tudo começou com uma vingança. Eu realmente não me lembro de algum momento na infância em que não estivesse desenhando, ou pensando em algo para desenhar, mas sempre levei isso muito levianamente. Muito no Hobby. Aos seis anos, foi quando decidir levar o desenho a sério…

O meu irmão mais velho também desenhava na época e naturalmente ele tinha o traço mais firme e desenhava muito melhor que eu. Sempre caçoava de cada desenho que eu fazia. A gente brigava muito, mas com relação ao desenho eu tentava deixar pra lá, por

rascunho de uma personagem minha
rascunho de uma personagem minha

que eu afinal, não queria desenhar bem… Eu só queria desenhar. Certo dia peguei uma das revistas de jogos dele pra ver algum desenho para fazer. Sempre fui viciada em videogame, na época amava o Super Nintendo com os jogos do Super Mario e Donkey Kong. Decidi fazer um desenho do Mario bebezinho montado no Yoshi.

  Eu caprichei, colori, passei canetinha e o desenho, na minha mente de seis anos, tinha ficado perfeito! Todo mundo que via aquele desenho elogiava e começaram a dizer coisas do tipo: “Nossa Tâmara, você tá começando a desenhar melhor que seu irmão”, “É melhor seu irmão tomar cuidado por que com certeza você vai passa-lo”. Pra quê?
Esses comentários chegaram até o ouvido do meu irmão. Ele ficou cheio de inveja, tanto que na primeira oportunidade que teve, pegou meu desenho do Mario e o rasgou, em vários pedacinhos, na minha frente. Eu não acreditei no que ele tinha feito! Comecei a chorar muito, todo o meu trabalho, a maldita canetinha que eu gastei fazendo aquele troço, horas e horas desenhando, destruídos em míseros segundos. Meu irmão se acabava de rir de mim, e no meio do choro eu fiquei realmente com ódio. Coloquei o dedo na cara dele e disse: “Um dia, eu vou desenhar melhor do que você. Você vai olhar para os meus desenhos e vai sentir inveja, e eu vou fazer questão de esfregar cada um deles na sua cara!!”

 mangá de criação chamado Heaven Hell [quando eu comecei a fazer história] ele tá em nanquim
mangá de criação chamado Heaven Hell [quando eu comecei a fazer história] ele tá em nanquim

Obviamente, ele riu, ele zombou, tirou sarro até não aguentar mais, só que eu não havia dito aquelas palavras por dizer. Eu tinha falado sério. A partir daquele dia minha meta de vida era desenhar melhor do que meu irmão. Se pudesse desenhar 24 horas por dia pra isso, eu teria desenhado. Toda vez que meu irmão me via desenhando ele caçoava, dizendo que eu nunca o alcançaria, mas isso só aumentava minha determinação.

quando comecei a colorir meus desenhos
quando comecei a colorir meus desenhos

Realmente foi uma coisa difícil de se fazer. Eu gostava muito de desenhar mangá. Ficava vendo anime na TV, tipo Cavaleiros do Zodíaco, Dragon Ball Z, Pokémon, e a minha maneira de aprender a desenhar era, olhar os personagens dessas séries, tentar memorizar cada feição e depois passar para o papel. Isso por que nunca gostei daquelas revistas que ensinam a desenhar. O estilo de traço delas é muito inferior ao estilo dos profissionais, e eu muito apressada pra desenhar bem, já queria ir pro mais difícil. Meus desenhos ficavam horríveis, mas de pouquinho em pouquinho, eu começava a desenhar bem.

mangá estilo rosto, feito em aquarela
mangá estilo rosto, feito em aquarela

  Aos doze anos, já tinha um traço muito razoável. Foi quando uma tia de quarto grau minha, decidiu pagar aula pra mim e eu fui cursar um ateliê. Aprendi um pouco a desenhar natureza morta, paisagens e tive uma aula de ponto-de-fuga. Infelizmente meu professor não sabia desenhar mangá, então esse estilo e o retratismo eu aprendi

início do retratismo - auto-retrato
início do retratismo – auto-retrato

completamente sozinha. Em menos de um mês, passei do desenho preto e branco, para a pintura a óleo em tela. Eu pintava no ateliê e desenhava muito em casa, sempre tendo uma paixão a mais pelo mangá. Foi quando eu comecei a querer colorir os meus desenhos. Meu professor nunca me ensinou a usar o lápis de colorir, e eu nunca gostei de ficar na dependência dele, então decidi aprender a fazer isso sozinha. Comecei a treinar mais o desenho junto com o colorido. Cansei de ficar olhando as criações de outros artistas e então botei minha imaginação para trabalhar. Fui criando histórias, que pretendo até publicar futuramente, personagens, monstros, e o traço ia se desenvolvendo, até chegar ao ponto em que fazer o estilo de mangá comum estava muito fácil e entediante pra mim. Eu sempre gostei muito de detalhes e desenhos difíceis, então decidi modificar o meu estilo de mangá.

terceiro rosto colorido [se tiver muita imagem, você pode tirar esse se quiser]
terceiro rosto colorido [se tiver muita imagem, você pode tirar esse se quiser]

Dei início ao mangá estilo rosto e foi através dele que decidi me aventurar no retratismo, com o qual trabalho hoje. Com tanto envolvimento com artes, no meio disso tudo, em algum momento, eu parei de fazer pela vingança e realmente comecei a desenhar por amor. O que mais me encanta é poder criar o mundo que eu quiser, sem ter que seguir regras, indicações ou coisas do gênero. Costumo dizer que: “Toda vez que desenho, é como se um pedaço da minha imaginação passasse para a realidade”.

quarto rosto colorido - Dave Grohl! \õ/
quarto rosto colorido – Dave Grohl! \õ/

início do retratismo colorido - segundo rosto colorido
início do retratismo colorido – segundo rosto colorido

Você poderá também de ver a arte de Eliel Ribeiro & Fátima Ventapane

S_Final

9

Anúncios

20 comentários sobre “ARTE DO DEVOTO – A arte de Tâmara Lopes

  1. Que idade tem a Tâmara?… não consegui entender… Mas vi que é simplesmente fantástica!! PARABÉNS!!
    E uma DIVA também..já causando escândalos…ehhehe!! Faz parte: “Fale bem ou mal, mas fale de mim!”

    Curtir

  2. Eu estou impressionada!!! No meu caso ,não só com a sua arte e traço, fora que levando em consideração a idade que você deve ter, de como ainda vai evoluir horrores, é de cair o queixo! Mas também, no meu caso de jornalista, de como você se expressão muito bem escrevendo! Beijos!!! Parabéns! Foi maravilhoso ler sua matéria, Tâmara.

    Curtir

  3. Tâmara Lopes, filha amada, carinhosa e super talentosa. Todos os talentos que ela tem são presentes de Deus. Hoje eu vejo o próprio Deus despertando novos talentos para ela estar buscando e aperfeiçoando; não sei como isso vai acontecer, mas eu creio que Deus levanta pessoas para abençoa-lá e assim estar alcançando, realizando com excelência os sonhos de Deus.
    Tâmara, como sua mãe e autoridade sobre a sua vida, eu te abençôo e libero Você para crescer e prosperar. Toda sorte de bênçãos espirituais sejam derramadas sobre a sua vida. Em nome de Jesus. Amém!

    Curtir

  4. Cada talento tem a sua história própria de aparecer.
    E no fundo, que importa como, se mais que tudo o importante é que tenha aparecido, qual semente que aguarda do sol a sua luz para das trevas subterrâneas emergir.
    Bem-vinda menina Tâmara; esta comunidade saúda-te.

    Curtir

  5. –‘ Tâmara , não rasguei nenhum desenho seu de Mario , lembro até qndo te ensinei a desenhar um rosto de lado …lembro de alguns de seus desenhos em pastas, lembro bem da época em que vc desenhava mais que eu, e eu não fiz nenhuma represália,lembro muito bem das minhas revistas de video game, lembro de todas, até pq eram poucas e eu copiava muitos desenhos de lá, e tinha sim alguns desenhos do mario nas costas do yoshi, o primeiro lançamento onde o Yoshi carrega o Mario nas costas é no ano de 2002 , “Super Mario Advance3-Yoshis Island” lançados para Game Cube e Game Boy Advance simultaneamente, não tive o jogo mas tinha a revista com o detonado, em 2002 vc já tinha 13 anos , com 6 anos o jogo mais novo de mario que vc podia chegar perto era o Mario 64(no qual nenhum de nós dois jogamos na época), e pra ter uma revista como essa em mãos da qual eu guardava em um ármario com cadeado,com 6 anos,só se vc fosse alguns anos no futuro,e se essa foi uma data que realmente marcou sua vida vc não ia confundir qtos anos vc tinha. Sabe fico realmente magoado de ler esse tipo de coisa pq eu não sou seu fã número 1, mas eu meio que acompanho os seus desenhos, sempre falo que vc desenha bem, estava realmente orgulhoso da vez que vi o desenho do Dave Grohl quando vc veio aqui em casa , cheguei a comentar com o pai que parecia foto de tão bem feito.De verdade admiro seu talento sem nenhuma inveja , só não acho cabivel vc inventar uma história glóriosa para “eu desenho muito por causa disso” , achei que vc tinha perdido esse péssimo hábito de mentir desde o acontecido com o Caio na pousada, admiro muito vc , só que eu achava que vc era mais que “só talento”.
    Que meu comentario seja apagado, editado, não ligo.
    Vc pode enganar muitos , vc pode enganar a todos, engane a si mesma… mas no fundo vc sabe o que é mentira e o que não é, e eu sei o que isso é, como Deus tbm sabe, EU CONHEÇO VC, não ligo que vc desminta o que eu disse, tenho a consciencia limpa,sei o que fiz e o que não fiz qndo eramos crianças, por mais que tenha feito coisas ruins , não era um irmão ruim, não ligo para o que vão dizer de mim aqui ou ali, mas cabe a vc o compromisso com a verdade e com Deus já que se julga cristã.

    Curtir

  6. A grande surpresa desse ano de 2013 para minha vida se chama: Tâmara Lopes, uma menina que mesmo jovem é madura, amiga, leal, além de uma artista de mão cheia. Um espírito sensível que temos que valorizar, proteger e incentivar, pois ainda vai dar muito orgulho para nosso país e nos trazer muita alegria com seus projetos.

    Fora isso? Ela ainda flerta com a música clássica (toca violão) e escreve muito bem, como essa linda e comovente matéria comprovou!!! Salve Tâmara, foi por causa de gente como você moça, que eu, Rodrigo Garrit e Pablo Ramos criamos esse lugar de encontro e sonho. isso é Santuário!!!!! 🙂

    Curtir

  7. Tb sofri c isso na infância, em materia de irmãos e desenhos…. a entendo perfeitamente ! mas q bom q ela seguiu em frente…. eu parei ! 😦

    Curtir

  8. M E U D E E E E E E E E E E E U S ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! !

    Menina, o mundo tem que conhecer você, o mundo tem que venerar vocë, o mundo tem que consumir esta arte até que você não tenha mais aonde enfiar tanto dinheiro,, pra ainda por cima esfregar sua riquesa obscena na cara do seu irmão, dar a ele uma casa enorme com carro na garagem e sustentá-lo pro resto da vda, pra que ele secretamente se corroa de inveja até ficar velinho!

    Estou sem palavras…. a texturização, o aspecto inegavelmente autoral,as expressões de corpo e rosto, a coloração, o SENTIMENTO que você, docinho, coloca no traço……

    Definitivament sem palavras!

    Curtir

  9. EDITORIAL SANTUÁRIO :

    Segunda – Arte do devoto

    Terça – Fabulosos Vingadores #4

    Quarta – O Questão III

    Quinta – O que aconteceria se…

    Sexta – BATMAN!!!

    Sábado – Umas Tiras da Pesada!

    Domingo – O Quarto Mundo de Jack Kirby!
    o

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s