X-MEN e NOVOS TITÃS: “Quem se atreve a invocar a FÊNIX NEGRA? – Eu, DARKSEID”!

Resenha de Marvel and DC Presents: The Uncanny X-Men and The New Teen Titans de Chris Claremont (roteiro), Walt Simonson (desenhos) e Terry Austin (arte-final).

Por Rodrigo Garrit

X-MEN criados por Stan Lee e Jack Kirby.

NOVOS TITÃS criados por Marv Wolfman e George Pérez.

NOVOS DEUSES criados por Jack Kirby.

Contém spoilers revelações sobre a história.

NTTX-Men

A Muralha da Fonte está localizada próxima ao fim de todas as coisas, onde o universo físico se mescla aos domínios da imaginação. Nos limites desse lugar, Darkseid e Metron iniciam seus planos a partir de uma pequena troca favores. O senhor de Apokolips fornece a Metron os meios para adentrar a Muralha, e este lhe oferece um dispositivo capaz de absorver resquícios psiônicos de energia.

Na Terra, mais precisamente na Escola Para Jovens Superdotados do Professor Xavier, seus pupilos têm sonhos intranquilos, e Scott Summers também conhecido como Ciclope tem uma experiência bem real com sua falecida namorada Jean Grey.

Longe dali, na Torre Titã, a jovem Ravena também sonha… e em seus pesadelos, ela vê seu Ego Espiritual ser devorado por um imponente pássaro flamejante. Ao mesmo tempo, Slade Wilson, o Exterminador, que no momento está a serviço da Intergangue, coloca em prática os planos de seu sombrio empregador, usando o dispositivo de Metron nos lugares onde Jean Grey manifestou a Força Fênix, absorvendo dali energias residuais deixadas por ela e coletando-as com a finalidade de nada menos que ressuscitar a Fênix Negra e usar seu poder para transformar a Terra em um segundo Apokolips.

Esses eventos interligados irão forjar uma aliança entre os X-Men e os Titãs, mas mesmo esses  “X-Titãs” serão capazes de conter o poderio de Darkseid somado ao da terrível Fênix Negra?

Darkseid… o monstro se mantém sob controle tão rígido que nem mesmo uma partícula emotiva escapa dele! Sua alma é um vácuo negro, seu poder… sua força… são incalculáveis”!Ravena

Esse é um clássico eterno para qualquer fã de quadrinhos que se preze, publicado nos EUA em 1982, quando na mesma época a DC e a Marvel também produziram encontros entre Batman e Hulk e Homem Aranha e Superman. X-Men e Novos Titãs foi publicado por aqui pela Editora Abril em Grandes Encontros Marvel e DC #2 e Grandes Heróis Marvel (primeira série) # 9.

Feito numa época mais inocente, mas nem por isso carente de qualidade, ele pode ser considerado um crossover entre os X-Men, Novos Titãs e os Novos Deuses, dada a importância dos personagens na trama. A história se passa numa realidade onde os personagens do Universo Marvel e DC convivem normalmente, (na assim chamada “Terra Crossover“) sem a necessidade de viagens entre mundos para que eles se encontrem. Todos se conhecem, ou pelo menos já ouviram falar uns dos outros. Isso simplifica a história de tal maneira que até mesmo resta espaço para que uma boa história seja contada, sem a necessidade da criação de subterfúgios mirabolantes para explicar a presença de um no universo de outro. Os eventos mostrados obviamente não influenciam a cronologia normal das partes e quando a última página é lida e fechada, esse universo mesclado volta para o seu lugar nos confins da imaginação e a Marvel e DC seguem seus caminhos distintos e independentes.

“Os adultos me negam, mas as crianças me conhecem pelo que eu sou! Isso torna os inocentes perigosos para mim”! – Darkseid

Os autores souberam usar muito bem as semelhanças entre os personagens, e os colocaram lado a lado para evidenciá-las de forma bem nítida, para delírio dos fãs entusiastas. E não falo apenas das semelhanças óbvias como a dos blindados Colossus e Ciborgue… eles levaram isso bem mais além, insinuando um clima romântico entre Mutano e Kitty Pryde, os mais jovens de cada equipe, o que deixou Colossus com ciúmes pelo tempo que levou para Estelar lhe aplicar um beijo de língua a fim de aprender o idioma russo…

Até mesmo o uso de Gar Logan, o Mutano e Wolverine tentando farejar juntos os inimigos não foi desperdiçado.

“Ameaças cósmicas estão fora de nossa capacidade de ação, Kory! Talvez seja melhor contatar a Liga da Justiça ou os Vingadores”!Robin

Foi muito inteligente o uso das mitologias das editoras para chegar a um denominador comum que fizesse sentido dentro da trama. O melhor exemplo disso foi o fato da Estelar já conhecer a ameaça da Fênix, uma vez que sendo um perigo universal, os rumores sobre sua existência se espalharam rapidamente pelo cosmos, e a própria Lilandra do Império Shiar contatou o Povo da Cidadela entre outros impérios galácticos para avisar sobre a criatura. Tendo sido escrava da cidadela, Koriander conhecia bem o nível de catástrofe relacionado a Fênix.

O Exterminador entrou na história como o clássico inimigo dos Titãs, mas também foi bem utilizado comandando a Intergangue, que nada mais é do que uma facção dos asseclas de Darkseid na Terra e não demorou para que ele comandasse sua própria horda de parademônios.

“Você é atormentada por um mal que se rivaliza ao meu! Não pode me conter, Ravena! Nós somos muito semelhantes… quase como irmãs”!Fênix Negra

Também foi interessante ver Charles Xavier desfrutando da Poltrona Mobius de Metron… ampliando seus poderes e integrando sua telepatia aos poderes empáticos de Ravena, fazendo deles alguns dos componentes mais poderosos e decisivos para o desfecho.

Mas se por um lado as semelhanças foram evidenciadas, as diferenças também não deixaram de ter sua vez, embora é claro, não com todo o desenvolvimento que mereciam pela óbvia falta de espaço e até para que não comprometesse o ritmo da história, mas tivemos alguns vislumbres épicos de batalhas entre Wolverine e o Exterminador e da Fênix Negra contra Estelar, por exemplo.

3

“Corta o papo furado e arranja uma cerveja bem gelada, elfo. Salvar o mundo dá muita sede”!Wolverine

Walt Simonson estava em plena forma, desenhando com muito vigor e não deixando nada a dever  aos artistas em evidência na época, George Pérez em Novos Titãs e John Byrne em X-men. Somando isso a um roteiro que leva a história a um patamar épico, usando o que de melhor havia a se oferecer dentro das duas franquias, o que temos é um item de colecionador obrigatório para todos os fãs de super-heróis.

A Fênix Negra e Darkseid no traço de John Byrne. Clique para ampliar!

Anúncios

18 comentários sobre “X-MEN e NOVOS TITÃS: “Quem se atreve a invocar a FÊNIX NEGRA? – Eu, DARKSEID”!

  1. Pra quem não sabe a Marvel plagiou a patrulha destino ou Doom Patrol da Dc comics, meses depois surgiu o x-mem…

    Bah Marvel vai criar vergonha nessa cara… Duvidam???? então pesquisem e sejam felizes…

    Curtir

  2. Legal a matéria, isso me lembrou da nova série Teen Titans (Turma Titã) escrita e desenhada por Dan Jurgens começou depois de um ano com um novo #1 (Outubro de 1996), com o co-criador de New Teen Titans George Pérez como colorista. Eléktron . que tornou-se jovem após os eventos de Zero Hora , liderou o novo time, com Arsenal tornando-se mentor no meio do caminho até a edição #24, que terminou em Setembro de 1998. A série de Jurgens tornou-se impopular com os leitores devido ao uso de novos personagens que não tinham ligação com encarnações anteriores da equipe. Os novos personagens foram criados devido a uma decisão editorial prevenindo o uso de Donna Troy, Asa Noturna e Ravena na revista.

    Curtir

  3. Dizer qualquer coisa sobre essa história é chover no molhado então resta apenas agradecer ao Rodrigo por essa lembrança tão boa nq cabeça do nérdvéios e apreciadores de bom material.
    P.S. Só lembrando que esta foi a primeira aprsentação da variante do uniforme do Wolverine em marrom.

    Curtir

  4. Essa revista e esse conto estão em lugar muito especial na minha memória e no meu coração, pois combinam os três elementos que mais amo nos quadrinhos DC & Marvel: Novos Deuses, X-men e Novos Titãs !!!!! Muito obrigado por esse presente, sacerdote Garrit!!! 😉 🙂 🙂

    P.S.: Ver a Ravena agindo como a Ravena, não tem preço!

    Curtir

  5. Quando entrei neste estupendo site e li o título desta resenha, não pude deixar de comentar. Sem dúvida, X-Men, pela Marvel e Novos Titãs, pela DC foram minhas paixões (falando em equipes de heróis) lá nos anos 80, quando eu ainda era uma novata no mundo da nona arte.

    Amava os X-Men do Claremont/Byrne.

    Quanto aos Titãs de Wolfman/Perez… estes simplesmente me faziam pentelhar a vida do jornaleiro todos os meses. Muitos poderão achar estranho (ou mais) o que irei afirmar: mas, por causa desta equipe, até hoje, gosto mais do Asa Noturna que do Batman (sacrilégio??? rsrs. Culpa dos gênios criadores citados). E como eu gostava daquela novela cheia de jovens personagens incríveis chamados Novos TItãs. Infelizmente, nestes Novos 52, as histórias dos atuais NT são chatas e os personagens não tem o mínimo de carisma, se comparados aos daquele tempo.

    Quanto aos Novos Deuses.. bem… estes estão naquele patamar de personagens épicos (êita palavrinha que atualmente virou clichê, mas ela cabe muito bem neste caso). Assim como os Eternos (da Marvel)… Ah, senhor Kirby. Obrigada!!

    Sobre a história (crossover) resenhada por você: absolutamente vibrante. As duas equipes de maior sucesso naqueles tempos foram maravilhosamente representadas neste especial. Tenho ela aqui em casa (ed.Abril) e é para toda a vida.

    Obrigada, Rodrigo… bela lembrança… bela resenha

    ps* amei o Sr. Milagre todo faceiro dependurado no “S” lá em cima. Sou fã do marido da Grande Barda…

    Curtir

    1. Lucy, esse Senhor Milagre pendurado no logo foi um sonho meu desde que passamos a mudar o logo a cada 15/20 dias e nunca era feito, até que apareceu um amor de desenhista, chamada Tâmara Lopes que o concretizou para todos nós essa semana!!! Não canso de babar nele!!!

      Curtir

  6. EDITORIAL SANTUÁRIO :

    Segunda – Fabulosos vingadores #5

    Terça – Fabulosos X-men #5

    Quarta – O Questão IV

    Quinta – 10 poderosos Vilões Marvel

    Sexta – Liga da Justiça #12

    Sábado – Umas tiras da pesada!

    Domingo –

    4

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s