O QUESTÃO – Welcome to Oz

0013_segunda-vista

Por Carlos “questões sem respostas” Lenilton

Img-de-Capaquestào4O quarto volume de encadernados (TPB ou Tradepaperback nos E.U.A.) de O Questão, foi lançado em Abril de 2009. “Welcome to Oz” (sem tradução em português) trazia as edições #19 ao #24.

O Questão – criado por Steve Ditko

Em “A plastic dilemma” ou “Um dilema plástico” o Questão está as voltas com fabricantes de armas plásticas imperceptíveis aos sensores de armas convencionais. O mesmo pode estar indo de encontro a candidata à prefeitura de Hub City, Myra Fermin, que está precisando urgentemente de apoio político e financeiro para ter alguma chance real de se eleger.

Mas aceitar qualquer tipo de apoio será correto? Afinal a ajuda vem de um sujeito que fabrica armas de plástico que está caindo direto nas mãos de terroristas e assassinos. E enquanto Vic Sage tenta  encontrar provas de que Alexander Polys, o tal fabricante, tem parte com os vilões do arco anterior, Myra tem de decidir se a tal ajuda vale a pena.

História interessante por mostrar os bastidores de uma eleição, eleição esta regada não só a pinga mas também muita sujeira: de um lado um candidato, Royal Dinsmore, extremamente racista que deseja chegar ao poder apenas pra jogar negros, amarelos e latinos em guetos e de outro a esposa de um prefeito alcóolatra e fraco.

2869520-the_question_poster

No fim embora o Questão não encontre provas contra A. Polys, a candidata Myra Fermin decide não aceitar ajuda de ninguém que de alguma maneira auxilie atividade criminosa alguma. Quem dera existissem mais políticos como essa mulher.

Em “Send in the Clowns” ou algo como “Mandem os palhaços” o palhaço Mikey perde a linha ao vivo em seu programa na KBEL e comete as maiores baixarias após surtar por causa de sua sexualidade reprimida (uma escolha meio tosca de assunto mr. O’Neil). Isso acarreta um incidente mortal: Três vagabundos sem nada o que fazer resolvem “vingar” a honra das crianças que assistiram ao tal absurdo e matam um pobre palhaço que fazia propaganda de um circo local. Prevendo que o ataque deveria ser dirigido ao palhaço Mikey, Vic Sage resolve ficar de olho e tal qual a novela “Salve Jorge” o resto da história é toda resultado de inúmeras “coincidências”. O ponto negativo dessa história foi a extrema violência das cenas, particularmente as achei totalmente desnecessárias.

Em “Rejects” algo como “Rejeitados”, Junior Musto reaparece após um ano depois de atirar em seu pai (como visto no primeiro encadernado) para tentar salvar seu pai cuja vida depende de um transplante de coração. Após cometer uma série de assassinatos e roubar um coração humano, Jr. parte para o hospital onde está seu pai e lá obriga uma equipe médica a fazer a cirurgia. É claro que o Questão aparece para resolver a situação afinal foi por obra sua que Jr. encontra-se livre. História simples, direta e talvez por isso mesmo muito bacana.

Em “Election Day: The Fix” algo como “Dia de Eleição: O Esquema” o Questão descobre um esquema de urnas alteradas que possibilitará a vitória arrasadora de Royal Dinsmore sobre Myra Fermin.  Como reporter Vic Sage pede ao juis Lewis Rockland uma intervenção imediata, afinal a eleição será dali a algumas horas, e tudo que consegue dele a uma traição vil. Rockland entrega Sage de mão beijada para Dinsmore. Este manda matar Sage usando para isso uma enorme gangue de motociclistas barra-pesada que talvez esteja além de qualquer controle.

1248976-questionoz

Em “Election Day: Welcome to Oz” ou “Dia de Eleição: Bem-vindo à Oz” enquanto a eleição segue um poderosíssimo tornado runa em direção a Hub City, tão forte que pode devastar toda a cidade. Alheios a isso a gangue contratada por Dinsmore surra violentamente toda e qualquer pessoa que não esteja disposta a votar em seu contratante. Uma destas pessoas é Tot Rodor e o Questão não deixará esse crime impune.

Em “Election Day: The Dark” ou “Dia de Eleição: A escuridão” a eleição para prefeito de Hub City termina sob o pior tornado da história americana. O Questão emerge dos escombros da cidade vitorioso e radiante pois acabou com a gangue contratada por Dinsmore. Este morre durante sua tentativa de salvar-se da própria gangue e também do tornado, dando a vitória de mão beijada para Myra Fermin graças a uma lei municipal de Hub City chamada: Lei Sternglow (segundo esta lei fictícia o candidato que morrer antes de assumir o cargo passa imediatamente o cargo ao segundo colocado). Mas nem tudo são flores e o bebum seboso Wesley Fermin, agora ex-prefeito e quase um ex-marido, atira em Myra durante seu discurso de posse… As consequências disso na próxima semana.

S_Final

Anúncios

17 comentários sobre “O QUESTÃO – Welcome to Oz

  1. Com esses novos cancelamentos da DC nos novos 52 nos próximos meses pra , poderiam pensar em publicar uma série responsa do Vic Sage…

    Curtir

  2. Carlos, sem sombra de dúvida eu achei esses dois encadernados, os melhores da fase Dennis O`Neill a frente do herói sem rosto mais amado dos quadrinhos! Tanto na arte como na inspiração de todos os argumentos (inclusive o do palhaço…) 😉

    Curtir

    1. Depois desses a peteca começa a cair mesmo. Mas minha peteca pretendo continuar jogando pra cima. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk! Valew Victor!

      Curtir

  3. Mais urbano que isso, impossível. Todas as belezas e mazelas (essas bem mais!!!) de uma grande cidade retratadas e as atitudes, modo de ser minimalista (não importa como ou de que modo. Não deve haver injustiça) de uma grande persona da DC. Violência desnecessária é bobagem. Isto faz parte da alma da cidade e precisa estar lá sim. Recomendo a todos também a série The Filthy e vão ver que o Questão tem ótimo fundamento até nestes quesitos. Esperando o próximo Lenilton.

    Curtir

    1. Como retrato de grande cidade vc tem razão. Ainda mais hj infelizmente. Violência saindo pelos ralos. Triste verdade Nilson.

      Curtir

  4. EDITORIAL SANTUÁRIO:

    Segunda – Homem de Ferro 3 *- A RESENHA! -*

    Terça – Guardiões da Galáxia # 2

    Quarta – O Questão?

    Quinta – Vida longa e próspera! Curiosidades sobre Star Trek!

    Sexta – Monstro do Pântano # 12

    Sábado – Umas Tiras da Pesada!

    Domingo – Miracleman / Marvelman de Alan Moore: Livro III
    o

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s