Zero Bit – uma estória corriqueira, por Pablo Ramos

conta-outra-maior

Img-de-Capa

É com toda cara-de-pau que me aproprio, hoje e sempre que der vontade, do espaço inapropriável de nosso Soberano, o Cavaleiro Vermelho da Justiça, Venerável Victor Vaughan, vulgo 3V, terror dos covardes e luz dos nerds.

Hoje leremos uma história de luta e conquista, uma volta ao mundo em 80 desejos, sinopse épica da alma humana. E se não for isso, que pelo menos possa encorajá-los a se desfazer do supérfluo e doar suas revistinhas para o acervo do Santuário, aonde estarão seguras.

Boa leitura.

celular_do_futuro_bigSempre foram amigos e o tom da conversa seguia amigável, mas as palavras eram como tiros num duelo gentil: por trás da aparência de conversa trivial havia uma acirrada disputa aonde nenhum dos dois queria dar o braço a torcer. Tinham gasto muito dinheiro e estavam certos de terem feito a melhor aquisição; disparavam as vantagens de seus aparelhos no peito do amigo do peito.

– O T-500 tem blutúfi com localizador automático de contatos num raio de dois quilômetros – exagerava um, certo de que ia ganhar a parada. Determinado, o outro defendia seu novíssimo ViewMAX 3, abrindo-o de três maneiras diferentes:

– Ah, e olha só, cada funcionalidade tem uma configuração modular. Eu posso usar este lado para ouvir música enquanto sincronizo a agenda no verso e gravo um vídeo postado automaticamente.

O do T-500 não se abalou com a novidade:

triplewatch– Mas os modelos T podem ter até 4 chips reversíveis, são acolchoados ergonomicamente com neoprene, liga de adamantium e GPS integrado com a conexão sem fio!

– Com o ViewMAX eu acesso todas as redes sociais com esse aplicativo, ele gerencia meus contatos e faz as pessoas gostarem mais de mim.

– A câmera do T-5000 tem Megapixels de profundidade dupla, o flash é de xênon – tira fotos no vácuo absoluto e com essa resolução dá pra imprimir a imagem com até trezentos metros!

– O ViewMAX 3 tem conexão sem sinal! Ele randomiza a freqüência e pega bem até desligado, faz vídeo-chamada com seis câmeras auxiliares em telas-cheias simultâneas. E ele recarrega automaticamente!!

 O do T-500 ficou sem palavras, realmente o seu modelo não tinha tais comodidades para a vida moderna. Mas não ter o melhor aparelho é como ter o pior. Sem muita certeza, inventou:

– Esse aqui tem tecnologia ZeroBit 2.2… O ViewMAX tem tecnologia ZeroBit?

Nitidamente abatido, o do ViewMAX 3 tentou uma saída honrosa, desdenhando:

– Não, não tem, mas eu não compro celular pensando nessas coisas……

CPT002Vitória do T-5000! Mais tarde, em casa, o novo usuário do modelo ViewMax, antes mesmo de pagar a primeira prestação, sentia perderem-se em instantes os séculos de felicidade que comprara com seu aparelho. O sentido da vida perdera o prazo de validade. Desabafou em sua página pessoal: “Aguardando versões do WiewMAX com tecnologia ZeroBit 2.2”. E foi dormir.

sleak-n-slimO comentário, que foi enviado para mais de 400 pessoas, foi repassado por 20 fanáticos por tecnologia de sua lista, e por outras pessoas, até bater na página de um crítico de tecnologia, que fez uma piada com o nome da tal tecnologia. Isso fez com que milhares de pessoas repassassem seus comentários, em todos os continentes. Até que um site especializado publicou uma matéria “A caça ao ZeroBit, novidade misteriosa”. As palavras “zerobit” e “novidade” logo foram associadas pelos mecanismos de busca e apareceu um vídeo no iutubi chamado “eu também quero ZeroBit”, aonde dois adolescentes dançavam com fraldas na cabeça e seus celulares piscando nas mãos. Milhões de acessos. O mundo todo dançou o “Zerobeat”.

nokia_openFabricantes de aparelhos celulares logo procuraram saber quem tinha a patente de tão desejada tecnologia. Uma das maiores empresas de tecnologia do mundo rebatizou um de seus aplicativos para telefones de tecnologia ZeroBit 3.0.

Brilhando em giros espaciais, conectando pessoas felizes e guardando o mundo em sua minúscula telona, o ViewMAX Ômega foi lançado mundialmente prometendo ser “o único com tecnologia ZeroBit 3.5”. Sucesso absoluto de vendas.

Esquecido do duelo travado com o colega de trabalho ha algumas semanas, o já infeliz proprietário do  ViewMAX 3 olhava o anúncio de lançamento do modelo Ômega. Tirou seu telefone ultrapassado do bolso, encarou-o seriamente e sentenciou:

– Essa porcaria já não serve pra nada!

1360062013_479456375_7-celular-velho-curitiba-sucata-

S_Final

SUPER HERO CON – Site oficial

super-hero-con

Anúncios

9 comentários sobre “Zero Bit – uma estória corriqueira, por Pablo Ramos

  1. Saudosista que sou, lembro-me perfeitamente dos tempos de outrora… em que ninguém superava o Nokia 5125!!! Era um deslumbrante TDMA com tela monocromática, antena externa, dimensões 47x132x29 (LxAxP, em mm) e peso de 138 g. Entre as principais funcionalidades, possuía agenda que permitia até 100 registros (Uau!!!) e era praticamente inquebrável!!!

    Aposto que o ViewMAX Ômega com tecnologia ZeroBit 3.5 não aguentaria uma disputa de arremessos à parede ou ser ralado no asfalto ao cair do bolso da bermuda a altas velocidades de bicicleta!!! Humpf!!!

    Essa juventude de hoje não sabe o que era a perfeição de sinal e a resistência sobrenatural desse celular de macho!!!

    Curtir

  2. Qualquer homem, para mostrar se merece realmente desfrutar desse meu corpinho, que assim como o da Emma Frost, é o melhor que o dinheiro pode pagar e capaz de levá-lo ao Nirvana e trazer de volta com todo o luxo desse mundo, tem que me comprar um Zero Bit, Pablo!!! Não aceito Ching Lings nem Iphones!!!!

    Curtir

  3. Cara, me diverti horrores aqui com as funcionalidades dos aparelhos… o aplicativo que faz as pessoas gostarem mais do usuário, a possibilidade de tirar fotos no vácuo absoluto e a resolução capaz de imprimir imagens de até 300 metros foram minha favoritas… eu quero!!! Huahahhauua…!!!! Mas sério, essa tecnologia zerobit nada mais é do que o velho (e bota velho nisso) conceito do “eu tenho e você não tem”!! Só você mesmo…!

    Parabéns e obrigado por alegrar meu fim de noite!!!

    Curtir

  4. EDITORIAL SANTUÁRIO:

    Segunda – Conta Outra!

    Terça – Novíssimos X-men!

    Quarta – Aquaman!

    Quinta – Os dez personagens que representam minorias étnicas na DC e Marvel!

    Sexta – Batman!

    Sábado – Umas Tiras da Pesada!

    Domingo – O Inescrito!
    o

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s