JACK KIRBY! As Lendas não morrem jamais!

_0010_Setimo CeukirbyUma homenagem ao eterno Rei dos Quadrinhos!

kos24

S_Finaljack-kirby

Por Rodrigo Garrit

Com certeza já deu para perceber que este site é “levemente” inspirado pelas criações desse artista… e não é à toa, porque nós do Santuário somos muito fãs do cara mesmo. E por isso, nada mais justo do que no mês do seu aniversário, falar um pouquinho sobre sua vida e obra… com vocês: O REI.

xmen1

Nascido Jacob Kurtzberg, essa lenda viva da nona arte veio ao mundo em 28 de agosto de 1917 e até hoje sua obra perdura, fazendo dele um dos mais influentes artistas de história em quadrinhos de todos os tempos. Natural na cidade de Nova Iorque, filho de imigrantes austríacos, desde menino sentiu um chamado para a arte. Grande fã dos “Pulps” (antigos livretos de aventuras fantásticas, impressos em papel barato, que faziam a alegria da garotada na época), além de outras obras como “Terry e os Piratas”, “Príncipe Valente” e “Flash Gordon”. Tudo que influenciaria sua futura carreira, em proporções literalmente cósmicas.

Image

Carreira esta iniciada em 1935 nos Estúdios Fleischer (o mesmo que produziu uma memorável série do Superman), onde trabalhou na animação do personagem “Popeye”. Depois disso ele juntou-se ao “Lincoln Newspaper Syndicate” em 1936, trabalhando ali até a falência do mesmo.  Foi quando conheceu Joe Simon, que já fazia trabalhos freelance de quadrinhos para diversas editoras. Não demorou para Kirby e Simon começarem a produzir e vender suas próprias HQs, até que juntos criaram o Capitão América para a Timely Comics, que mais tarde se tornaria a Marvel Comics.

Mistermiracle11-00Também com Joe Simon, ele criou obras famosas para a DC Comics, como uma versão do Sandman na revista “Adventure Comics”; Boy Commandos, Legião Jovem e Caçador. Voltando a Marvel, juntou-se a Stan Lee para desenvolver novos heróis. Kirby foi então co-criador de grande parte dos personagens da Marvel nos anos seguintes: Thor, Hulk, X-Men, Surfista Prateado, Os Vingadores, Doutor Destino, Galactus, Quarteto Fantástico, Magneto, Os Inumanos e sua cidade perdida de “Attilan“, além do Pantera Negra – o primeiro super-herói negro dos quadrinhos, e da nação africana de “Wakanda“.

kirbyaveng11201277

Em 1970, numa surpreendente decisão, ele deixou o sucesso e fama na Marvel, voltando para a DC, onde empreendeu uma verdadeira revolução: lançou inovadores personagens que forjariam seu próprio universo: Os Novos Deuses, Senhor Milagre, O Povo da Eternidade e as histórias do título “ Superman’s Pal Jimmy Olsen“. Juntos, estes títulos compunham o novíssimo “Quarto Mundo de Jack Kirby“. (Denominação que só aconteceria anos depois). Munido de total liberdade criativa, (era escritor, desenhista e editor desses títulos) ele concebeu uma série de míticos seres, oriundos dos planetas Nova Gênese e Apokolips, seres com a arrogância de se auto intitularem deuses, embora com todos os defeitos e paixões dos mortais. (Tais como os deuses do Olimpo e de Asgard, afinal…) Eles faziam parte de uma saga que, como as capas gritavam, eram um épico para os nossos tempos. E quem pode afirmar o contrário?

Demon-2Infelizmente, porém, as vendas não corresponderam ao esperado, pois eram algo muito à frente de seu tempo, e as mesmas foram canceladas. Somente em 1984, Kirby criaria uma história do desfecho da batalha final entre Órion e Darkseid. (Ainda que mesmo ali ainda não teríamos um desfecho definitivo para a sua grande saga cósmica). Uma saga que alguns acreditam que ele buscou inspiração em materiais como “Star Wars” e no livro “Eram os Deuses Astronautas?” de Erich von Däniken, sem que isso faça sua obra perder em originalidade.

kam (12)

Mas não foram só os Novos Deuses a serem introduzidos por ele na editora.  Ainda na DC, Kirby criou novas séries, como OMAC, (One-Man Army Corps), onde contava as aventuras do guerreiro Buddy Blank, que com o auxílio do satélite Irmão-Olho, lutava contra as mais terríveis ameaças como um exército de um homem só;  Kamandi, que durou 59 edições, narrando os dramas do “último menino da Terra” num mundo pós-apocalíptico dominado por animais falantes; o demônio Etrigan, misturando mitologia celta e as Lendas Arturianas com a figura super-heróica. Todos estes personagens seriam de fundamental importância na mitologia da DC, alguns reinventados, e outros quase sem nenhuma alteração, em especial Darkseid, provavelmente o legado mais sombrio deixado pelo artista à editora.

fantastic-four-cover-1Em 1975, Kirby procurou Stan Lee, que o acolheu mais uma vez na Marvel, produzindo os títulos Homem-Máquina, Devil Dinosaur e Os Eternos – apontado por alguns como uma espécie de “continuação” de seu trabalho nos Novos Deuses.  Nessa época ele produziu também uma versão em quadrinhos do filme “2001, Uma Odisseia no Espaço” e escreveu as histórias do Capitão América.

cap'n vic

Com o tempo, Kirby passou a trabalhar com animação, mas isso não o impediu o rei de contribuir com editoras de menor escalão, como a Pacific Comics, criando o Capitão Victory  – onde mais uma vez a influência do seu Quarto Mundo aparece forte – o personagem soa como o “filho de Órion” na imaginação dos fãs mais sentimentais.

av12

Entre as animações mais conhecidas em que trabalhou, destacam-se os desenhos “Turbo Teen” e “Thundarr the Barbarian”.

Jack “o Rei” Kirby se juntou à Fonte em 06 de fevereiro de 1994, aos 76 anos, mas seu legado permanece forte nas novas gerações… e sua inegável influência em diversos novos artistas, como por exemplo Bruce Timm, criador da série animada do Batman e outras, só pra citar um exemplo.

Que os quadrinhos ainda desfrutem por muito tempo do legado deixado por Kirby, e que, com o tempo, as novas gerações continuem dando prosseguimento ao seu trabalho.

Seus súditos agradecem.

Superman e Homem Aranha retratados pelo traço inconfundível de Krby!
Superman e Homem Aranha retratados pelo traço inconfundível de Kirby!

S_Final

 

Clique AQUI para curtir nossa página no Facebook! É gratuito e sempre será! ;)
Clique AQUI para curtir nossa página no Facebook! É gratuito e sempre será! 

;)

“O mundo é mágico.
As pessoas não morrem, ficam encantadas”.

João Guimarães Rosa

Anúncios

45 comentários sobre “JACK KIRBY! As Lendas não morrem jamais!

  1. “Que os quadrinhos ainda desfrutem por muito tempo do legado deixado por Kirby, e que, com o tempo, as novas gerações continuem dando prosseguimento ao seu trabalho.”

    AMEM

    AMEM

    AMEM

    Esse, realmente, nesta época de Novos 52 para tudo que é lado deveria ser um legado sempre lembrado. Infelizmente, picaretas como Jim Lee e Dan Didio existem para estragar O Sonho e conspurcarem o legado de um legítimo Adepto da Fonte que foi Jack Kirby.

    Curtir

  2. Todos nos que adoros o mestre Kirby, ficamos honrados com essa homenagem, Rodrigo vc usou sua telepatia e leu nossas mentes e disse tudo nesse texto maravilhoso vale cara muito obrigado.

    Curtir

  3. Tomei conhecimento do Jack Kirby, seu trabalho, sua história e sua importância na revista Mundo dos Super Heróis 25. Acredita que eu adorava muito do que ele criou, e produziu, e nunca parei pra reparar em quem era o artista?

    Parabéns pelo artigo Garrit!
    Sempre somando cultura à nós devotos!

    Curtir

  4. Parabéns pela homenagem ao meste Kirby Rodrigo Garrit! E obrigado por me trazer a lembrança Kamandi o ultimo garoto da terra eu li ainda o numero 1 da revista dele ainda lançada pela Ebal se não me engano! Viva o o Rei!

    Curtir

  5. Sempre chapei com as idéias do Kirby!!!! O primeiro contato foi co o Capitão América e tempos depois com os Eternos. Só depois dos 15 anos desbravei todos os seus universos e tenho a certeza que mesmo longe desse mundo agora, ele me fascina, como os trabalhos do mestre que ainda não li como também todos aqueles que verdadeiramente se inspiraram e se inspiram nele!!!

    Curtir

  6. Rapaz,eu assistia Thunndar e só agora fiquei sabendo que era criação de Kirby.Sempre achei ele parecido com He-Man e por isso,dos mesmos criadores.

    Curtir

    1. Thundarr não foi uma criação apenas dele, mas seu estilo ficou evidente em toda a série… o vilão “Gemini” lembra bastante o Darkseid… enfim, é legal lembrar disso e pensar que antes de saber quem ele era, de alguma forma já tinha me alcançado…

      Abraços!

      Curtir

  7. Eu não tenho nenhum gibi desenhado pelo Rei na minha coleção, é mole?
    Demorei pra conhecer o traço dele, e ainda não encontrei nenhum gibi feito por ele que me conquiste.
    Mas recomendo aos leitores do Santuário o álbum “O Sonhador”, do Will Eisner, que é inspirado nos anos iniciais dele no estúdio Eisner e Igel. Tudo nessa história está “disfarçado” de ficção, com os nomes das pessoas trocadas. Mas dá pra reconhecer um certo baixinho encrenqueiro que trabalhou no estúdio dele, e que era considerado o melhor desenhista da turma.
    Uma bela homenagem do Mestre ao Rei.

    Curtir

      1. Os Novos Deuses dele é algo que me chama atenção, mas ainda não tive oportunidade de ler. Gosto dos personagens, já li histórias de outros personagens com participações deles.

        Curtir

  8. Kirby foi um gênio, é impossível pensar em quadrinhos sem pensar nele!
    Acho interessante o fato dele ter criado o Surfista, por achar que o Galactus precisaria de um ajudante, imaginem como seria o final daquela saga sem o Surfista?

    Curtir

  9. Jack Kirby

    Para mim Jack Kirby é O CARA! Entre os cinco maiores criadores ou artistas de todos os tempos, ele está para mim em primeiro lugar. Por melhor que a minha vida seja daqui por diante, nunca vou dizer que pude fazer tudo o que quis nesse mundo, pelo simples fato de ter que carregar a noção que de algum modo fui contemporâneo desse cara e ele se foi, sem ao menos eu poder dar um abraço BEM apertado nesse corôa ranzinza e maravilhoso! Obrigado por me proporcionar muitas e muitas aventuras e fantasias que NUNCA esquecerei, obrigado por criar universos, deuses, demônios e deuses que ajudaram a formar a noção de moral e responsabilidade com o mundo que tenho hoje!!! KIRBY EU TE AMO MUITO !!!!!!!!!!!! 🙂 😉 😉 😉 🙂

    Curtir

  10. Parabéns ao mestre Jack Kirby! O aniversário foi ontem, sabemos, mas a homenagem veio em ótimo tom e lugar! Como bom marvete e principalmente viciado em quadrinhos de super heróis, eu adoro, idolatro, amo o REI!!! Parabéns ao Rodrigo pelo texto!!! A paixão pelos quadrinhos se mistura com a por esse cara, Kirby forever!!! 🙂

    Curtir

  11. O projeto Cadmus certamente tem uma amostra genética dele armazenada, esperando para trazê-lo de volta quando a humanidade fizer por merecer seu retorno!

    Curtir

    1. Dubbilex deve ter registrado em sua mente os padrões psíquicos do Jack Kirby original, no intuito de assegurar o sucesso deste projeto!

      Curtir

  12. Ele voltou para a Fonte, mas suas criações, que hoje estão nas mais diversas mídias, ainda servem como tubo de explosão para outra realidade a milhões de pessoas em todo o mundo!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s