Guardiões da Galáxia #7 – Um anjo de Angela…

PrimeiraImpressao_02

por Venerável Victor “Tratador de macacos galácticos” Vaughan

Img-de-CapaAngela#7E então acontece de que às vezes certas teorias que nós leitores de quadrinhos temos sobre determinada produção cada vez mais parecem se mostrar coerentes. O que muitas vezes era uma piada interna entre fãs pode se apresentar como verdade. Para nosso prazer e terror…

Minha teoria era de que o roteirista Brian Michael Bendis assumiu essa revista muito mais por imposição editorial do que por vontade própria. Com o filme da equipe sendo lançado daqui há poucos meses no ano que vem, esses personagens precisavam ser apresentados para toda uma nova geração de leitores, assim como também sua revista deveria ser produzida por uma equipe criativa forte no mercado… Então Bendis foi escalado para a missão. E essa edição fornece ainda mais indícios de que isso pode ser verdade.

A primeira coisa que essa revista esse mês proporciona é mais elementos para a história atual com foco e desenvolvimento para a convidada especial do título, Angela, em detrimento da equipe.

Com ela sendo uma criação do maravilhoso escritor Neil Gaiman e o resultado direto das consequências da última saga da Marvel, A Era de Ultron, os aspectos mais interessantes desse capítulo foram todos dedicados à ruiva. Lembrando que as duas edições anteriores também foram focados na sua introdução no universo de heróis da Casa das Ideias.

Se a intenção era fazer com que o leitor regular dessa publicação realmente se importasse com essa personagem, o objetivo parece ter sido alcançado, mas os outros personagens sofreram e muito esses últimos meses com isso. E o objetivo primário que parecia ser o dessa revista: reapresentar os Guardiões, se perdeu totalmente.

Compromete demais essa edição os diálogos gerais e a falta de ação entre os heróis à medida que essa história é contada. Bendis é muito conhecido por proporcionar dezenas de piadas internas entre os personagens, mas aqui isso tudo só atravanca ainda mais o ritmo da trama. Ele é acusado diversas vezes de descomprimir suas tramas entre as edições – elas levam meses e meses para que algo realmente aconteça – e essa edição é um exemplo perfeito dessa atitude. Essa é uma história lenta que leva séculos para simplesmente seguir do ponto “A” para o ponto “B”. Isso só colabora para se acreditar que ele conduz a revista por obrigação simplesmente.

O que também incomoda aos fãs das antigas (e eventualmente um novo) é a caracterização dos Guardiões, o que aqui é quase não existente… Tanto na ação como nos diálogos. Sim, há muitas piadinhas entre eles e personagens como Peter Quill (o Senhor das Estrelas) e Tony Stark só se fazem perceptíveis por causa delas, triste. Os outros? Simplesmente não têm a mesma sorte.

Gamora é raivosa sempre, Rocket Raccoon é sempre impulsivo, Drax – o mais descaracterizado – também é sempre raivoso e Groot… É Groot sempre. E isso é tudo. E volto a dizer, os fãs de longa data só podem se sentir desapontados, para dizer o mínimo.

Entretanto o único ponto de esperança nessa edição vem da arte de Sara Pichelli e Valerio Schitti, que fazem o seu melhor para que essa revista seja visualmente interessante. Cada um deles fica responsável por determinadas partes da trama desse mês, mas cada um proporcionando o máximo de força para a narrativa visual.

GARGAL2013007-int-LR2-4-529f9

Sara Pichelli que ficou a cargo da sequência do interrogatório entre Angela e os Guardiões tem a tarefa mais ingrata da edição. Destaque para a delicadeza de seu traço nas expressões dos personagens e no cuidado com os painéis e cenários de fundo.

guardians-of-the-galaxy-7-page-8

Valerio Schiti ficou com a missão de representar as memórias de Angela de seu mundo natal, o Paraíso. Dizer que o artista é talentosíssimo, é falar o óbvio. Ele concede um senso de grandeza e painéis lindíssimos para esse mundo pouco trabalhado dentro do Universo Marvel. Seus monstros, sua Angela e seus cenários são fantásticos, repletos de detalhes. Cada arte que ele produz grita que o artista precisa ganhar seu próprio título para trabalhar na editora.

Essa edição pode ser definida como um trabalho lindo de Pichelli e Schiti, com cores espetaculares de Justin Ponsor, além de um roteiro recheado de informações interessantes e relevantes sobre Angela, mas que sofre de um ritmo lento, caracterizações superficiais de seus protagonistas e diálogos forçados. Uma leitura razoável se você apenas deseja conhecer ou matar a saudade da anja guerreira de Gaiman.

S_Final

 

Na semana anterior, no Santuário

semana#6

Anúncios

5 comentários sobre “Guardiões da Galáxia #7 – Um anjo de Angela…

  1. As histórias de Ângela escritas por Neil Gaiman para o universo do Spawn de Todd McFarlane foram algumas das melhores coisas feitas na época para o personagem, e acho até injusto comparar o que foi feito antes com a nova versão dela. Em um primeiro momento, prefiro só comemorar o fato dela ter saído do limbo e que tenha voltado a ser publicado… não esperava mesmo que revolucionasse a Marvel com seu retorno ou coisa parecida, mas acredito no potencial enorme e nas infinitas possibilidades que se abriram com seu retorno. Ângela. Marvelman. O futuro promete. Estou esperando.

    Curtir

  2. Final: Os Guardiões que não valem, o baixinho careca gordinho de mimimi (pois já faturou$$$prá abrir sua editora e só tá na Marvel por força do contrato) e as IBAGENS que salvam o título. Não sendo chato, mas a minha época do Jardim da Infância já passou e não vou querer ficar vendo só desenho, segundo. Um título desses só agrada o bondedosnovim que se acomoda com criações medíocres e caça níqueis sem vergonha. Por grande respeito aos irmãos daqui as palavras são comedidas (mas me aguardem no BdE!!!!!!!!!).

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s