OS NOVOS TITÃS de Marv Wolfman e George Pérez !

Imagine alguém que consegue desenhar sentimentos. Que exprima numa ilustração, toda uma gama de sensações capazes de convencer o leitor, conceder uma credibilidade tamanha capaz de emocionar…

Você acabou de imaginar George Pérez, o consagrado artista que há anos nos brinda com seu talento. Em meados de 1983, a velha franquia da Turma Titã precisava ser renovada. Então, para esse reboot, o roteirista Marv Wolfman se uniu a Pérez para criar um marco lendário na História das histórias em quadrinhos.

Esse texto não quer ter compromisso com cronologia, minúcias ou pequenos erros de continuidade.

Esse texto é minha declaração de amor ao Titãs.

Por Rodrigo  Garrit

Dick Grayson. Bette Kane. Kory Anders. Karen Beecher. Gar Logan. Charlie Parker. Ravena. Don Hall. Wally West. Donna Troy. Dawn Granger. Victor Stone. Roy Harper. Jason Todd. Azrael. Gnarrk. Tara Markov. Garth. Danny Chase. Joe Wilson. Lilith Clay. Kole Weathers. Tula. Hank Hall. Mal Duncan.

Na versão de “Os Novos Titãs” de Wolfman/Pérez, eles eram uma equipe problemática, mas muitíssimo unida. Ainda tínhamos Robin, Moça Maravilha e Kid Flash, remanescentes da Turma Titã original, quando a dupla de criadores os uniu a alguns novos personagens trazidos especialmente para a renovação da série: Estelar – A princesa Koriander do planeta Tamaran, fugitiva de uma raça de conquistadores; Mutano – Garfield Logan, (ex-membro da Patrulha do Destino), o jovem que sobreviveu a uma doença raríssima na África e ganhou pigmentação verde e o dom de se transformar em qualquer animal vivo; Ciborgue – Victor Stone, cuja genialidade científica de seu pai possibilitou que ele recebesse próteses cibernéticas superavançadas após sofrer um terrível acidente que mutilou seus membros; e a misteriosa Ravena – filha de um demônio extra dimensional, dotada de poderes empáticos e capaz de manipular seu poderoso ego espiritual. Foi ela quem reuniu essa nova equipe de Titãs quando Trigon, seu pai, ameaçou o planeta pela primeira vez. O demônio foi enfim detido com a intervenção de Lilith, uma antiga integrante dos Titãs da Costa Oeste e Arella, mãe de Ravena. Ao fim dessa saga, Wally West, o Kid Flash, deixaria a equipe seguiria seu caminho como o novo Flash.

Mais tarde, velhos membros e novos heróis integrariam a equipe, como Ricardito – parceiro do Arqueiro Verde, mestre da pontaria e exímio combatente; Aqualad – filho da Atlântida, o parceiro de Aquaman também podia se comunicar com a fauna marinha e tinha força, velocidade e reflexos ampliados; Quartzo – que tinha o dom de materializar cristais; Danny Chase – dono de um poderoso campo telecinético; Jericó, o rapaz mudo capaz de possuir o corpo das outras pessoas apenas com um contato visual, filho de um dos piores inimigos dos Titãs, o Exterminador; e Terra, a famigerada Tara Markov, irmã do herói Geoforça e possuidora do destruidor poder de controlar grandes quantidades de terra a seu bel prazer. Ela seria a primeira traidora. Ravena chegou a se voltar contra os Titãs, é verdade, mas estava sob controle de seu pai. Tara Markov não estava sendo controlada quando se uniu ao Exterminador, e quase aniquilou seus colegas de equipe um por um, no clássico “Contrato de Judas”, que até hoje é reverenciado pelos fãs dos jovens heróis como um das melhores sagas dos Titãs de todos os tempos. Essa história mostrou entre outras coisas, a entrada de Jericó na equipe, a transformação de Robin em Asa Noturna e a morte apoteótica da traidora Terra, literalmente soterrada por toneladas de descontrole e loucura.

A vida dos Titãs, apesar de parecer glamorosa dentro daquela enorme torre espelhada em forma de “T”, não seria nada fácil. Eles ainda viajariam de um ponto a outro do universo, lutariam contra seitas secretas, organizações de supercriminosos e veriam seus amigos mais próximos morrerem. E às vezes, voltarem da morte.

Eles também se perguntariam quem é a Moça Maravilha, e a resposta a isso ecoaria nos confins da realidade, onde ficariam a mercê dos caprichos dos deuses. Eles ainda tinham um caminho tortuoso, sofreriam desilusões e paixões, viveriam no limite das emoções, casariam, teriam filhos, perderiam filhos… e seriam apagados da realidade. Mas não do coração daqueles que inspiraram…

“Uma vez TITÃ, sempre TITÔ.

Toda a fase Wolfman/Pérez se tornou uma referência ainda muito atual, não só pela qualidade do material publicado na época (sucesso absoluto de vendas, tendo como concorrentes diretos os então ainda em ascensão X-Men), como pela dose de verdade e realismo encontrada em cada página. (Guardadas as devidas proporções – afinal estamos falando de um gibi de super-heróis!) Os Titãs desse período nunca foram meros personagens para ler e esquecer. Era quase como se fossem pessoas reais que a gente conhece… amigos que  a gente encontrava todo mês nas páginas daqueles gibis. Eles foram a base firme que sustentaram a popularidade da equipe, mesmo quando a qualidade da revista começou a cair com a saída de Pérez e depois de Wolfman. A equipe então teve altos e baixos…. alguns bons momentos, mas nada que se comparasse a glória do passado. A boa notícia é que com a proximidade do aniversário de 30 anos da revista New Teen Titans (onde começou a reformulação Wolfman/Pérez), será lançada uma edição especial que demorou 20 anos para sair do papel: “Novos Titãs: Games”, uma Graphic Novel inédita com uma história fechada, passada nos anos 80, e produzida justamente por Marv Wolfman e George Pérez. O lançamento oficial está previsto para 21 de setembro de 2011 (Nos EUA).

O texto e a arte daqueles tempos tinham algo que é raro nas histórias recentes; eram escritos por fãs dos personagens, que realmente queriam fazer um trabalho bem feito. Não era apenas um roteiro desenhado quadro a quadro. Não eram histórias pensadas para virarem filmes de bilheteria esmagadora, sejam eles de boa qualidade ou não.


Eram uma declaração de amor a esses personagens.

Asa Noturna. Labareda. Estelar. Abelha. Mutano. Águia Dourada. Ravena. Columba I.
Flash. Tróia. Columba II. Ciborgue. Arsenal. Robin II. Azrael. Gnarrk. Terra.
Tempest. Danny Chase. Jericó. Sina. Quartzo. Aquagirl. Rapina. Arauto.

Titans Forever!

Anúncios

22 comentários sobre “OS NOVOS TITÃS de Marv Wolfman e George Pérez !

  1. Bem, eu sempre gostei dos novos titãs, conheci através do desenho, mesmo com gente falando que é ruim, eu aceitei de boas e é isso que importa. Mesmo admirando muito e querendo bastante ler as primeiras versões com a formação original e as demais citadas nesse artigo, eu não consigo achar pra download, ou online e aqui onde eu moro nunca que isso ia vender. Gostaria de pedir ajuda pra esses mais experientes para que me ajudassem a achar essas preciosidades plz

    Curtir

    1. ola Larissa ,vc pode encontrar alguma coisa no formato americano uma parte mais adiante dos novos titãs neste site: comix book shop,net vende os números depois da coleção mais antiga ao qual vc encontra em sebos,casas de revistas usadas,no mercado livre também,mas olhe os dados do vendedor antes,ja fiz compras pelo mesmo não de hqs,,o inicio dos novos titãs não é em formato americano,foram ate relançados ,novos titãs atualmente está sendo vendido em novos 52 da revista da panini comics ao qual é vendida de 4 em 4 meses ,esta na edição no 7,formato americano de180 paginas,como ainda não juntei toda coleção anterior só tenho comprado as novas revistas ,mas não as li ,pelo pouco que vejo as historias com o passar dos anos foram bem mudadas,eos desenhos delas também estão bem diferentes dos antigos que eu lia,mas sou fiel a coleção,quanto aos desenhos da tv ,sem comentários kkk,vc verá e entendera a indignação geral dos que conhecem e acompanham os novos titãs quase do seu principio,e sentirá as emoções que essas histórias proporcionaram e proporcionam aos fãs,embora sem a tecnologia de hoje,que em minha opinião não faz falta alguma,minha dica é essa Larissa ,há alguns sites de venda de hqs,vc só tem que pesquisar a fonte deles ,em caso de alguma duvida meu face é Leonardo pintanel pode adicionar lá ,como também algum interessado na histórias de novos titãs como eu,é um enorme prazer poder ajudar a uma fã como eu, abrço

      Curtir

  2. legal o site,éa primeira vez que entro,e ja coloquei nos favoritos do meu pc,sou fã dos novos titãs,não dos desenhos infantis que em minha opinião são só para crianças mesmo!acho que eles iriam ganhar mais grana se fizessem a versão adulta deles ,como fizeram do ciborg,na real acabaram com os titãs com aqueles desenhos,olha os x man,sempre adultos assim que é legal,mas continuando… heheh. kra novos titãs são pra mim os melhores,chorei com a morte de jericó,com a ravena enfim com tantas estórias maravilhosas.lembro-me que eu tinha minha coleção até o numero 50 do formato americano,e tenho os antigos é claro,uma certa vez me apertei muito de grana e tive que vender uma parte para um sebo,MAS prometi pra mim mesmo que iria voltar a comprar,dito e feito comprei tudo novamente,e estou comprando de novo já que finalmente lançaram de novo,fase boa dos titãs,ainda me faltam alguns exemplares to juntando tudo antes de ler,não sei como ficaram as estórias novas só compro e guardo até adquirir toda coleção novamente,amo novos titãs!!pra mim titãs sempre!! abrço a todos

    Curtir

  3. Foi uma excelente fase do grupo,mas como todas as fases(boas e ruins)um dia acabam…mas sempre será lembrada pelos fãs!

    Curtir

  4. Pra mim, Novos Titãs no sentido pleno da palavra são da fase Wolfman e Pérez. Lembro que foi através desses dois, quando peguei a antiga revista Heróis em Ação nº 3 e me deparei com esses jovens heróis enfrentando o Quinteto Mortal, que me apaixonei logo de cara e nunca mais parei de ler Titãs e cai de vez na leitura de gibis de super-heróis, antes só conhecidos por mim pelos desenhos animados como Superamigos, entre outros. Adorei o seu texto, Rodrigo Garrit.

    Curtir

  5. Quem nunca gostou dessa fase dos Novos Titãs?!Só quem não viveu nesse período…NT de Wolfman/Perez,a melhor fase do grupo de todos os tempos…assim como a de Claremon/Byrne foi a melhor dos X-Men(mas isso é outra história).

    Curtir

  6. Titãs Together, sou suspeito para falar sobre os titãs, sou parte deles, cresci ao lado deles, sofri, dei risadas, chorei e hoje não são valorizados, são o que foi de melhor da editora em todos os tempos, e em um tempo que viviamos em uma crise economica muito dificil, sofriamos, para arrumar umas pratas para comprar uma revista, estavamos crescendo e vendo a equipe amadurecer junto de nós, por isso davamos valor a eles, fizemos parte de tudo que acontecia, e com isso tudo amavamos eles e sempre nos surpreendemos com tudo que envolvia eles, o Marv e o Perez foram grandes genios ao faze-los a esse molde seguraram a DC quando estava com as pernas bambas, e criaram uma equipe que ficara para a posterioridade…

    Curtir

  7. Caracas!!!! Com essa matéria eu voltei uns 25 anos no tempo!!! Tempo que eu economizava o dinheiro que meu pia me entregava prá gastar na escola só prá me entupir de quadrinhos, e é claro Novos Titãs também!!! Hoje em dia infelizmente nada se espelha com aquele trabalho todo vislumbrado pelos meus olhos (e de muitos que acompanham o Santuário) através daquelas pequenas revistas (no início eram 68 páginas se não me engano, depois é que iria aumentar apara as 84 que todas as outras tinham) que religiosamente deveriam estar em nossas mãos!!! Um dos caras que sinceramente fazem falta é o Jericó. Existem outros trabalhos do Pérez (muita coisa dos Vingadores principalmente), mas nada tão família e despretensioso como Novos Titãs!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s