Quem são Rapina e Columba?

_0006_Infinitas Terras

Img de CapaConheça a trajetória desses amados e as vezes injustiçados personagens, atravessando Crise nas Infinitas Terras, Armageddon 2001, Zero Hora, A Noite Mais Densa, O Dia Mais Claro e Os Novos 52, nessa verdadeira expedição arqueológica pelo Universo DC!

 

 

 

 

 

 

 

hawk_and_dove_ii___coloured_by_ayhe-d4a08uk

Por Rodrigo Garrit

Nascer e Morrer em Crise

E se na hora de maior necessidade, uma voz vinda de parte alguma lhe oferecesse poder para resolver a situação? Isso aconteceu com dois irmãos de personalidades opostas que se viam em perigo iminente. E essa é a origem da dupla Rapina e Columba em poucas linhas. Mas apesar de parecer simplista envolveu muito mais do que isso. Eles eram Yin e Yang, dois lados opostos de forças que buscavam equilíbrio. Hank Hall possuía agressividade exacerbada. Nunca pensava antes de agir, era impaciente, impulsivo e imprevisível. Puro Caos. Seu irmão Don Hall, era o cara centrado, racional, estrategista. Sempre buscava uma solução pacífica para qualquer conflito e acreditava que a vida humana era sagrada, e deveria ser poupada a qualquer preço, e que não era certo ferir ninguém, “não importa o que essa pessoa tenha feito”. Era pura ordem.

Mas onde começa a ordem e termina o caos? O que são essas forças senão unidades de um mesmo contexto maior?

Columba morreu durante a Crise, foi assassinado por um demônio das sombras do Antimonitor. Mas a realidade dos quadrinhos é fluída. Ele morreu lutando como o herói que sempre foi e… não…na verdade ele morreu soterrado por uma imensa parede de tijolos ao salvar a vida de uma criança. Seus poderes desapareceram misteriosamente, deixando-o indefeso. Sim… essa é a versão oficial agora… pelo menos por enquanto. A gente nunca sabe em que Terra vamos acordar hoje em dia. Parafraseando o Pirata Psíquico: “Nada mais é certo como antes. Nem previsível como era. Hoje em dia… você nunca sabe quem vai morrer… ou viver”

crisis-morte-columba

Quando Don morreu, a jovem Dawn Granger assumiu seu lugar. No momento em que os poderes de Don desapareceram, foram transferidos para ela, que se tornou a nova Columba e partiu em busca de Rapina, que resistiu no começo, mas logo a aceitou como sua nova parceira. Juntos eles combateram o crime, tiveram muitas aventuras, foram para outra dimensão, descobriram o nome mágico das criaturas que lhe davam poderes, T´Charr e Terataya, Lordes apaixonados da Ordem e do Caos. Rapina e Columba se aprimoraram e voltaram para a Terra.

Meu primeiro contato com a dupla foi em DC Especial 3, lançado em formatinho pela editora Abril. Desenhado pelo polêmico Rob Liefeld. Críticas à parte, aquele trabalho ficou muito bom. E foi amor à primeira lida. Existia algo fascinante naquela dupla. “Juntos novamente pela primeira vez”.

Rapina-e-Columba

Para ser bem sincero, só bastante tempo depois descobri que Rapina e o primeiro Columba haviam sido membros dos Novos Titãs… ou melhor, membros de uma divisão chamada “Os Titãs da Costa Oeste”. Tenho muito pouco contato com esse material, mas sei que é verdadeira a frase que diz: “Uma vez Titã, sempre Titã”. Por diversas vezes eles interagiram juntos, mesmo após a dissolução dessa divisão titânica. Dawn também chegou a atuar junto dos Titãs, chegando a ser membro reserva.

Rapina e Columba tiveram suas histórias publicadas no Brasil na extinta revista DC 2000, e ficaram bem populares nos anos 90. Tudo parecia correr muito bem para a dupla.

Mas então, veio o Armageddon!

Ajustando o relógio para Zero

A viagem no tempo costuma ser coisa bem complicada, mas vamos analisar os fatos e tentar chegar a alguma conclusão lógica (se isso for possível).

Durante o mega evento Armageddon 2001, ficamos sabendo que no futuro, um dos heróis irá trair a humanidade e se tornar regente do mundo, ficando conhecido como Monarca. E também somos apresentados a um novo personagem, um viajante do tempo chamado Tempus (muito original esse nome…),que havia voltado ao passado justamente para descobrir qual herói seria o traidor, e matá-lo antes que assumisse o poder. O Monarca deveria ter sido o Capitão Átomo, porém a informação vazou antes do fim da saga, e para manter a surpresa, a DC decidiu de última hora colocar o Rapina como sendo o grande vilão da história. Quer dizer, uma versão futura dele, que vem à nossa época e mata a Columba. Como resultado disso, nosso Rapina mata sua versão do mal, ficando moralmente perdido e tornando-se ele mesmo o Monarca. Ele então cria uma super bomba capaz de, segundo ele, matar até mesmo o Superman. No último instante, o Capitão Átomo salva o dia, absorvendo a explosão e indo parar no passado, mais precisamente na pré-história. O Rapina/Monarca é jogado no fluxo do tempo. Essa saga marcou o fim da segunda formação da dupla Rapina e Columba.

Armageddon_2001_2

Numa história chamada Armageddon: the alien agenda(não publicada no Brasil), o Monarca e o Capitão Átomo viajam através da história, até voltarem ao seu próprio tempo. Numa outra saga relacionada, chamada de Armageddon: inferno (publicada no Brasil na revista Superpowers 31 da Editora Abril), Tempus ajuda a resgatar a Sociedade da Justiça, então aprisionada no Limbo… embora o próprio Rapina/Monarca fosse dar cabo dela anos depois, quando aconteceu outro mega evento, Zero Hora, onde o Monarca ressurge com novo nome e identidade: Extemporâneo, e absorve os poderes de Tempus. Vemos então Extemporâneo unido ao Hal Jordan (como agora sabemos, na época estava possuído pelo Parallax), e tentam remodelar a realidade, apagando o tempo de forma retroativa, começando pelo futuro e voltando até o início da Criação.

Numa batalha no fluxo temporal, vários membros da Sociedade da Justiça foram eliminados pelo Extemporâneo, sendo envelhecidos até a morte pelo seu poder cronal.

Mas a lealdade de Extemporâneo ao Parallax não foi exatamente recompensada, e na épica batalha que seguiu, o Detonador (que mais tarde integraria a equipe Titã liderada pelo Arsenal) acaba tornando-se o catalisador para o “reinício” da cronologia, criando o que seria um novo ponto de partida zerado para todo o universo DC. (Sabem de nada inocentes). O Extemporâneo desapareceu em meio à batalha, teleportando-se para um paradeiro desconhecido. Nessa mesma saga, as Tropas Titãs foram sumariamente apagadas da realidade, exceto Miragem e a Terra II. Por falar em Tropas Titãs, vale lembrar que paralelo ao futuro alternativo de Armageddon 2001, aconteceu outra saga temporal mais focada nos Titãs, que ficou conhecida como “Caos Total”. Nessa outra linha de tempo, que pode ou não ter se cruzado com o futuro dominado pelo Monarca, a Terra foi tomada por outro ditador, o Lorde Caos, filho de Donna Troy (Moça Maravilha/ Tróia) e Terry Long. Nessa saga foi mencionado que um titã havia se tornado o líder das Tropas Titãs e se voltado contra o Lorde Caos. Após muito mistério, a série Zero Hora revelou que esse Titã foi o Rapina! Se essa versão de Hank Hall fez isso por altruísmo ou apenas para governar o mundo no lugar do Lorde Caos como Monarca, não se sabe… mas o fato é que as Tropas Titãs voltaram ao passado com uma missão parecida com a de Tempus, mas com um alvo diferente. Em vez do Monarca, eles tentaram matar Donna Troy antes que ela desse à luz aquele que seria o Lorde Caos. Eles falharam nessa missão, Donna deu à luz e abriu mão de seus poderes (embora os tenha recuperado mais tarde).Por uma ironia do destino, o filho de Donna morreu na continuidade normal, mas sua versão adulta foi abduzida pelos Titãs mitológicos de Nova Cronos, que alegaram que ele “aprenderá ou morrerá”. Ou talvez ele tenha sido apagado da continuidade junto com as Tropas Titãs. Ou estejam todos vivendo em outra Terra, pós Crise Infinita…

Extant_0004

Quanto ao Extemporâneo, ele sofreu um revide da renascida Sociedade da Justiça. Após roubar o artefato Worlogog do novo deus Metron, tentou remodelar mais uma vez a realidade, mas acabou por ser vencido numa batalha cheia de idas e vindas, sendo colocado no ponto exato onde se encontrava a mãe do herói Esmaga Átomo antes de morrer, num avião prestes a cair. Com a ajuda de Metron e do Worlogog, eles fazem com que ela troque de lugar com o Extemporâneo, salvando-a e deixando-o em seu lugar.

Tempos depois o Monarca voltou a aparecer na continuidade da DC, e desta vez ele supostamente era o Capitão Átomo! Ele atuou durante as séries Prelúdio para Crise Final e Contagem Regressiva… mas isso é outra história.

Anos depois do Monarca assassinar a Columba em Armageddon 2001, descobriu-se que Dawn não havia morrido, mas sim usada em um plano do mago Mordru, ressurgindo no que se pensava ser o corpo de Lyta Hall, esposa do então Senhor Destino, Hector Hall. Mais recentemente vimos a transformação da irmã dela, Holly Granger, na nova Rapina. Elas se uniram aos Novos Titãs contra o Doutor Luz, e em outra ocasião enfrentaram seu inimigo Kestrel também em companhia da equipe. Depois disso elas integraram uma nova divisão de Titãs organizada por Victor Stone, o Ciborgue. Infelizmente essa nova formação não durou muito, foi desfeita logo após serem brutalmente atacados pelos filhos de Trigon, e tendo alguns de seus membros mortos ou gravemente feridos, inclusive Holly e Dawn.

Os filhos da fúria e da ordem

(ou “Se você achou paradoxos temporais complicados, é porque não conheceu o multiverso DC…”)

hawk_and_dove by ayhe

Antes da Crise Infinita, Zero hora e Armageddon 2001 houve a Crise nas Infinitas Terras, onde como o próprio nome sugere, existia um sem número de Terras paralelas com incontáveis versões dos mesmos heróis. A assim chamada (na época) “TERRA 1” era o planeta que abrigava heróis como o Lanterna Verde – Hal Jordan, Flash – Barry Allen, Superman – Kal-el e sua prima Kara… também conhecida como SUPERGIRL. Os maiores heróis desse planeta eram a LIGA DA JUSTIÇA, onde certa vez entraram em contato com suas contrapartes da assim chamada (na época) “TERRA 2”, onde viviam heróis como o Lanterna Verde – Alan Scott, Flash – Jay Garrick (Joel Ciclone apenas no Brasil), Superman – Kal-l e sua prima Kara… também conhecida como PODEROSA. Os maiores heróis desse planeta eram a SOCIEDADE DA JUSTIÇA, onde certa vez entraram em contato com suas contrapartes da Terra 1…

Na Terra 2, os heróis eram mais velhos que suas versões da Terra 1, tendo iniciado suas carreiras anos antes e atuado inclusive na Segunda Guerra Mundial. O Superman, embora ainda “super”, era um senhor de cabelos grisalhos, casado há anos com sua Lois Lane. Batman também se uniu a Selina Kyle, a Mulher Gato, e tiveram uma filha chamada Helena Wayne que anos depois se tornaria a vigilante conhecida como CAÇADORA. E a Mulher Maravilha mais avançada em idade, já tinha também uma filha resultado de sua união com Steve Trevor… Lyta Trevor!

Se na Terra 1 conhecemos as versões mais jovens de nossos heróis formando os NOVOS TITÃS, nas Terra 2 também havia uma equipe jovem de filhos ou herdeiros dos membros da Sociedade da Justiça: a CORPORAÇÃO INFINITO, na qual Lyta Trevor se filiou, assumindo o codinome de FÚRIA. Outros membros da Corporação Infinito incluíam Jade e Manto Negro (filhos do Lanterna Verde – Alan Scott) e o ESCARAVELHO DE PRATA, Hector Hall, filho de Carter Hall, o GAVIÃO NEGRO. Lyta e Hector se apaixonaram e casaram-se. Assim ela assumiu o nome LYTA HALL. E o que isso tudo tem a ver com Rapina e Columba? Aguarde…

(Espera, “Lyta Hall”? O mesmo sobrenome de Hank e Don, os Rapina e Columba originais? Que coincidência! Será?)

500px-Extant

Depois da Crise, o Multiverso se unificou e todas as Terras se tornaram uma. Sociedade e Liga da Justiça convivendo no mesmo contexto histórico. Só depois da Crise Infinita ficamos sabendo que ainda restaram OUTRAS 51 Terras! Alguns personagens tiveram suas origens “rearranjadas”. Por exemplo, Helena Wayne tornou-se Helena Bertinelli, filha de um mafioso que se tornou vigilante. Nenhum parentesco com Bruce e Selina. Nessa NOVA TERRA, a Mulher Maravilha (ainda) não se casou e tampouco teve uma filha. Mas existe uma Lyta Trevor, amazona, protegida de Hipólita. E existe também um Hector Hall, filho do Gavião Negro e da Mulher Gavião. Hector se casou com Lyta, mas acabou morrendo. Nesse ponto a coisa é meio complexa, mas vamos lá:

Conforme visto anteriormente, Rapina Matou Columba e se tornou Monarca. Tempos depois Columba retornou e revelou que nunca morreu, tudo foi um golpe do mago Mordru que precisava de um corpo hospedeiro capaz de suportar o estresse mágico de conter as forças do Caos e da Ordem… por isso ele ENLOUQUECEU E POSSUIU O RAPINA, OBRIGANDO-O A COMETER TODOS AQUELES CRIMES! Inclusive o forçou a ter relações com Dawn, para que ela gerasse um filho de Caos e Ordem simultâneos. Depois escondeu Columba inconsciente, COM A APARÊNCIA DE LYTA HALL, para que todos pensassem que Dawn havia morrido e ninguém a procurasse. Por manipulação do Lorde da ordem NABU, o filho de Dawn e Hank nasceu com a alma reencarnada de Hector Hall, que passou de criança a adulto num instante, tornando-se o novo Senhor Destino.

Assim sendo ele tem a alma de Hector Hall, então é filho do Gavião Negro e da Mulher Gavião. Mas o corpo é filho de Hank Hall e Dawn Granger. Não falei que era complexo? Bom, MENOS MAL saber que Hector nasceu de Dawn Granger, e NÃO de Lyta Hall, sua esposa…

Ao tentar acordar Lyta do encanto, Hector foi iludido por Mordru, que como parte de seu plano apenas fez com que ele o libertasse. Foi quando Hector então descobriu que na verdade era Dawn que estava ali e não sua esposa. Ela então voltou a atuar como Columba, inclusive ajudando o Senhor Destino e os demais membros da Sociedade da Justiça a derrotar Mordru. Depois disso, ela partiu em busca de um novo Rapina, que acabou sendo quem ela menos esperava, sua irmã Holly. Hector descobriu que Lyta estava aprisionada dentro de seu próprio amuleto, e conseguiu libertá-la. Assim finalmente conseguiu se reencontrar com sua amada e os dois tiveram um filho… que foi gerado dentro do reino do SONHAR. (A coisa começa a ficar complexa outra vez…) A criança foi reclamada pelo Senhor dos Sonhos, Morpheus, também conhecido como SANDMAN… o fato é que com a morte de Morpheus, o filho de Lyta, DANIEL tornou-se o NOVO mestre dos sonhos… mas tornou-se de uma maneira como se ele SEMPRE tivesse sido o Sandman… e não Morpheus. Complexo, eu disse que era complexo…

Durante os eventos que levaram à Crise Infinita, o Espectro decretou guerra à magia e baniu Hector e Lyta para dentro do universo que existe dentro do amuleto do Destino, onde foram deixados para morrer. No entanto, Daniel surgiu para Lyta em sonhos e lhe propôs uma solução: levar suas almas em segurança para o Sonhar, mas eles nunca mais poderiam voltar. Lyta aceitou, e eles partiram.

blackest_night_titans_3

Com o advento dos anéis negros na saga “A NOITE MAIS DENSA”, Rapina voltou como um Lanterna Negro, mas Don Hall, o primeiro Columba permaneceu intocado, pois está descansando em paz, longe da influência maléfica dos anéis. Rapina, como Lanterna Negro, mais uma vez voltou a surgir como um vilão entre seus antigos colegas, e numa batalha envolvendo vários Titãs mortos, ele matou Holly Granger, sua sucessora. Dawn, por outro lado permaneceu ilesa, pois os Lanternas Negros não são capazes de enxergar suas emoções e assim ficam indefesos e são destruídos por ela.

Como vimos após os eventos de O Dia Mais Claro, Rapina ressuscitou e a dupla ganhou novo título mensal no reboot e/ou relaunch da DC, dentro do “audacioso” projeto dos Novos 52, sob a “custódia” do “artista” Rob Liefeld.

HAWKANDDOVE_0203_v2_ajskd999999sdf

Para saber mais sobre essa encarnação dos personagens, clique nos links abaixo e leia as resenhas de todas as edições dos Novos 52 da dupla.

Seu título próprio foi cancelado, mas eles ainda estão na ativa e podem voltar a qualquer momento, com sorte pelas mãos de artistas talentosos.

Agora eles têm apenas tudo o que o seu futuro pode oferecer…

Rapina & Columba # 01

Rapina & Columba # 02 e 03

Rapina & Columba # 04 e 05

Rapina & Columba # 06

Rapina & Columba # 07

Rapina & Columba # 08

Fãs dos Novos Titãs não deixem de visitar o blog Torre Titã!

Olha aqui

Clique AQUI para curtir nossa página no Facebook! É gratuito e sempre será! ;)
Clique AQUI para curtir nossa página no Facebook! É gratuito e sempre será! 😉
Anúncios

7 comentários sobre “Quem são Rapina e Columba?

  1. Muito boa a matéria voltei décadas aqui lembrando de cada página , acompanhei toda essa saga , lembro bem que fiquei meio que enrolado com a confusão que foi com o Sr.destinho criança e Nabu de conselheiro …Parabéns ficou foda a matéria .

    Curtir

  2. Grande texto,Rodrigo!Eu conhecia a história da dupla até “Armagedon 2001”,muito bom conhecer o resto da trama!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s