RESENHA: “Capitão R.E.D. – Tropa Especial” – Os Quadrinhos Nacionais e sua incansável luta por seu lugar ao sol.

_0010_Setimo Ceu

44

“Caramba, foi ele que fez aquilo, Capitão R.E.D, que maneiro. É isso que eu quero ser!”

Roteiro de Elenildo Lopes

Desenhos e Arte-Final de A-Lima

Cores de Gil Santos

Capitão-Red

Por Rodrigo Garrit

Eu recebi de presente uma edição da revista Capitão R.E.D. , autografada pelo autor Elenildo Lopes, e é com grande prazer e satisfação que agora faço essa resenha da mesma. Fico orgulhoso de saber que o esforço para se produzir quadrinhos nacionais de qualidade não se deixa abater por todos os obstáculos encontrados, e é verdadeiramente notável quando alguém consegue chegar nesse ponto de forma independente, acreditando obstinadamente nos seus sonhos. Isso por si só, já é um ato de heroísmo.

O crime está alcançando níveis cada vez mais insuportáveis, fazendo das ruas verdadeiros cenários de guerra. A Cidade Maravilhosa do Rio de Janeiro parece não ser mais capaz de conter a onda de violência praticada pelas novas sociedades do crime, cada vez mais bem armadas e audaciosas. Não há mais limite para os criminosos que tornaram-se os donos das ruas, obrigando os cidadãos de bem a viver oprimidos e com medo, sabendo que as autoridades foram há muito superadas e se tornaram em grande parte coniventes com a situação caótica em que a cidade se encontra. Não há mais esperança, não há mais ninguém a quem recorrer. Ou será que há?

Uma organização secreta internacional – R.E.D –  (Risk and Emergency District, ou Distrito de Risco e Emergência) vem trabalhando em novo esforço de combate ao crime, treinando agentes com as mais efetivas técnicas de combate e estratégia e dispondo da última palavra em tecnologia bélica. Em vista da situação praticamente irremediável da violência no Rio de Janeiro e sua cidade irmã Niterói, elas foram escolhidas como as primeiras a receber a intervenção de nova organização de combate ao crime.

Liderados pelo Capitão R.E.D (que na verdade é coronel mas acabou adotando esse título), os agentes fazem uma primeira apresentação pública, onde logo de cara sofrem um atentado, o que os obriga a por em prática todos os árduos anos de treinamento. Obtendo sucesso e aprovação do público, logo recebem sua primeira missão: localizar e capturar o maior chefão criminoso da cidade de Niterói e com isso desarticular toda a sua sociedade criminosa.

Cap-Red-Pôster

Munido de uma armadura de altíssima tecnologia e muita coragem, o Capitão R.E.D. e seus agentes partem em sua empreitada, onde segredos serão desvendados e suas ações servirão de inspiração para que um novo agente da R.E.D. em potencial venha a surgir.

Produzida de forma independente pelo selo “Meu Heroi”, a revista tem quarenta páginas em formato americano totalmente coloridas, ótima qualidade gráfica e excelente acabamento.

Quem nunca tentou imaginar uma solução para os problemas do nosso dia-dia, que infelizmente inspiram a premissa dessa HQ? A violência acaba fazendo parte da nossa realidade, e estaria mentindo aquele que nunca tivesse desejado profundamente a existência de alguém como o Capitão R.E.D. para ao menos equilibrar um pouco a balança da justiça.

Enquanto ele salva a ficção dessa onda insana de criminalidade, vamos tentar manter a esperança e torcer para que na vida real, nossas autoridades não sejam tão facilmente engolfadas pelo poder paralelo que tenta impor sua vontade à sociedade, e quem sabe termos a chance de contribuir de alguma forma para que as coisas um dia venham a mudar.

DaviDefDigital6

O Capitão R.E.D. também faz parte da iniciativa A ORDEM, onde unirá forças com vários outros heróis brasileiros contra uma ameaça terrível! Saiba mais clicando AQUI!

Anúncios

2 comentários sobre “RESENHA: “Capitão R.E.D. – Tropa Especial” – Os Quadrinhos Nacionais e sua incansável luta por seu lugar ao sol.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s