THE WITCHER – A CASA DE VIDRO

_0011_Quintessencia

the_witcher_casa_vidro_imagem_2

“Essas coisas fazem parte da vida, Witcher. Você realmente prefere morrer de tédio em vez de viver uma aventura”?

8106FzpsFlL

Por Rodrigo Garrit

Um velho caçador cruza o caminho de Geralt, e os dois logo desenvolvem uma amizade regada à muito vinho e diversas histórias sinistras… nada com que um Witcher não esteja acostumado. Mas ao acompanhar o mago em seu caminho, essas histórias vão ganhando nova proporção, levando ambos ao cerne que divide verdades, mentiras e mais mistérios.

Produzida pela Dark Horse no melhor clima de Hellboy – com a bênção de seu criador Mike Mignola – The Witcher transmite o clima sombrio e aventuresco da série de games na qual foi baseado, inserindo mistérios instigantes com diálogos inteligentes num roteiro muito bem amarrado que certamente prende a atenção não apenas dos fãs dos games como de qualquer pessoa que curta histórias desse gênero.

45

Um fato curioso que talvez você não saiba é que The Witcher não nasceu nos games. Surgido nos livros, trata-se de uma série de 18 contos escrita pelo autor polonês Andrzej Sapkowski, todos inclusive publicados por aqui pela editora Martins Fontes. Ele também já foi adaptado para séries de tevê e filmes, e apenas em 2007 chegou aos games, onde inegavelmente ganhou repercussão em escala global graças aos jogos de qualidade excepcional. E é claro que não demoraria para The Witcher ganhar os quadrinhos, e no melhor lugar possível, a editora Dark Horse, famosa por licenciar grandes franquias do cinema além do já citado Hellboy, cujo clima de histórias sobrenaturais e de terror do personagem criado por Mike Mignola se casam perfeitamente.

O próprio artista da série, Joe Querio, é fã confesso de Mignola, emulando seu traço de forma a manter personalidade própria, ainda que seja possível identificar a fonte da inspiração ali.

O roteirista Paul Tobin me surpreendeu ao apresentar uma história realmente interessante, com personagens consistentes usados habilmente para manter o ritmo da narrativa, num enredo onde muitas vezes as imagens contam segredos na entrelinhas, e despertam no leitor a curiosidade em se manter atento a novos sinais.

A Casa de Vidro foi publicado no Brasil pela editora Pixel num encadernado de 144 páginas em capa dura, que compila os cinco primeiros números da série.

The Witcher se mostra uma ótima opção de leitura para fugir do lugar comum estabelecido pelos quadrinhos de super-heróis e uma excelente pedida após algumas horas jogando o game homônimo…

44

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “THE WITCHER – A CASA DE VIDRO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s