UNIVERSO DC: REBIRTH!

13617431_1012814782104954_813848933_nUma resenha do especial “Universo DC: Renascimento”, edição que dá o pontapé inicial para a novíssima fase da editora das lendas.

Contém Spoilers

45745

Por Rodrigo Garrit

“Eu ainda estou aqui,
perdido em mil versões irreais de mim.
Estou aqui por trás de todo o caos,
em que a vida se fez.
Tenta me reconhecer no temporal,
me espera”.

Ele estava distante, mas não definitivamente perdido. Ausente por tanto tempo, mas nunca longe das lembranças. Em algum lugar oculto, vibrando em energia, aguardando o momento certo para voltar e atingir o mundo novamente com sua eletricidade… como um raio!

E, por não termos nos esquecido dele, ele voltou.

O Universo DC como o conhecíamos… ou quase. Uma realidade sobreposta, unindo o que foi com o que é. Definindo o que será.

Direto da Força de Aceleração,  protegido de toda a manipulação cronológica, Wally West ressurgiu, e como um dos fantasmas dos natais passados, visitou pontos chave que nos revelam um pouco do que poderemos esperar da novíssima fase da DC… seu renascimento.  Wally revisitou a sua própria história, lembrando do dia em que conheceu Barry sem saber que ele era o Flash, seu ídolo, ganhando poderes iguais aos dele, e seu posterior ingresso nos Novos Titãs, a equipe original, que também foi apagada na cronologia mas que retornará nessa nova leva de renascimentos.

A história segue então com Wally aportando na forma quase invisível de um raio sobre determinados eventos que pretendem definir os novos rumos da editora.

4574585

 

Assim, vemos a constatação do Batman sobre a suposta existência de três Coringas, bem como um vislumbre dos novos vigilantes de Gotham;

Um idoso Johnny Trovoada em um asilo delirando sobre um gênio feito de um relâmpago mágico que possivelmente será a porta de entrada para o retorno da Sociedade da Justiça clássica;

Uma mulher misteriosa (Saturnía?) que alega ser do futuro e seu anel de voo, deixando claro que Johns não se esqueceu da Legião dos Super-Heróis;

Uma nova chance para os legados, dando a entender que Ryan Choi e Ray Palmer dividirão a alcunha de Eléktron  (Átomo), assim como Jaime Reyes e Ted Kord formando uma dupla como o novo e o Besouro Azul anterior;

Os planos de Damien Wayne, que como se sabe liderará uma nova equipe de Jovens Titãs (ou seja lá como a Panini vai resolver chamar por aqui);

Jéssica Cruz, a nova Lanterna Verde, que formará uma parceria com o também novato Simon Baz;

O surgimento de um suposto irmão gêmeo da Mulher Maravilha;

Um rapaz chamado Jackson cujos poderes aquáticos causam preocupação, certamente será um novo Aqualad (embora não mencionado, provavelmente o garoto é Jackson Hyde, filho do Arraia Negra);

Arqueiro Verde e Canário Negro de volta a velha e boa parceria de combate ao crime e romance;

O retorno de um Superman que todos amavam, pai de família, inclusive com um filho superpoderoso;

E a velha dinâmica de amor e ódio entre Constantine e o Monstro do Pântano.

Phil Jimenez homenageia George Pérez, reinterpretando quadro desenhado em Crise nas Infinitas Terras.
Phil Jimenez homenageia George Pérez, reinterpretando quadro desenhado em Crise nas Infinitas Terras.

Mas o ponto alto da história é sem dúvida o momento que Wally de fato retorna ao Universo DC no plano físico, numa sequência emocionante onde após uma despedida arrepiante, Barry simplesmente se lembra dele, estabelecendo assim a conexão necessária para fazê-lo real novamente. É pra fazer muito marmanjo chorar!

Essa foi a canção final de Geoff Johns como roteirista de quadrinhos (pelo menos por enquanto), uma vez que ele assumirá um cargo diferenciado dentro da editora, mas foi uma despedida digna que ao mesmo tempo diz “adeus” e “olá”.

what-watchmen-being-part-of-the-dc-rebirth-universe-means-for-the-multiverse-wally-p-1008431

A equipe de artistas escolhida para ilustrar a história conta com alguns dos maiores nomes entre os desenhistas da atualidade, então seria chover no molhado elogiar seu traço. Foram todos perfeitos dentro do que foi proposto.

Uma nova gama de possibilidades se abre, e se a editora realmente cumprir sua promessa de que as histórias devem prevalecer sobre a cronologia, muitas coisas boas nos esperam, ardorosos fãs… ao que parece o futuro voltou a ser promissor novamente!

Que venha o renascimento e que ele traga mesmo esse novo fôlego que os quadrinhos da DC tanto precisam!

DC-Universe-Rebirth-2016-001-042

UNIVERSO DC: RENASCIMENTO

Roteiro: Geoff Johns

Capítulo um: Perdido. Desenhos de Gary Frank e Ethan Van Sciver

Capítulo dois: Legado. Desenhos de Gary Frank

Capítulo três: Amor. Desenhos e arte final de Ivan reis e Joe Prado.

Capítulo quatro: Vida. Desenhos e arte-final de Phil Jimenez,  Gary Frank Matt Santorelli.

Epilogo: Desenhos e arte final de Gary Frank, Ivan Reis e Joe Prado.

DC-Rebirth-Shot-05

 

A citação que abre esse artigo foi retirada da música “Me espera” gravada pela cantora Sandy com participação do Tiago Iorc. Fiquem com o clipe oficial abaixo.

Anúncios

5 comentários sobre “UNIVERSO DC: REBIRTH!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s