Constantine, The Hellblazer # 01

13713541_1021088764610889_1126674618_nBreve resenha sem spoilers sobre a nova fase do mago John Constantine !

Por Rodrigo Garrit

50

 

John Constantine ainda caminha pelos becos sombrios da DC Comics, embora tenha feito uma curva errada pela Vertigo e caído direto em um mundo repleto de super-heróis. Ok, tecnicamente ele voltou de onde veio, afinal, quando surgiu nas páginas do Monstro do Pântano sob o roteiro inigualável de Alan Moore, o selo adulto sequer existia, vindo a ser criado exatamente para separar do colorido universo heroico da editora essas histórias mais sombrias, inteligentes e violentas.

Com título próprio, Hellblazer, Constantine se consolidou como um dos personagens mais controversos e adorados pelos fãs de histórias obscuras, o canalha que todos aprendemos a admirar. Com um filme que dividiu opiniões no cinema (bom filme, mas muito distante das HQs) e uma série de tevê não menos criticada (bem próxima das HQs, mas produzida por uma emissora que cedeu as amarras da censura) Constantine parece sempre estar fadado a eterna comparação de seu debut genial.

Quando Hellblazer foi cancelada na Vertigo e o mago ganhou um novo título dentro dos Novos 52, não apenas interagindo com super-heróis mas fazendo parte de uma Liga da Justiça Dark, a essência do personagem supostamente se perdeu, muito embora o Constantine em seus primórdios, ainda no título do Monstro do Pântano de Alan Moore, tenha se associado a outros magos e mesmo heróis como Zatara, Sargon, Vingador Fantasma, Etrigan, Desafiador, Zatanna, Senhor Destino, Espectro e etc em momentos de crise, e embora eles não se denominassem uma “Liga da Justiça Dark”, era exatamente isso que eles eram, o que prova que os rótulos são mesmo uma grande bobagem.

Correndo o risco de ser redundante: O que importa é que sejam escritas boas histórias.

48

Agora Constantine ganhou uma revista com numeração zerada e nova equipe criativa, que não necessariamente se relaciona com a iniciativa do Renascimento da DC, uma vez que foi lançada algum tempo antes, mas que de certa forma, serve como um ponto de partida para ele, assim como o rebirth têm sido para outros personagens. Ele ainda é o mago que vimos atuando junto a Liga Dark, mas alguns erros parecem ter sido considerados nessa nova abordagem. Apesar do colorido mundo heroico não ter sido desconsiderado, existe muito mais do que se via na revista Hellblazer do que no título dele nos Novos 52… e sim, eu sei, não precisam gritar. Não é igual ao tínhamos na Vertigo e nunca será.  Pelo menos não por enquanto, não até que ele volte um dia, milagrosamente pra lá.

Mas essa é a revista dele agora, é o Constantine que temos. As desventuras de um mago inglês muito sacana que faz o que o acha certo das maneiras mais erradas.

A arte da HQ é limpa e eficiente, não é o traço mais aterrador já visto em histórias desse gênero, mas contém o cinismo necessário para a composição do personagem. Vale destacar que se mantém o padrão de rejuvenescimento que foi iniciado na fase dos Novos 52, em contraste com o Constantine bem mais envelhecido que víamos no selo adulto. Outro detalhe interessante é ver que eles resgataram a bissexualidade de John, algo que havia sido meio que jogado pra debaixo do tapete nos últimos tempos. Esse elemento foi introduzido por Brian Azzarello quando roteirizou o título Hellblazer em célebre fase ainda na Vertigo.

O roteiro desse primeiro número nos traz sangue e nudez, diálogos interessantes, flerte com um dono de bar, sexo com demônios… e muita picaretagem por parte do protagonista, numa fase que começa bem e se esforça para mostrar um Constantine mais Hellblazer e menos Liga Dark …

E o resultado são as histórias desse cara que fica no meio termo. Mas não vamos nos ater a rótulos.

O que importa é que sejam escritas boas histórias.

 

49

CONSTANTINE, THE HELLBLAZER # 01

Roteiro de Ming Doyle & James Tynion IV

Desenhos de Riley Rossmo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s