Criador do Capitão R.E.D. lança novos projetos em quadrinhos nacionais

 

15139575_1122529301133501_1938368236_n

arte-de-pedro-lucas
Arte de Pedro Lucas

O roteirista Elenildo Lopes não para. Depois de criar o herói brasileiro Capitão R.E.D. em 2012 e lançar neste ano o projeto inédito Protocolo: A Ordem, que reúne mais de 20 super-heróis nacionais numa mesma história, o autor lança novos projetos para balançar o mercado nacional de quadrinhos. Nova reunião de super-heróis brasileiros e superequipe sombria estão entre os planos futuros.

Lopes aproveitou as Olimpíadas realizadas no Rio de Janeiro para anunciar seu mais novo super-herói, Velox, que também é um atleta olímpico. A novidade no personagem é que ele é o primeiro personagem solo assumidamente homossexual nos quadrinhos brasileiros. Passado o furor esportivo, o criador arregaça as mangas e anuncia seus planos futuros.

14218505_1375837179112217_947849669_n
Velox

Para começar, ele retoma o antigo projeto A Ordem, que esteve em captação de recursos no Catarse no ano de 2014, mas não alcançou o valor estipulado. “Mesmo não atingindo a quantia proposta, tivemos um bom alcance midiático em todo o Brasil. Por isso, o projeto foi reformulado e relançado em 2015 como a HQ Protocolo: A Ordem. Desta vez, superamos a meta”, relembra Lopes.

megasonicos_capa_volume_03_1000px

Com a boa aceitação da revista, o autor decidiu tirar sua ideia original da gaveta, rebatizando-a como A Primeira Ordem. “Novamente, a revista trará a reunião dos maiores e mais clássicos super-heróis brasileiros atuando em conjunto numa novíssima saga cósmica. “Mas a história se passará após os eventos em Protocolo: A Ordem” explica ele. Inicialmente, a publicação terá 80 páginas, mas esse número pode subir para 100, dependendo da arrecadação atingida.

fb_img_1479513398404

A revista será impressa em formato americano (16 cm x 25 cm), capa cartonada com brilho e papel com gramatura de 170g. Dependendo do valor arrecadado, o miolo pode ser colorido ou em preto e branco. O editor e idealizador do projeto será o próprio Elenildo Lopes e contará com diversos autores e seus respectivos personagens.

jou-ventania-1
Joe Ventania

A previsão é que A Primeira Ordem seja lançada para captação de recursos em novembro deste ano no site Catarse (www.catarse.me) e, caso a meta seja atingida, a distribuição acontecerá no segundo semestre de 2017. Em um segundo momento, também estão previstos o lançamento de um jogo RPG (Role-playing Game) de A Primeira Ordem, bem como a tradução da HQ para a língua inglesa.

14269387_1375837175778884_572004455_n

Um segundo projeto do autor é o lançamento da superequipe Liga Apocalíptica, que reúne alguns dos maiores e mais clássicos super-heróis sobrenaturais brasileiros. “Seria algo semelhante à Primeira Ordem, mas bem mais sombria e sobrenatural. São projetos diferentes”, define Lopes. A Liga Apocalíptica está prevista para 2017.

A volta do Capitão 7

A revista Alfa – A Primeira Ordem, história em quadrinhos que reunirá um time de super-heróis brasileiros na mesma aventura ganhou um reforço de peso para o elenco de personagens participantes da saga. Trata-se de ninguém menos que o Capitão 7, o primeiro super-herói brasileiro, criado em 1954 e considerado a versão tupiniquim do Superman.

capitao_7-jaime-cortez
Primeiro super-herói brasileiro retorna como convidado em revista que reunirá vários heróis nacionais na mesma saga.

O Capitão 7 foi interpretado pelo cantor de rádio e campeão de boxe Ayres de Campos, que personificou o herói no programa de TV As Aventuras do Capitão 7, exibido pela Rede Record (de onde o herói tirou o 7 de seu nome, numa alusão ao número do canal, em São Paulo).  Posteriormente, virou uma revista em quadrinhos, em 1959, que durou mais de 50 edições.

O herói também virou marca de uma fábrica de fantasias infantis na década de 1960, após o término do seriado. Com o tempo, o Capitão 7 perdeu sua popularidade, mas nunca caiu em total esquecimento. Com a morte de seu criador em 2003, os direitos do personagem foram licenciados raríssimas vezes – a última delas foi em 2006, para a revista Triplik, publicação oficial das marcas de roupas infantis Lilica Ripilica e Tigor T. Tigre, escrita e desenhada por Danyael Lopes.

Dez anos depois, o Capitão 7 retorna como convidado da revista Alfa, A Primeira Ordem. Segundo Elenildo Lopes, o idealizador do projeto, a participação do Capitão 7 é fruto de negociações com os herdeiros de Ayres Campos. “Sempre foi um sonho reunir oficialmente os super-heróis clássicos com os dessa nova geração e agora ele se torna realidade.” comemora Lopes.

A HQ é uma reformulação de um projeto antigo chamado apenas A Ordem, que esteve no site Catarse em 2014 para captação de recursos, mas não conseguiu o montante desejado. A ideia foi reformulada e volta com um novo nome: Alfa – A Primeira Ordem. A trama reúne os maiores e mais clássicos super-heróis brasileiros atuando em conjunto numa saga cósmica, diferente de Protocolo: A Ordem, lançada em 2016, onde os heróis se reuniram para conter uma invasão espacial. Porém, os eventos serão uma sequência desta história.

O projeto Alfa entrará no Catarse em breve e a previsão de lançamento é para o segundo semestre de 2017. A presença de Capitão 7 na história, com certeza será um fator que despertará o interesse dos leitores, pois o personagem é um dos mais importantes da mitologia de super-heróis brasileiros – talvez o mais importante, já que é o pioneiro – e faz parte da história da televisão e da infância de muita gente.

A seguir, uma lista dos autores confirmados no projeto A Primeira Ordem e suas respectivas criações (lista sujeita a alterações):

Emir Ribeiro – Velta

Gabriel Rocha – Lagarto Negro

Francisco Iwerten – Capitão Gralha

João Luiz Vital – Homem Trator e Shirley

Jorge Araujo – Ciclone

Lincoln Nery – Jou Ventania

Luís Carlos Nunes – Supraion

Ayres Campos – Capitão 7

Rodrigo Dos Santos e Alan Pavan – Anjo Urbano

Deodato Borges – O Flama

Johnny Claudia – Raio Rubro

Rod Tigre – Blenq

Valu Vasconcelos – Dito

Rapha Pinheiro – Kahen

César Barboza – Coruja

Gedeone Malagola – Raio Negro

Rodrigo Garrit – Vênus

Equipe técnica:

Editor: Elenildo Lopes

Selo editorial: MeuHerói
Argumentos: Elenildo Lopes e Gian Danton
Roteiristas: Gian Danton e Alexandre Magno
Desenhista: Marcio Abreu

Cores: Daniel de Oliveira

Leia também:

RESENHA: “CAPITÃO R.E.D. – TROPA ESPECIAL”
[ATUALIZADO] ÁLBUM DQB – HERÓIS BRASILEIROS: A ORDEM!
PROTOCOLO: A ORDEM CONTINUA!

capatestealfa-01

 

Anúncios

Um comentário sobre “Criador do Capitão R.E.D. lança novos projetos em quadrinhos nacionais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s