O Inescrito – Orfeu no Mundo Abissal

 


AVISO: História não recomendada para pessoas sensíveis a unicórnios.

Mais de um ano se passou desde a morte de Lizzie e por todo esse tempo Tom precisou lidar com a perda se sua amada, até que sua recém conhecida, a policial Didge, lhe revela que ao ser transportada para os reinos ficcionais, encontrou Lizzie por lá, ainda transitando entre vida e morte… no Hades!

Obviamente Tom decide tentar resgatá-la, não importa o quanto as chances estejam contra ele. Seu poder está tão fraco quanto o do Leviatã, que ainda agoniza após o Ferimento sofrido, mas ainda assim, através de uma história sobre baleias, Tom Taylor adentra o mundo dos mortos.

Richie Savoy está agora mais poderoso do que nunca, sustentado pela narrativa de seu último livro, “O Inescrito“, tornou-se um vampiro baseado na crença de seus leitores, não mais dependendo de ser um “coadjuvante” nas histórias de Tom Taylor e sendo assim, seu poder não diminuiu como ocorre com seu amigo. A verdade é que, segundo nos revela a marionetista Madame Rausch, o Leviatã não é único de sua espécie, e agora que está ferido, outros como ele estão aos poucos tentando tomar seu lugar, desbloqueando histórias aleatórias pelo mundo, e com isso causando muito caos e destruição. Seguindo essa linha, o vampiro Savoy tem seu próprio “conto de terror” em duas partes, conectando-se a policial Didge e Daniel Armitage, formando então uma nova “Scooby Gang” temporária, enquanto Tom se encontra ausente…

A busca de Tom por Lizzie no Hades prossegue, tal qual a lenda de Orfeu (mais ou menos). Duas pessoas de seu passado recente, obviamente mortas, se juntam a ele nessa jornada, além de uma misteriosa figura mascarada, e Pauly, o humano transformado em coelho que era humano da última vez que o vimos e que agora se tornou o rei de Hades. (E novamente um coelho).

Por mais clichê que seja, a busca do herói por sua amada morta no Hades sempre é interessante e rende ótimas cenas dramáticas. Tom obtém muitas respostas, mas talvez não o suficiente. Seu inimigo é ruim como o diabo e seu falecido pai pode ainda não ter aprendido a lição mesmo depois de tudo…

Roteiro e arte alinhados em mais um instigante capítulo de uma das melhores obras da Vertigo de todos os tempos!

NOTA: Esse número abre caminho para o inusitado crossover entre O Inescrito e Fábulas, que se desenrolará na próxima edição!

Se liga no Santuário e não perca nenhuma resenha!

Anteriormente em O Inescrito:

Vol. 1 – TOMMY TAYLOR E A IDENTIDADE FALSA!

Vols. 2 e 3 – O INFORMANTE & O RETORNO DE UM MORTO!

Vol. 4 – LEVIATÃ!

Vol. 5 – ONTOGÊNESE

Vols. 6 e 7 – A GUERRA DE PALAVRAS! (partes 1 e 1.5). 

Vol. 8 – O FERIMENTO!

RECOMENDAÇÃO DO SANTUÁRIO!

Você ainda não leu IRREALIDADES??

“Irrealidades” é uma coleção de histórias surpreendentes que irão te levar a mundos sombrios, futuros perigosamente possíveis e guerras tecnológicas em planetas distantes! Uma leitura dinâmica e deliciosa em um e-book como você nunca viu! 125 páginas de pura diversão por apenas R$ 7,44!

Está esperando o quê? Clique na imagem e aventure-se agora mesmo!

CAPA IRREALIDADES

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s