PATRULHA DO DESTINO – Rua Paraíso Abaixo

Patrulha_do_Destino_Rua_Para_so_Abaixo

Despejando informações sem respirar:

O combate entre a normalidade e a anormalidade engendrado pelo líder de um grupo violento e radical denominado como N.E.N.H.U.R.E.S. e o covarde ataque a Danny, a rua travesti, acabam sendo ofuscados pela abdução dos membros da Patrulha do Destino por duas raças de seres ancestrais com fortes raízes à própria intervenção bíblica sobre a criação da Terra, colocando uma recém desperta de um logo coma, Rhea Jones, (vista pela última vez como refém do Rubro Jack o autoproclamado “Deus”), saindo de uma crisálida em um novo corpo e uma nova percepção da realidade.

(ufa).

3475ac51e923d63b049c18bc1a61730b

As duas citadas raças de seres alienígenas estão em uma guerra milenar, e cada lado dessa contenda, os Emissários da Ortodoxia da TRAMA abduziu Rhea e Rébis, e os Geomantes Hussistas do PAISAGENSCÓPIO levaram Crazy Jane e Homem-Robô, cada qual explicando seu próprio lado da batalha, levando os dois grupos a ficar em lados opostos até que se prove o contrário.

(mas calma, tem mais).

2401808-doom_patrol

Entrementes, a mulher chamada Dolores Watson empreende incansável busca pelo quase esquecido herói Flex Mentallo, o homem dos músculos mistério, localizado ainda com suas memórias confusas em Danny, a rua.

Agora cabe a Patrulha do Destino a árdua tarefa de entender o que está acontecendo e acabar com a guerra entre a TRAMA e o PAISAGENSCÓPIO, além de salvar as próprias vidas no processo, encontrar Flex Mentallo, verificar se Danny, a rua está bem, encontrar um novo corpo não aracnídeo para o Homem-Robô e terminar os preparativos da mudança para uma nova base.

(é isso? esqueci alguma coisa?)

Doom_Patrol_Vol_2_39_Textless

Tá bom, Grant Morrison, já entendemos que esse gibi vai muito além de uma aventura padrão de super-heróis. Bem pertinente a reclamação do Homem-Robô, que deseja só de vez em quando resolver um assalto à banco ou lidar com algum gênio do crime. Mas não, isso é coisa pros heróis “normais”…

Embarque sem medo (ou talvez só um pouquinho) nesse roteiro confuso porém muito divertido, ilustrado dignamente e sem firulas (graças aos deuses) por Richard Case, ainda que tenhamos uma edição curiosamente desenhada por Kelley Jones, trazendo estranheza mas não desconforto à trama.

Capas inebriantes de Brian Bolland e Simon Bisley embrulhando as ideias surreais de Morrison.

Muito bizarro e belo demais.

Se liga no Santuário e não perca nenhuma resenha de PATRULHA DO DESTINO:

Vol. 1 – RASTEJANDO DOS ESCOMBROS

Vol. 2 – A PINTURA QUE DEVOROU PARIS


Olha aqui

RECOMENDAÇÃO DO SANTUÁRIO!

Você ainda não leu IRREALIDADES??

“Irrealidades” é uma coleção de histórias surpreendentes que irão te levar a mundos sombrios, futuros perigosamente possíveis e guerras tecnológicas em planetas distantes! Uma leitura deliciosa em um e-book como você nunca viu!

125 páginas de pura diversão por apenas R$ 7,44!

Está esperando o quê? Clique na imagem e aventure-se agora mesmo!


CAPA IRREALIDADES

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s