O Inescrito – Apocalipse Vol. 1: Histórias de Guerra

in-apo1

Tom retornou do Hades e viveu a intensa aventura no crossover com as Fábulas, (saiba mais) mas após o fim dessa história ele foi realocado de volta ao seu próprio titulo sem as lembranças do que se passou.  Agora ele volta ao seu próprio mundo e reencontra seus amigos no que parece ter se passado cerca de um ano. Nesse período, o mundo ficou em pedaços devido a invasão das histórias ao mundo real provocada pelo ferimento do Leviatã, então o que ele encontra é um verdadeiro apocalipse, com direito a resistência formada por Lizzie Hexam e o vampiro Richie Savoy, além de seu pai Wilson Taylor, os irmãos Cosi Sara e Leon (também resgatados do Hades) e Pauly Bruckner, que recentemente reverteu a forma humana depois de passar anos como o Sr. Coelho do reino de Willowbank,  contra  os comandados do Sr. Pullman que pretende torturar o Leviatã para acelerar sua morte e com isso o fim da existência.

12d654e16cf991bea301a3c1dce2a8d4._SX1280_QL80_TTD_

Para quem não se lembra, Pullman é Cain, o primeiro assassino, que devido a força de sua história, caiu nas graças do Leviatã, a criatura ancestral que se alimenta de histórias e com isso se tornou imortal, o que com o passar dos séculos se mostrou como uma maldição. Decidido a finalmente descansar em paz, Pullman concluiu que isso só seria possível com a morte do Leviatã e dedicou sua vida imortal para destruí-lo, cometendo ao longo dos anos as piores barbaridades possíveis e unindo-se a Camarilha, uma organização mal intencionada que usa o poder do Leviatã em proveito próprio.

Usando a criação máxima de Wilson Taylor, seu próprio filho Tom, entrelaçado ao sucesso literário mundial do jovem bruxo Tommy Taylor, Pullman viu a oportunidade perfeita de realizar seu intento, e embora não tenha conseguido matar o Leviatã, causou-lhe um terrível ferimento, desequilibrando as barreiras que sustentam a realidade da ficção. Para piorar, os filhotes do Leviatã proliferaram, e na sua ausência, tentam ocupar seu lugar, alimentando-se indiscriminadamente de histórias e lançando novos horrores em nosso mundo.

Agora, apenas Tommy, ou melhor, Tom, talvez possa ajudar o Leviatã a se recuperar e assim evitar o apocalipse.

Essa edição é contada de forma não linear, mostrando eventos fora de ordem e nos convidado a juntar as peças. Mike Carey escreve esse caleidoscópio de forma primorosa, fazendo o que poderia ser uma trama confusa, um grande quebra-cabeças onde as peças estão sendo encaixadas, e com elas muitas respostas que aguardamos há tempos vão se revelando. Chega a dar uma tristeza em pensar que este é o penúltimo número da série de encadernados e que estamos mesmo tão perto do fim…

cf0214d058b5e66f1aab2790fccdfe87._SX1280_QL80_TTD_

Peter Gross continua afiadíssimo em sua arte extremamente versátil, deixando claro que sua contribuição foi essencial para concepção de O Inescrito.

O próximo número deverá mostrar os importantes papeis de personagens como Daniel Armitage, Paul Bruckner (O Sr. Coelho) e a titereira, Madame Rausch, finalizando assim a genial obra de Carey e Gross.

DIG016922_1._SX1280_QL80_TTD_

Se liga no Santuário e não perca nenhuma resenha!

Anteriormente em O INESCRITO:

Vol. 1 – TOMMY TAYLOR E A IDENTIDADE FALSA!

Vols. 2 e 3 – O INFORMANTE & O RETORNO DE UM MORTO!

Vol. 4 – LEVIATÃ!

Vol. 5 – ONTOGÊNESE

Vols. 6 e 7 – A GUERRA DE PALAVRAS! (partes 1 e 1.5). 

Vol. 8 – O FERIMENTO!

Vol. 9 – ORFEU NO MUNDO ABISSAL

Vol. 10 – FÁBULAS INESCRITAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s